Apostila na Educação Infantil: Certo ou Errado?

A polêmica desta semana coloca em questão a crescente adesão das escolas privadas e agora também algumas públicas  municipais ao sistema de ensino apostilado, que tem sido implantado na educação infantil, para as crianças de 4 e 5 anos.

O questionamento que muitos especialistas tem feito é sobre até onde isso passa dos parâmetros estabelecidos para educação infantil? Será que uma aprendizagem tão sistematizada na educação infantil acarreta prejuízos para a fase que a criança se desenvolve brincando e interagindo com o mundo ao seu redor?

Outra questão é a do conteúdo padronizado e pronto, que necessita de um  profissional que não se deixe acomodar pelo método e busque trazer coisas além para as crianças, fatos interessantes e pertinentes a realidade da criança.

Ainda diante da problemática do sistemas apostilado, existe a cobrança dos pais para que o aluno saia alfabetizado da educação infantil, pelo fato do investimento dos pais em apostilas.

Acredito ser muito válido a organização do sistema apostilado para o trabalho do profissional da educação infantil, os materiais atuais são bem ricos e dinâmicos, e ajudam o professor na preparação do desenvolvimento dos conteúdos.

Mas é necessário que o profissional busque trabalhar com as crianças lembrando que elas fazem parte da educação infantil, portanto a prioridade é o lúdico, são as brincadeiras e a interação social fatores principais no cotidiano  e na aprendizagem dessas crianças.