Animais Em Extinção: Como Reverter Esse Quadro?

Sabemos que milhares de espécies animais já foram extintas da face da Terra, e que outras espécies também estão em vias de extinção. Entre as espécies animais que estão ameaçadas de extinção, destacamos: o elefante africano, o panda gigante da China, a baleia-azul, o leopardo, o orangotango, o cavalo selvagem da Europa Central, entre outros. Já no Brasil – país que possui a maior reserva de biodiversidade do planeta – a situação não é diferente: entre os animais seriamente ameaçados de extinção, destacamos: o lobo-guará, a arara-azul, a onça-pintada, o mico-leão-dourado, o tamanduá-bandeira, o peixe-boi, entre outros.

Animais Em Extinção

Animais Em Extinção

De fato, quando um animal entra em extinção, o que muitos não sabem é que isso resulta numa perda incalculável de patrimônio genético. Afinal, muitas espécies já extintas poderiam nos dar informações valiosas que ainda não são do conhecimento humano, como a cura até mesmo para determinados tipos de doenças. Sem contar que muitas destas espécies jamais serão conhecidas por nossos filhos e netos.

AS PRINCIPAIS CAUSAS DA EXTINÇÃO DE ESPÉCIES ANIMAIS

Sabe-se que as causas da extinção das espécies animais são as mais diversas; e embora reconheçamos que “dificuldades de reprodução, falta de alimentos e mudanças no ambiente” possam contribuir para acelerar esse processo de extinção, não resta dúvida de que o homem é o principal responsável pela extinção dos animais. De fato, os animais estão entre as vítimas da violência e degradação proporcionadas pela ação do homem, e quando se diz “pela ação do homem”, nos referimos à derrubada de florestas, às queimadas, ao tráfico ilegal de animais silvestres, à poluição do ar, dos rios e mares.

Além do mais, nessa triste lista também podemos incluir: o crescimento urbano desordenado, interesses econômicos e o aquecimento global.

COMO REVERTER ESSE QUADRO?

Diante da gravidade desse quadro, precisamos, o quanto antes, adotar medidas mais urgentes objetivando a salvação da biodiversidade e da própria humanidade. É claro que nos últimos anos tem havido uma maior conscientização por parte da sociedade envolvendo questões ambientais, mas ainda é pouco.

A boa noticia é que algumas iniciativas por parte de ONGs, iniciativa privada e governos ao redor do planeta têm possibilitado a salvação de vários animais seriamente ameaçados de extinção. Através dessas iniciativas, por exemplo, é divulgada para toda a sociedade uma lista dos animais em perigo, o que faz com que a própria sociedade também se envolva e entenda que todos nós, sem exceção, somos responsáveis pela preservação do nosso planeta.

Além do mais, através dessas boas iniciativas são distribuídos cartazes e folders educativos em escolas, faculdades, rodoviárias, prefeituras, e em outros órgãos públicos, isso sem contar as campanhas de conscientização pela Internet – outro modo eficaz de promover uma amplo trabalho de educação ambiental. São iniciativas ainda tímidas, é verdade, mas que estão mostrando que é possível interagirmos com a natureza, respeitando e preservando assim a sua rica biodiversidade.