Dustin Brown – O “Bob Marley Alemão” das Quadras de Tênis

Dustin Brown

Dustin Brown

Dustin Brown é um tenista profissional nascido na Alemanha, na cidade de Celle, no estado de Baixa Saxônia, em 1984. Seu pai, Leroy, é jamaicano, e sua mãe, Inge, é alemã. Começou a jogar tênis aos cinco anos de idade e viveu na Alemanha até 1996, quando se mudou para a Jamaica para começar sua carreira profissional. Brown escolheu como casa a cidade de Montego Bay. Em outubro de 2010 retornou para seu país, devido à falta de financiamento da Associação de Tênis da Jamaica, mas não deixou de ter a cidadania jamaicana. Inicialmente iria competir pela Grã-Bretanha, terra dos seus avós. No entanto, teve maior apoio da Alemanha, seu país de origem.

De sua vivência na ilha do Caribe o tenista aproveitou o que há de melhor na região. A música e as frases de Bob Marley sem dúvida o inspiraram. Não demorou muito para ele começar a usar dreads no cabelo (penteado característico dos rastafaris). O apelido veio logo em seguida: Dreddy.

O seu melhor ano como profissional foi em 2010, quando ganhou destaque na Alemanha e também na Jamaica. Terminou o ano no top 100 pela primeira vez em sua carreira, 92º colocado, com destaque para um par de ATP World Tour QFS em Joanesburgo e Newport. Jogando em dupla venceu o ATP de Metz ao lado do holandês Rogier Wassen. Na ocasião venceram os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares. Na época Brown foi motivo de orgulho para seu país do coração, a Jamaica. A imprensa jamaicana noticiou que o atleta havia se tornado o primeiro jamaicano a vencer um torneio de maior prestígio em mais de 40 anos. Com um bom score, sua carreira rendeu mais de 228 mil doláres.

O Bob Marley das quadras, como é conhecido atualmente, vive uma fase não tão confortável. No ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) é o 164º colocado. Brown nunca teve um treinador. Recentemente foi eliminado pelo belga Maxime Authom por 2 sets a 0 da fase inicial do Aberto da Austrália.