Profissionalizando documentos

O dom do discurso e escrita não é para todos. Assim como todos os outros dons também não são desenvolvidos da mesma forma para todo mundo. Mas especificando sobre a escrita, precisamos lembrar da importância dela para tudo em nossa vida. Como não lembrar das inúmeras redações super importantes que fazemos durante o período escolar? Inúmeras pesquisas do governo, provas de português, e hoje em dia é cada vez mais comum que estudantes do Ensino Médio façam Vestibulinho para cursos técnicos, além dos próprios vestibulares um pouco mais tarde.

E quando crescem mais um pouco, temos ainda mais contato com a parte de discurso, com algumas entrevistas de trabalho, apresentação de seminários na faculdade (e na própria escola em menor escala), dentre tantos outros momentos em que ele se faz tão importante. E se pensarmos no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que costuma ser a primeira experiência profissional na área para muitos? Quantas almas já não foram perdidas por causa do bendito trabalho. Mas brincadeiras à parte, o TCC costuma ser bastante interessante justamente pelo nível de dificuldade encontrado e trabalhado ao longo de todo o projeto.

Documentação formalizada

As-monografias-exigem-norma-padrão-ABNT.Além de tudo, essa experiência pode ser vivenciada tanto no Ensino Superior como no Técnico, e ainda em algumas escolas do Ensino Médio. Mas voltando ao discurso e escrita, esse trabalho também se destaca por um grande momento para esse aluno. Já não bastasse a dificuldade encontrada para fazer todo o projeto funcionar, é preciso documenta-lo dentro das normas também. Essa documentação é mais conhecida como monografia, e precisa ser formatada conforme os ensinamentos da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para ser analisada e possivelmente aprovada pela banca.

Mas assim como o TCC, o mais importante da monografia, não é o trabalho em si, mas principalmente a experiência, já que quando se profissionaliza a coisa fica séria. E essa coisa de documentação formatada em cima da ABNT é tão séria, que existe um serviço de assessoria de monografia, especializado em auxiliar esse tipo de documento (claro que voltado para o âmbito profissional). Até porque, ainda que haja um estudo e aprimoramento da técnica de escrita, não é nada fácil escrever nos conformes técnicos, além de não ser uma parte tão agradável quando se está fazendo um projeto.

O-desenvolvimento-da-monografia-normalmente-fica-responsabilizado-para-alguém-que-não-tem-função-prática-no-projeto.Isso fica mais claro para casos onde os profissionais envolvidos no trabalho prático, não têm qualquer tipo de relacionamento com escrita formalizada do documento. Na verdade, isso é muito mais comum do que parece. Apesar da prática não ser desenvolvida sem a teoria, essa escrita precisa ser desenvolvida de uma maneira que seja compreendida dentro do padrão da ABNT, causando assim, um problemão dependendo dos casos. O mais comum, além do auxílio das assessorias de monografia, é que uma pessoa que tenha a habilidade da escrita (e que talvez nem faça parte da equipe de trabalho, mas que entenda sobre o assunto) fique responsável por traduzir a linguagem prática e teórica para o padrão necessário.

Mas calma, isso não é nada de outro mundo, e não tem problema nenhum em contratar esse tipo de serviço, até porque a escrita realmente é um dom que nem todos desenvolvem do mesmo jeito. O mais importante, é que a monografia não atrapalhe o resultado de seus trabalhos.