Dicas para se Tornar Um Grande Skatista

Como se Tornar Um Grande Skatista

Como se Tornar Um Grande Skatista

Não importa a modalidade, e nem o estilo do skate: seja no mais básico ou no Land Paddle, todo mundo que se equilibra na prancha de rodas tem o sonho de ser, um dia, o maioral no que faz. Não existe fórmula mágica para que a pessoa acorde, um dia, sendo um bom skatista, mas existem algumas dicas a seguir para quem quer, pelo menos, encurtar o rumo da história e conseguir ser, na medida do possível, bom naquilo que faz.

A primeira dica que qualquer grande skatista da atualidade dá a quem está começando, ou a quem busca avidamente pelo título de um dos maiores da cena, é treinar, sempre, e muito. Nada é fácil, muito menos em um esporte onde o equilíbrio, agilidade e habilidade só vem com o tempo. E o negócio é sempre ter em mãos bons equipamentos (inclusive de segurança), um bom skate e bons acessórios para que o treino seja sempre seguro e prazeroso. Os iniciantes podem começar a treinar com remo longboard, que é uma das formas de se conseguir equilíbrio sobre a prancha de rodas. No começo, é preciso ter paciência e prudência nas manobras e, principalmente, no local de treinamento, até que se fique fera.

Outra dica para ser um bom skatista é nunca sucumbir ao medo dos arranhões e dos ossos quebrados. É inevitável passar pelo esporte sem quedas – algumas leves, outras bruscas, e é por isso que os equipamentos de segurança devem estar sempre em dia. Um skatista que tem medo do chão é quase como um jogador de futebol que tem medo da bola: é claro, e evidente, que haverá insucesso nessas relações se o praticante do esporte não quiser enfrentar aquilo que teme.

A última dica de ouro para quem quer ser um ótimo skatista – e, talvez, um dos melhores – é acreditar sempre. Ter confiança na sua capacidade de se equilibrar, realizar manobras e ir muito além dos seus limites, sempre que for preciso e possível. Um skatista que não confia no seu taco não chega muito longe dentro da prática do esporte, que dirá dentro de uma possível carreira profissional. É sempre interessante ter confiança em si próprio, em qualquer área de atuação, se a pessoa realmente quiser vencer na vida.