APS na Gestão Estratégica Industrial

APS na gestão estratégica

APS na gestão estratégica

Gestão estratégica é aquela que considera as diferentes variáveis que agem sobre os processos aplicados na gestão. O conceito de planejamento estratégico já se tornou bastante conhecido nas empresas, em consequência dos mecanismos de acreditação dos programas de qualidade. No entanto, não adianta contratar uma consultoria e realizar um planejamento estratégico se isso não resultar em gestão estratégica.

Na produção industrial, é necessário programar a produção levando em consideração todas as variáveis que interferem na qualidade, agilidade, economia, pontualidade, segurança, eficiência dos processos. Muitas vezes, fatores imperceptíveis ao olhar comum acabam frustrando o planejamento. Especialmente, nos processos mais complexos, envolvendo diversas equipes, diversas maquinas, colocando em ação diversas ordens de produção simultâneas.

Quando se trata de programar a produção para os dias seguintes, semanas seguintes e meses seguintes, fica ainda mais complexo lidar com todas a variáveis envolvidas. É nesse momento que entram em cena as ferramentas de APS – Advanced Planning Schedule, ou programação avançada da produção. São sistemas informatizados que, depois de implantados na indústria, integram as funções gerenciais e de produção, permitindo controle detalhado e eficiente da programação de produção industrial.

A programação industrial pode ser a diferença competitiva entre uma empresa e suas concorrentes. Por isso, a gestão estratégica da produção é fator crítico de sucesso no mercado competitivo. Além do cumprimento dos prazos de entrega,fatores como eficiência no uso de matéria prima, otimização do uso dos equipamentos, aproveitamento da força de trabalho das equipes, eliminação de acidentes, gestão da qualidade, redução dos custos, integração entre as equipes, apresentação de informações detalhadas sobre a etapa de produção destinada a cada equipe, a cada operador de máquina são fatores que devem ser resolvidos por um APS.

Diante disso tudo, o gerente de produção precisa conhecer cada informação existente no APS e conduzir o processo, sem perder tempo com cálculos manuais ou planilhas eletrônicas. Precisa conhecer o processo como um todo e a aplicação de cada etapa na prática, para gerenciar o chão de fábrica, identificando imediatamente qualquer desvio de padrão.

Gerenciar com estratégia permite pensar nos pontos fortes da equipe, da organização, do negócio, para que a empresa se diferencie no mercado e ganhe competitividade. Isso só é possível com informação segura e oportuna.