Tô Grávida! E Agora??

Eeeeeeeeê!! Que legal! Isso sim é uma boa notícia! Entre s mulheres que desejam ter filhos um dia, descobrir que tem um ali dentro, quietinho na barriga dela, é a sensação mais incrível do mundo! Algumas levam um baita susto que demora uns dias a passar mas outras já garantem, desde o primeiro dia, que se sentem mães.

E estar grávida quer dizer tanta coisa! É uma situação que vai exigir da sua psique, da sua vaidade, da sua saúde, da sua dieta, da sua família e roda de amigos, da sua chefia, do maridão… Vai sobrar pra todo mundo, até pro seu guarda-roupas! Aliás, esse vai sofrer um bocado! Mas vamos deixar a moda gestante de lado um instante – afinal, você acabou de descobrir o bebezinho aí dentro e ele ainda cabe nos seus modelitos atuais.

Desconfiei no primeiro dia de atraso!

Mulher na pia do banheiro lavando o rostoIsso é muito engraçado! Certas mulheres têm, uma sintonia tão fina, mas TÃO FINA com seu corpo e com o “cosmos” que elas, realmente, conseguem desconfiar de que estão grávidas logo no primeiro dia de atraso da menstruação. Mas mais do que simplesmente desconfiar (afinal, desconfiar toda mulher desconfia), elas SENTEM que tem algo acontecendo ali. O problema, pobres coitadas, é que ainda não existe exame que detecte a gravidez assim no primeiro dia. Nem na primeira semana! Ao menos, não com precisão. O ideal é esperar pelo menos o primeiro mês de atraso, pra ter uma resposta mais definitiva. Ou seja: elas vão ter que lidar com a incerteza por algumas semanas. “Mas por via das dúvidas, já vou marcar a médica, a nutricionista, as aulas de yoga…”.

Aí bate aquela aflição de sair espalhando a boa nova pro mundo inteiro: “TÔ GRÁVIDA! VOU SER MAMÃE!”. Mas caaaaalma, moça, vamos mais devagar com isso. A maioria dos abortos espontâneos acontece no primeiro trimestre – não estamos dizendo que vai acontecer, lógico, mas vamos devagar com a empolgação. Ih, quantos casais esperam até o terceiro mês pra comunicar a família sobre o novo membro da turma? Vários. Exatamente pra não sair dando uma notícia linda e correr o risco de ter a penosa tarefa de avisar que deu errado. Então espere um pouco, curta esse momento só você e o marido/namorado/companheiro/whatever. Até porque, depois da notícia espalhada, vai ficar difícil vocês curtirem isso a sós.

Nossa, descobri quase no terceiro mês!

Mulher segurando o teste de gravidez

Acontece na maior parte dos casos, sabia? Algumas mulheres continuam menstruando por um tempo mesmo grávidas. Pequenos sangramentos são comuns no iniciozinho e quando a mulher tem fluxo menstrual baixo, ela confunde esses sangramentos e acha que não tem novidade. E de repente… tem sim! Às vezes descobre sem querer, quando coincide de ter um exame médico programado pra essa época da gestação, às vezes desconfia do aumento do volume do ventre e dos seios, às vezes por causa dos enjoos… Quando percebe, está grávida. Falando em enjoos, sabia que nem toda grávida tem esse problema? Algumas sortudas passam a gestação inteira sem botar nenhum bofezinho pra fora!

Mas voltando, nessa altura da gravidez, algumas mulheres já percebem um aumento na circunferência abdominal, e isso varia muito de mulher pra mulher. Normalmente as esportistas, que têm a musculatura mais firme, custam a ficar com a barriguinha mais saliente. As demais já começam a percebê-la mais cedo e logo vão notar que algumas calças e saias já não vestem tão bem. Já é hora de pensar nas opções da moda gestante. Algumas peças são reguláveis e podem ser usadas ao longo de praticamente toda a gestação, do início até o dia do parto.

Ah, é uma boa hora pra começar a montar o enxoval do bebê e montar o quartinho dele também. Ainda temos seis meses pela frente mas é tanto detalhe… E você vai ficar cada vez mais cansada, então convém começar a olhar isso tudo com alguma antecedência.

Eu já descobri lá na frente, com mais de 6 meses…

Essas são admiráveis. Imagine descobrir a gestação quando ela já passou da metade?? Não é comum, mas acontece. Como já dissemos, algumas mulheres praticamente não param de menstruar ao longo da gravidez – e se for dessas que custam a ficar com barriga, então… E se nem enjoos ela tiver?? Aí é que não vai desconfiar nunca! TALVEZ ache estranho o inchaço dos seios mas deve pensar que é só uma retenção hídrica de menor importância.

Mas vem cá, moça: SEIS MESES?? Então temos só três pra providenciar tudo! Comece pelo enxoval imediato do bebê (pros primeiros três meses de vida) e depois parta pro quartinho, pelo menos o berço e as roupinhas de cama dele. Depois vá vendo o restante com calma. Ah: enquanto resolve isso, procure imediatamente sua médica pois tem um monte de exames a serem feitos, viu?

Descobri quando senti as contrações!

Oi??? Sério isso??? Meniiina, que loucura!! Já pensou, descobrir que está grávida na cama do hospital?? E você achando que era cólica renal, ou uma indisposição intestinal, hein? Nem imagino o que passa pela cabeça da mulher numa situação feito essa! Descobrir, ali, que está a poucos minutos de se tornar mãe, sem nada preparado, nenhum exame feito, ninguém avisado… talvez até com uma situação econômica não muito bacana… enfim, NADA planejado! “Eu quero a minha maaãe!!”. É, eu também chamaria pela minha! Mas como diz o ditado: “isso também vai passar” e passa, mesmo. Até o susto tem prazo de validade. O que se tem a fazer depois do parto é se cuidar, botar a cabeça no lugar e ligar pra quem pode te ajudar de verdade: o paizão (esse sim vai levar um susto daqueles) e sua família. Com todos pensando – e se acalmando – juntos, as coisas vão se encaixando em seus lugares. E olha, esse bebê vai ter uma baita história pra contar na escola daqui a uns anos, não é?

Mão dos pais em volto do pé de um recém-nascido

Mas uma coisa é comum a todas as gestações: a chegada de uma criança, o gestar um bebê… isso é mais do que mágico. É um acontecimento iluminado e merece toda a nossa atenção e cuidado. Essa vida frágil depende da vida da mulher que o carrega e dependerá dela ainda por muitos anos até que possa voar sozinho. Independente do momento em que a gestação foi descoberta, se o momento era bacana ou não, se veio planejado ou no susto… zele por ela. Se permita viver essa experiência avassaladora profundamente. Você vai se conhecer mais do que antes e isso fará diferença por toda a sua vida. Curta. Vale a pena. ;)