Pantanal Em Perigo – Principais Problemas E Soluções

Pantanal Em Perigo

Pantanal Em Perigo

Sabe-se que o Pantanal é a maior área alagável do planeta; porém, apesar da grande importância e da singularidade desse ecossistema, nas últimas décadas o Pantanal vem sofrendo muitas agressões decorrentes da atividade humana, tanto nos planaltos quanto na planície, e isso vem preocupando não só os pantaneiros – que são os maiores mantenedores desse patrimônio – como também os ambientalistas do mundo todo.

Principais ameaças do Pantanal

Segundo os especialistas, dentre as principais ameaças do Pantanal, destacam-se:

  1. A pesca predatória que se concentra em algumas espécies de peixes, como o pintado, o dourado, o pacu, o tucunaré e o jaú. Diariamente, inescrupulosos pescadores profissionais retiram dos rios pantaneiros toneladas de peixes, provocando assim a redução das reservas pesqueiras.
  2. A pecuária intensiva, que, segundo fontes, está se difundindo rapidamente pelo Pantanal, principalmente por parte de pessoas de fora da região. Tal tipo de pecuária tem provocado muito desmatamento, alterando assim a paisagem do Pantanal, muito mais do que a tradicional pecuária pantaneira.
  3. O Desmatamento de grandes áreas de cerrado agravado pelo manejo inadequado de terras para agropecuária – o que causa grandes erosões no solo e sedimentação dos rios da região.
  4. O uso maciço e inadequado de produtos químicos nas áreas de lavoura, contaminando seriamente os rios do Pantanal. Isso sem contar o garimpo de ouro e pedras preciosas que também contamina os rios pela utilização intensiva de mercúrio.
  5. A construção da hidrovia Paraguai-Paraná que possibilitará a navegação de barcos de carga. Segundo especialistas, esse projeto poderá causar diversos impactos ambientais, empobrecendo assim a biodiversidade da região e interferindo na vida de comunidades de pescadores, índios e camponeses que dependem da pesca.
  6. O turismo ou eco-turismo desordenado.
  7. Os despejos de esgotos domésticos ou industriais, além da especulação imobiliária.

Soluções para os problemas do Pantanal

Devido a essas ameaças que podem causar sérios danos ambientais, provocando uma perda de biodiversidade sem precedentes, reconhecemos que é necessário intensificar as medidas que visem à preservação do Pantanal, principalmente por parte dos órgãos ambientais e autoridades. E dentre essas medidas, podemos destacar:

  1. A criação de novas unidades de proteção, especialmente em áreas de cabeceiras.
  2. Orientação e capacitação dos agricultores para o manejo correto dos agrotóxicos.
  3. Uma campanha mais abrangente nas escolas e comunidades objetivando conscientizar as crianças e os jovens sobre a importância da preservação do meio ambiente.
  4. A implementação de medidas de conservação em terras particulares – o que contribuiria para melhorar as práticas de manejo de água e solo em atividades agropecuárias.
  5. Preservação das comunidades indígenas.
  6. Um combate intenso a práticas agressoras ao ecossistema.
  7. Sabe-se que as barragens hidrelétricas ameaçam os ciclos de cheias e vazantes colocando em risco o equilíbrio ecológico do Pantanal. Uma saída, segundo especialistas, é implantar esquemas de operação que consigam manter os ciclos de cheias e vazantes de modo semelhante ao natural.

É claro que muitas dessas medidas alistadas acima continuam sendo alvo de uma intensa discussão por parte de órgãos ambientais e autoridades; mas espera-se que as decisões e as ações implementadas por eles sejam alicerçadas em estudos integrados, onde as relações de causa e efeito estejam bem delineadas e sejam entendidas pela sociedade que ama e precisa do Pantanal, garantindo assim a sustentabilidade dos recursos naturais desse importante bioma.