Alerta do Inmetro para os riscos do hand spinner

A febre do momento é o brinquedo hand spinner, que tem feito a alegria de crianças a idosos. A graça do objeto de três pontas é fazê-lo rodar em diferentes posições e partes do corpo. O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), no entanto, alerta os consumidores para o risco de acidentes que o brinquedo pode causar.

Relatos no Exterior

De acordo com o órgão, há relatos de acidentes envolvendo o hand spinner em outros países. Na maioria dos casos, o que ocorreu foi engasgamento causado pela ingestão de partes pequenas que se soltam. Há, ainda, modelos que funcionam com motor, sendo que as baterias também podem ser engolidas.

Idade de risco

Segundo o Inmetro, não é recomendável que crianças menores de 6 anos tenham acesso ao brinquedo. Caso elas já o tenham, recomenda-se que o brinquedo lhes seja tirado. Para crianças acima dessa faixa etária, o hand spinner é liberado, mas a orientação é que haja sempre um adulto supervisionando a brincadeira.

Certificação

Como qualquer outro brinquedo, o hand spinner exige certificação para que possa ser fabricado, importado e comercializado, cumprindo com as normas estabelecidas nas portarias referente a esta categoria de produtos. Os certificados só são obtidos após a aprovação dos produtos na realização de testes de ensaio, que asseguram sua segurança. O registro do objeto pode ser realizado pelo sistema orquestra Inmetro.

Dessa forma, só devem ser comprados os brinquedos que possuam o selo de certificação do Inmetro. Ocorre, no entanto, que há muitos camelôs e bancas de jornais comercializando o hand spinner de forma irregular. Aqueles que estiverem comercializando essas peças estão sujeitos às sanções previstas em lei caso sejam flagrados. Nesses casos, a fiscalização pode interditar o ponto de venda, apreender os produtos e aplicar multas que podem chegar ao montante de 3 milhões de reais.

Alerta do Inmetro para os riscos do hand spinner

Conhecendo o hand spinner

A tradução de hand spinner é “girador de mão”. Também conhecido como fidget spinner ou fidget hand spinner, trata-se de um brinquedo que quando impulsionado gira constantemente nos dedos do usuário. Apesar da popularização recente, não é exatamente uma novidade, já que o objeto foi criado nos Estados Unidos nos anos 90.

Além de ser um brinquedo, acredita-se que o hand spinner tenha outros benefícios, como a redução do estresse e o aumento de foco e concentração, o que ocasionou sua utilização em ambientes profissionais e até mesmo no tratamento de crianças com autismo e déficit de atenção. Seu uso em salas de aula, no entanto, tem sido criticado, pois professores temem que o objeto tenha o efeito inverso, distraindo os alunos ao invés de mantê-los concentrados. O fato de manter as mãos ocupadas sem fazer barulho também torna o hand spinner um meio de distrair pessoas que tenham algum tipo de vício e querem focar seu pensamento em outra coisa.

Na internet, há sites com modelos cada vez mais caros e com novidades. Também podem ser encontrados vídeos sobre dicas e truques no manuseio do brinquedo.