Autodidata – A Arte de Aprender Sozinho

Autodidata

Autodidata

Vivemos em  uma época na qual o conhecimento está totalmente acessível a qualquer pessoa, não importando onde a mesma se encontre. Para saber os últimos fatos da vida das celebridades e do mundo, por exemplo, o indivíduo tem a sua disposição uma variedade de  ferramentas, como jornais, revistas, TV,internet, rádo, etc. Porém, o uso desses recursos tem se limitado a um fim meramente temporário, quase descartável. As redes sociais como o Facebook tornaram-se uma espécie de palco onde uma enxurrada  de fotos, vídeos e frases circulam freneticamente, sendo imediatamente “enxotadas” da vista do usuário para darem lugar a outras novas.

Mas será que a grande rede não pode servir pra outros fins maiores do que simplesmente saber o que está acontecendo na novela das nove?A resposta é: claro que sim! E quando digo fins maiores, não me refiro apenas à atividades tradicionais, como trabalho, estudo, etc. A verdade é que a web possui conteúdos valiosíssimos que, quando utilizados de forma inteligente por uma pessoa, tem um efeito didático incrível!Como exemplo de união perfeita entre o conhecimento tradicional, acadêmico, aliado ao ambiente da web e seu conteúdo,  está o indiano Salman Khan, que afirma ser capaz de ensinar qualquer coisa a qualquer pessoa , desde físcia quântica até cálculo.Á princípio, a iniciativa deste indiano pode aparentar soberba da parte do mesmo, mas a forma com que o conhecimento é tratado e oferecido por ele faz essa impressão literalmente “cair por terra”.

Aprender algo sozinho é uma tarefa que requer , antes de mais nada, um elemento catalisador para acontecer plenamente: a motivação.A vontade de manipular o conhecimento e usá-lo para seu benefício e  o de outras pessoas deve estar sempre presente no indivíduo autodidata. Além deste, a tarefa  requer uma certa disciplina, que, com certeza, é a parte mais difícil de botar em prática nos dias corridos de hoje. Mas os benefícios são muitos: economia do dinheiro, visto que muitas atividades hoje em dia ainda são ensinadas mediante  pagamento (e muitas vezes sem a qualidade devida!); Desenvolvimento da capacidade de organização, que deve ocorrer a medida que a pessoa evolui no aprendizado, e também o desenvolvimento da criatividade, pois o conhecimento está aí pra ser mexido, modificado e melhorado de acordo com as necessidades de cada pessoa. Essas são, com certeza, características essenciais em uma pessoa que quer aprender algo sozinha. Além do exemplo citado, existem inúmeros sites de pessoas que ensinam diversas atividades, que são muito importantes para o aprendizado individual.Mas o objetivo deles é auxiliar o indivíduo no seu próprio ritmo de assimilação do conhecimento.Assim, com mais pessoas apaixonadas pelo conhecimento, o Brasil  deixará de ser prejudicado por um dos grandes gargalos que ainda assolam o país: o da educação.

[kkytv id=”U1burIJQwyg”]