sibutramina

sibutramina

A Sibutramina, ou cloridrato de sibutramina (nome científico) funciona, aumentando a quantidade de duas substâncias em seu cérebro: a serotonina e a noradrenalina.

A serotonina e a noradrenalina são neurotransmissores, substâncias químicas que carregam mensagens entre as células do cérebro, entre elas a mensagem de saciedade.. Com o aumento dessas substâncias no cérebro devido a ingestão da Sibutramina, o cérebro recebe mais rapidamente e de forma constante a informação de que o indivíduo está saciado, sentindo assim, menos fome e sentindo menos fome fica muito mais fácil resistir à comida.

Além de “trabalhar no cérebro” estudos comprovam que a sibutramina também aumenta o número de calorias gastas pelo corpo auxiliando na perda de peso.

A Sibutramina pode ser prejudicial?

Embora a Sibutramina traga uma série de benefícios, ela pode também ser prejudicial. Uma investigação realizada pela Agência Européia de Medicamentos concluiu com base em um estudo realizado com 10.000 pessoas que quem toma a sibutramina tem 16% mais chances de ter um ataque cardíaco ou um derrame.

O mesmo estudo concluiu que os riscos de tomar o remédio eram superiores aos seus benefícios e desse estudo surgiu a recomendação de suspensão da comercialização do medicamento

Diante de tal recomendação, a agência reguladora de medicamentos e produtos de saúde do Reino Unido proibiu prescrição e a venda do medicamento, o que foi feito logo depois por toda a comunidade européia.

Sibutramina – Efeitos Colaterais

Além de aumentar as chances do indivíduo ter um ataque cardíaco ou um derrame, a sibutramina tem alguns outros efeitos colaterais. Estes acontecem porque a droga afeta outras partes do cérebro, além da parte que controla a fome que você sente. Cerca de 1 em cada 5 pessoas tem efeitos secundários. Veja os efeitos colaterais da sibutramina:

  • Dores de cabeça;
  • Boca seca;
  • Constipação;
  • Dificuldade para dormir (Insônia);
  • Prurido nasal (Nariz escorrendo);
  • Garganta seca e inflamada.

De cada 10 indivíduos que tomam a sibutramina, entre 2 e 5 param de tomar o medicamento por causa desses efeitos colaterais, ou porque não perderam tanto peso quanto esperavam perder.

Outro alerta importante é que a sibutramina também pode aumentar a pressão arterial e aumentar a sua frequência cardíaca.

Se você utiliza ou já utilizou a Sibutramina, deixe aqui sua opinião e sua experiência com o medicamento.

Share Button