Estresse Pode Causar Infertilidade em Homens e Mulheres?

O estresse causa cerca de 30% dos problemas de infertilidade hoje em dia. Seu efeito varia de pessoa para pessoa. As mulheres tendem a ovular menos em períodos de estresse, e aquelas menos suscetíveis a episódios de estresse têm mais chances de fertilização. Tratamentos de infertilidade estão avançando a um ritmo mais elevado atualmente, mesmo que o estresse seja uma das principais causas de infertilidade, diversos métodos e medicamentos estão disponíveis e prontos para resolver este problema.

Está cientificamente comprovado que o estresse pode perturbar o equilíbrio entre os hormônios que afetam o ovário, e que dessa forma podem arruinar a maturação de um óvulo durante o processo de ovulação. Uma pessoa que está sob estresse constantemente passa por várias transformações neuroquímicas que podem liberar hormônios, a fim de defender o corpo de outras forças externas que possam prejudicá-la. Essa liberação de hormônios pode afetar o período de ovulação na mulher, assim como a produção de espermatozóides no homem. Isso também pode alterar o fluxo de hormônios da hipófise no sistema nervoso, que controlam as trompas de falópio e os ovários.

Em cada dez casais que possuem casos de infertilidade diagnosticados, cerca de quatro não possuem qualquer doença ou problema. Médicos concluem que o estresse pode ser parcialmente culpado por isso. Mesmo os melhores tratamentos de fertilidade podem falhar se o estresse de um paciente se ajusta dentro todas as séries de tratamento. Alguns tratamentos de fertilidade não funcionam por causa do estresse psicológico, emocional e físico que as pacientes sofrem somente pela vontade de engravidar e pelo tratamento em si.

Problemas como impotência e ejaculação precoce são os principais sinais e sintomas do estresse para os pacientes do sexo masculino. Tratar o estresse é uma parte importante de todo o esforço envolvido para qualquer mulher que deseja engravidar. Algumas maneiras de conseguir isso é através da acupuntura, ioga, prática de exercícios, boa nutrição e um comportamento positivo. Estes métodos podem mudar o foco de uma vida desgastante de qualquer casal comum para verdadeiros pais que pretendem conceber uma criança.