Moto Elétrica – Saiba mais sobre as Motos Elétricas

Muito se tem falado ultimamente sobre os carros elétricos, suas vantagens e sua evolução dentro do mercado de automóveis. Mas e sobre as motos elétricas? Infelizmente, ainda temos ouvido falar muito pouco sobre elas, visto que as motos elétricas dificilmente são encontradas a venda no mercado.

Moto Elétrica

Moto Elétrica

Os protótipos atuais têm até 350 km de autonomia, mas normalmente fazem cerca de 160 km para as motos de estrada mais avançadas. A autonomia das motos elétricas ainda é menor se comparada com a das motos a gasolina, principalmente devido ao peso e a falta de espaço para acrescentar motores mais eficientes movidos à energia elétrica. Seria necessário 300 litros de volume ou o peso de 700 quilos com tecnologia atual para uma moto elétrica eficiente. Espaço este que não seria problema para construir um carro elétrico.

Sendo assim, a desvantagem é que você precisará carregar a bateria com mais frequência, e o tempo de carregamento depende da capacidade de dar bateria, o poder do carregador e do nível de carga gasta na hora da partida. Demora entre 2 e 4 horas para carregar a bateria totalmente e, embora nós possamos sair andando com metade da carga, não é recomendável porque gradualmente poderá encurtar a vida útil da bateria.

A principal vantagem é que qualquer tomada é válida para carregar, e você pode recarregar sua moto em qualquer lugar. Outra grande vantagem é que na combustão da gasolina, em motos tradicionais, a energia produzida não é usada em sua totalidade, havendo desperdício de 30% de energia através do calor. No entanto, um motor elétrico transforma 90% da energia elétrica em mecânica.

E quanto à poluição? Elas não emitem gases de qualquer tipo, e produz muito menos ruído, contribuindo para diminuir a poluição sonora nas cidades. Portanto, a única poluição produzida é aquela gerada na produção de energia elétrica em sua origem, nas grandes usinas, o que não é o caso do Brasil, visto que quase toda a energia em nosso país é produzida através das usinas hidrelétricas.

Esperamos continuar a ver o progresso das motos elétricas, não só em termos de mecânica, mas também em suas necessidades externas, eficiência e melhoria do custo-benefício. Os carros e motos elétricos serão ainda mais viáveis se houver uma boa rede de pontos de carregamento para proporcionar total autonomia e manutenção através de vias e rodovias pelo país.