Como Comercializar Roupas Íntimas Diversas

Você quer encontrar uma maneira melhor de comercializar roupas intimas. Se você é um revendedor de marcas conhecidas e já testadas pelo consumidor, acredito que a melhor maneira de revender roupas intimas, é através de um site de vendas na internet.

Comercializar Roupas Íntimas

Comercializar Roupas Íntimas

O consumidor já conhece o produto, já experimentou, sabe o tamanho e o modelo que procura. Cabe a você, que quer revender roupas intimas, apenas encontrar uma maneira de divulgar o seu site. Para isso existem mil empresas da internet oferecendo toda sorte de serviços. Envio de e-mails, malas diretas, enfim, você que é um revendedor deve saber melhor do que qualquer pessoa.

Mas se o seu produto não é um produto conhecido. Se o seu fornecedor é uma malharia, fábrica caseira, ou alguma marca que o consumidor ainda não conhece você vai ter que trabalhar um pouco mais. Antes de tudo para apresentar o seu produto. E você tem que pensar que comercializar roupas intimas para qualquer pessoa requer algum contato das pessoas com o produto.

Como começar

Como você pode fazer isso? Como fazer as pessoas irem até o produto? Porque roupa intima é um tipo de coisa que as pessoas gostam de escolher pessoalmente. É um tipo de compra muito pessoal e particular. Que depende, não só do tamanho e das formas, mas da qualidade do material. Eu acho que uma boa maneira de revender roupas intimas é associar ao site de vendas uma divulgação nas redes sociais promovendo eventos presenciais em que as pessoas se encontrariam. Você poderia criar eventos no Facebook, por exemplo, desfiles, em que alguns modelos seriam mostrados.

Considerações finais

Dependendo do público alvo e do produto, esses eventos aconteceriam em boates, clubes, lojas, enfim, lugares em que você exploraria a sua “network”, a sua rede de relações pessoais e profissionais, os amigos dos seus amigos, as amigas das amigas da sua mulher. Isso supondo, que o produto, a lingerie, a roupa intima que você está vendendo, é uma roupa que você usaria também.

Caso não seja, aí é mais complicado. Vender um produto que você mesmo não compraria supõe vender alguma coisa para alguém muito diferente de você.

E você pensa também em trabalhar vendendo roupa intima? Deixe um comentário abaixo.