Cabos de Aço na Construção Civil

Ponte Octávio Frias de Oliveira

Ponte Octávio Frias de Oliveira

O setor da Construção Civil está em alta. Tanto nas capitais quanto nas cidades do interior a busca por profissionais do setor e por material são constantes, assim como a necessidade de cabos de aço para as atividades. Deste a fundação de uma obra, passando pelo transporte de material e finalizações, lá estão os cabos de aço.

Os cabos de aço são peças fundamentais para as gruas ou guindastes, máquinas que são usadas em grandes obras. Sem elas o transporte de material ou outros detalhes não seriam tão simples na Construção Civil.

As gruas ou guindastes são utilizadas na Construção Civil de forma temporária, elas podem ser fixadas no chão ou em um veículo próprio para a atividade. Os cabos de aço que as compõem precisam respeitar o tipo de material que será transportado.

Nas construções os guindastes ficam ao lados das edificações normalmente, e são usado para movimentar cargas pesadas para andares superiores. Os cabos de aço precisam passar por constantes supervisão para garantir a segurança na obra e dos operários. Em hipótese alguma os cabos de aço desgastados devem ser usados nas obras e guindastes, para que não aconteça nenhum acidente.

Durante uma obra os cabos de aço são usados em diversos momentos, mas estão sempre nos bastidores da construção, mas quando falamos na construção de pontes, eles ganham um papel de destaque. Os cabos de aço se misturam a arquitetura das pontes, compondo o visual e a segurança deste meios de passagem.

Na cidade de São Paulo temos um belo exemplo de ponte estaiada composta por cabos de aço. Um ponte estaiada é formada por estais, que são elementos flexíveis, formados por feixes de cabo de aço. A Ponte Octávio Frias de Oliveira utiliza 144 estais conectados diretamente a um mastro que sustenta as pista. Em cada estais há de 12 a 25 cabos de aço, pesando em torno de 460 mil quilos no total.