Informações Importantes sobre Consórcios

O consórcio tem como intenção primeira facilitar a vida das pessoas que precisam adquirir um bem, mas não possuem capital para comprar à vista e podem esperar para a aquisição desse bem. Por essa razão, os consórcios estão entre os favoritos na hora de escolher uma maneira diferente para comprar ou adquirir algo.

Como funcionam os Consórcios

Como funcionam os Consórcios

Mesmo assim, existem algumas informações não muito esclarecidas e que merecem maior atenção de quem pretende fazer parte de um grupo de consorciados. Por isso, o interessado deve saber:

– Primeiro: O que é um consórcio e como ele funciona. O consórcio surge a partir da formação de um grupo de pessoas físicas ou jurídicas que, com a ajuda de uma administradora de consórcio, abrem uma poupança em comum para a compra de um determinado bem por meio de autofinanciamento.

Os consorciados assumem o pagamento de parcelas (mensais, bimestrais, trimestrais ou semestrais dependendo da administradora) que em conjunto possibilita a compra do bem, que pode ser adquirido de duas maneiras: através de sorteios, realizados mensalmente durante o tempo estipulado para o pagamento das parcelas (a partir de um ano), ou através de um lance, que pode ser dado durante as assembléias, que são as reuniões mensais do grupo.

– Segundo: O que é a carta de crédito. A carta de crédito é um documento representativo do valor disponível para a aquisição do bem e é disponibilizada pela administradora quando o consorciado apresenta uma garantia prevista no regulamento firmado entre administradora e o grupo de consorciados.

– Terceiro: Maiores informações sobre a aquisição de bens. O consórcio é um sistema amplo, por isso existem várias opções de bens que podem ser adquiridos através dele. Casas e carros são os tipos de bem mais desejados pelas pessoas. Entretanto, é possível adquirir outros diversos bens, como eletroeletrônicos e pacotes turísticos. Existem quatro grandes categorias de bens:

  • Categoria 1 – veículos automotores, aeronaves, embarcações, máquinas e equipamentos agrícolas e equipamentos rodoviários, novos ou usados;
  • Categoria 2 – qualquer bem móvel durável ou conjunto de bens móveis duráveis, novo, com exceção dos mencionados na classe anterior;
  • Categoria 3 – serviços turísticos (passagens aéreas nacionais, e pacotes turísticos, que incluem transporte aéreo, terrestre, marítimo, hospedagem, regime de pensão, entre outros);
  • Categoria 4 – bens imóveis, que poderão ser residenciais, comerciais, rurais (construídos ou na planta) e terrenos.

Essas são as principais informações sobre as quais o interessado em um consórcio deve estar ciente. Existem outros detalhes, que podem ser analisados durante a contratação ou entrada para um grupo de consorciados. Tais detalhes devem ser esclarecidos pela administradora para evitar surpresas ou mal entendido de ambas as partes. Fonte: http://www.derluc.com.br/duvidas.html