As Curiosidades Do Mico Leão Dourado

Quando se escreve sobre o mico leão dourado ( popularmente chamado de sagüi, sagüi-piranha ou simplesmente mico ), o assunto geralmente se restringe à necessidade de lutarmos pela preservação desse animal ainda seriamente ameaçado de extinção, a despeito das iniciativas louváveis  da parte de  alguns conservacionistas, como a reprodução do mico leão em cativeiro e o manejo das populações selvagens – o que tem contribuído, em muito, para o aumento populacional dessa espécie.

 Mico Leão Dourado

Mico Leão Dourado

Portanto, a fim de fugirmos dessa tônica, nada melhor do que nos concentrarmos em alguns aspectos curiosos e interessantes que cercam a vida desse animal, que  é tido e havido como um verdadeiro patrimônio nacional ou como símbolo de conservação em nosso país.

O mico leão dourado é uma espécie endêmica do estado do Rio de Janeiro, e vive em geral por 15 anos, sendo que, na fase adulta, ele pesa entre 360 a 710 g. Outro dado curioso é que o mico leão dourado é um animal monógamo, ou seja, ele se mantém fiel até o fim de sua vida, constituindo assim um belo exemplo para nós seres humanos, já tão habituados à infidelidade conjugal.

E por falar em belo exemplo, o filhote do mico leão, assim que nasce, passa no máximo quatro dias pendurado ao ventre materno, depois do quê ele é entregue aos cuidados do pai que passa a carregá-lo para todos os lugares; e a dependência paterna é tanta que a mãe só se aproxima do filhote na hora da mamada. De modo que, guardadas as devidas proporções, muitos chefes de família em nossa sociedade têm muito o que aprender desse belo exemplo de dedicação paterna deixado pelos micos leões.

A origem do seu nome ( mico leão dourado ) se deve ao fato de ele possuir uma pelagem cor de fogo e uma juba em torno da cabeça. Seus pelos, aliás muito sedosos, quando expostos ao sol adquirem um brilho magnífico.

E o que dizer dos seus hábitos? Bem, o mico leão dourado tem hábitos diurnos, além de ser um animal arborícola que se alimenta de insetos, frutos ,vegetais, e de pequenos vertebrados. E é interessante que, por serem altamente sociáveis,  quando encontram  ocos de árvores ou densos emaranhados de cipós ou bromélias, os micos leões conseguem dormir perfeitamente aconchegados uns sobre os outros. Portanto, que belo exemplo de convívio social!…

Em resumo: por mais que a gente escreva sobre a vida desse belo primata, não há palavras que consigam traduzir tudo o que ele representa em importância para o Brasil e para o mundo. Cumpre, portanto, que continuemos cuidando desse nosso patrimônio nacional com dedicação e amor,  para que este saía definitivamente da triste lista de animais em vias de extinção.