Rinoplastia – Veja Quando a Cirurgia no Nariz é Necessária

Existem muitas perguntas não respondidas sobre para quais pessoas a rinoplastia é recomendada e quais as possíveis complicações associadas ao procedimento. Neste artigo iremos tentar responder as perguntas mais comuns relacionadas às cirurgias no nariz.

Rinoplastia - Cirurgia no Nariz

Rinoplastia - Cirurgia no Nariz

Primeiramente, como qualquer cirurgia, há sempre a possibilidade de complicações como em qualquer procedimento cirúrgico. Algumas fontes comuns de complicações associadas à cirurgia são: infecções, hematoma, reação adversa à anestesia e erro humano ao executar o procedimento. Embora as complicações graves sejam geralmente raras quando se trata da rinoplastia, o paciente deve sempre em primeiro lugar consultar um cirurgião otorrinolaringologista bem qualificado antes de tomar uma decisão sobre se a cirurgia é o melhor caminho a ser tomado.

Antes de um paciente compromete-se a passar por uma rinoplastia, ele deve primeiro passar por uma avaliação minuciosa por um médico otorrinolaringologista para assegurar se realmente se faz necessário à cirurgia do nariz. Isto também pode envolver uma consulta com um médico anestesista. Também é ideal para fazer algumas pesquisas sobre o procedimento para considerar todas as vantagens e desvantagens, para que uma decisão bem informada possa ser tomada.

A rinoplastia, apesar de um procedimento comum e geralmente seguro, não é apropriada para todas as pessoas. Se um paciente doente pretender submeter-se a rinoplastia por razões estéticas, abaixo estão algumas indicações que devem ser considerados:

1. Geral de Saúde: Todos os pacientes devem consultar seu médico especialista, o otorrinolaringologista, se estiver em bom estado geral de saúde suficiente para passar por rinoplastia. Mesmo os pacientes que parecem saudáveis podem enfrentar complicações devido à medicação que possa estar tomando. Os pacientes devem ser abertos e honestos com seu cirurgião otorrinolaringologista sobre seu histórico médico e os medicamentos atuais que estão consumindo.

2. Objetivo: Algumas pessoas que enfrentam trauma emocional ou problemas psicológicos sentem que se mudar a sua aparência exterior, eles vão começar a se sentir melhor por dentro. Isso não é verdade em muitos casos. Cirurgias estéticas como a rinoplastia não são capazes de ajudar com questões de autoestima, quando as razões mais profundas estão enraizadas em problemas psicológicos que o indivíduo possa estar sofrendo. Se suas razões para a rinoplastia são melhorar sua saúde, melhorar a sua aparência ou corrigir um “defeito”, então certamente a rinoplastia pode ser a opção certa para você. No entanto, se a rinoplastia está sendo considerada para resolver problemas puramente psicológicos ou sob pressão de outras pessoas, então vale a pena discutir este assunto com seu médico, que deve lhe dar uma opinião objetiva se a cirurgia será benéfica para você.

3. Idade: É fundamental para os jovens esperarem até que seus rostos sejam totalmente desenvolvidos antes de serem submetidos a uma rinoplastia. A maioria dos cirurgiões plásticos recomenda esperar, para as meninas, até que cheguem a sua adolescência, enquanto os meninos podem ter que esperar um pouco mais.

4. Anestesia: A rinoplastia envolve a administração de anestésicos. Desta forma seu médico cirurgião tem a certeza que seu paciente está apto antes da anestesia para prosseguir com o procedimento.