Criar Site Grátis? Não Sei se Devo…

Muitas vezes surge uma necessidade que precisa ser rapidamente atendida, mas nem sempre as finanças estão preparadas para executá-las. Imagine que de repente você resolva vender os bordados que sua irmã faz para aumentar a renda de casa e aí pensa: “se eu fizer um site pra isso, posso colocar as fotos lá e as pessoas vão poder conhecer o trabalho”. Excelente. Mas fazer um site custa algum valor e, se você não tiver como investir nisso agora… como fazer? Simples: é só criar um site grátis usando uma ferramenta feita só pra isso. A internet possui algumas prestadoras desse tipo de serviço; são sites com ferramentas embutidas para criar o seu próprio site. Então você diz: “Ih, não… site baseado em template? Pega mal…”

Criação de sites

Templates e preconceito

É verdade que existe um certo preconceito contra sites feitos sobre templates. A turma que não curte normalmente é webdesigner profissional (ou entendidos do assunto) e considera a uma “saída porca” para um trabalho que poderia ser mais profissional. Até um certo ponto estão certos, afinal um site feito por um webdesigner realmente é bem diferente daqueles feitos sobre templates. Porém a realidade econômica de muitas pessoas força o surgimento de saídas alternativas e essa foi uma delas. Importante salientar que um site sobre template não é uma gambiarra: assim como os sites profissionais, os baseados em templates também têm uma programação interna, estrutura – e funcionam. A maior diferença entre eles é que os sites profissionais, como são feitos do zero, permitem mais flexibilidade por parte de quem os cria, ou seja, inserção de linhas de código específicas para serviços e mecanismos de ação pouco comuns. Nos templates, considera-se que o criador não tem muito conhecimento sobre programação, então uma série de recursos não está disponível.

Entretanto, criar site grátis não é um crime tão pavoroso – afinal, os templates disponíveis para o usuário foram criados por webdesigners! Inclusive as ferramentas como formulários pré-prontos, opções de fonte, de inserção de imagens, de personalização das diferentes partes do site, etc. Ou seja, é uma ferramenta feita por profissionais para que leigos possam fazer um serviço parecido com o deles a baixo custo – ou custo zero, como é na maioria dos casos.

aspecto visual do site

Mas nem tudo são flores no uso dos templates de site…

Claro que qualquer um pode usar uma ferramenta como essa para criar seu próprio site. Entretanto, alguns pecam pela, digamos, falta de bom senso. As opções para o aspecto visual (cor ou imagem de fundo, cor, tipo e tamanho da fonte, etc.) são bastante fartas e a princípio podem deixar o usuário com vontade de usar tudo. É quando surge aquele site “papagaiado”, com um setor de cada cor, muitas fontes diferentes, fotos espalhadas ao léu, páginas internas desnecessárias, alinhamentos de texto terríveis. Aí sim #oswebdesignerpira. Aliás, os internautas que acessarem esse “site” também vão pirar!

Bom senso é necessário em todos os aspectos da vida e a criação de sites não foge a essa regra. Portanto, não basta ter determinação e disponibilidade para criar seu site: precisa também de um mínimo de senso estético e de organização de informações. Se perceber que não tem um dos dois – ou nenhum, não pense duas vezes: encontre alguém que tenha e peça ajuda, mesmo que seja só para dar pitacos sobre o visual.