Depilação Rápida e Higiênica com os Depiladores Elétricos

Uma pele lisinha e sem pelos por mais tempo é o sonho de muitas brasileiras. Na Europa a depilação não é uma prática muito comum, talvez por causa do frio. Mas no Brasil é considerada uma questão de higiene. É levado tão a sério que os europeus e americanos chamam a depilação total (virilha toda, além da linha do biquíni) de Brazilian (depilação à brasileira, numa tradução livre).

Atualmente, há quatro tipos de remoção de pelos à disposição das mulheres. Três deles podem ser feitos em casa: a lâmina, como com um aparelho de barbear normal, a cera, que usa aquelas tiras de plástico ou de borracha para arrancar os pelos e o depilador elétrico. O quarto tipo é a depilação a laser, feito nos salões especializados. Das três técnicas caseiras, a que comumente trás mais vantagens é aquela feita com o aparelho movido a algum tipo de eletricidade, e os motivos são vários. Para começar, eles retiram os pelos de uma forma constante, assim protegendo a pele. Não é como a lâmina ou a tira de plástico, que de cada vez que tocar a pele será de uma maneira diferente, podendo causar ferimentos. É, portanto mais seguro.

Depilação Rápida e Higiênica com os Depiladores Elétricos

Depilação Rápida e Higiênica com os Depiladores Elétricos

Apesar de o custo ser muito maior do que com um barbeador ou com a cera, os pelos são removidos pela raiz, levando cerca de um mês para voltarem a crescer. Com uma lâmina, eles já voltam a aparecer dentro de dois, três dias. Assim como qualquer outro tipo de depilação, quanto mais usar o aparelho elétrico, menos pelos a região depilada vai ter ao longo do tempo, podendo reduzir a incidência de pelos pela metade do normal. A sua praticidade também é inestimável, pois não é preciso água (para limpar a lâmina) ou calor (para derrete a cera). Ainda elimina a necessidade de ter alguém para fazer isso, nem de esperar para os pelos crescerem novamente, como no uso da cera, e pode ser feito em qualquer lugar, sem fazer sujeira, sendo ideal para viagens.

Para obter o melhor resultado, alguns cuidados devem ser tomados, no entanto. O aparelho deve ser passado na pele numa velocidade moderada, nem muito lentamente, nem muito rápido. Deve-se seguir a direção dos pelos para evitar que eles se quebrem quando arrancados. Durante o período menstrual, a pele está mais sensível e pode causar dor na hora da depilação. Usar corretamente as partes do depilador (cabeças menores nas dobras) evitará ferimentos. Um produto com aloe vera, ureia, mentol, azuleno ou cânfora deve ser usado na região depilada após o uso do aparelho. Partes mais sensíveis como o buço (acima dos lábios) deve ser evitado, mas no geral um depilador elétrico pode ser usado em quase todo o corpo.