Como Escolher um HD externo

A velocidade com que criamos e compartilhamos informações está cada vez maior. E toda essa informação precisa ser armazenada em um lugar seguro e que, de preferência, ofereça mobilidade. Para isso, uma boa opção é o HD externo.

Os HDs externos são rigorosamente iguais ao HDs que encontramos dentro dos computadores e notebooks, e aparecem em diversos formatos, capacidades e processos de montagens. Por isso, para não se equivocar na hora de escolher um hd externo alguns pontos devem ser observados.

Saiba que existem basicamente dois tipos de HD externo, o mais conhecido é o de “mesa” que é mais indicado para backups e armazenamento, sem a necessidade de transporte de dado, com capacidade entre 250GB e 2TB.

Entretanto, se o seu interesse é mobilidade para seus dados, o ideal são os HDs portáteis com capacidade de 80GB a 250GB.

Outro ponto que merece atenção é quanto à entrada do seu computador, pois, se as portas utilizadas forem USB 1.1, a velocidade de transmissão será prejudicada já que a capacidade de transmissão de dessas entradas é muito baixa. Atualmente, a maioria dos computadores vem com porta USB 2.0 e outras portas, com velocidades maiores, estão chegando ao mercado.

Entre elas podemos citar: FireWire 400 tem, aproximadamente, a mesma velocidade que as portas USB2.0; FireWire 800, com velocidade duas vezes superior ao USB 2.0; e a E-Sata, com velocidade quase duas vezes superior ao FireWire 800 e três vezes superior ao USB 2.0.

Além disso, para facilitar o uso do HD externo, é importante que o notebook ou computador tenha ou o sistema Windows ou Vista, pois esses dois reconhecem mais facilmente o HD, sem a necessidade de instalação.

O mercado está cheio de opções, basta escolher o HD que supra as suas necessidades.