A Vez dos Muçulmanos

Os muçulmanos possuem forte religiosidade, porém possuem sentimentos e desejos como qualquer ser humano no planeta. Com isso, um marroquino criou uma sex shop virtual onde esse povo com características conservadoras tão fortes poderão também usufruir de produtos quentes e picantes para investirem em suas relações.

O site já virou um sucesso entre eles com mais de cem mil visitas e muitas compras efetuadas. Os comentários sobre essa novidade nas ruas do Oriente Médio estão evoluindo, apesar de serem mais observadas entre homens do que entrem as mulheres devido à grande necessidade de zelarem por suas imagens no país que vivem.

O criador dessa inovação, Abbas Aouragh, não limitou o espaço das mulheres para fazer compras no site, o qual necessita de um cadastro fornecendo e-mail, telefones para contato e endereço para que a entrega seja eficiente.

E para aquelas que possuem uma relação mais estreita com seu marido, é permitida a compra pelo e-mail do fornecedor para que a mulher não seja exposta na internet e se prejudique na vida matrimonial.

Muitas mulheres já comentaram no site contando suas experiências e mostrando a eficácia da venda dos produtos eróticos nos relacionamentos muçulmanos que são tão distantes e precisam de uma boa reestruturação, para que eles também possam aproveitar os bons momentos íntimos como qualquer casal.

O que muitos se perguntam é: não existem problemas entre as várias esposas dos homens arábes? Aixa Looghj possui a reposta. Casada há 10 anos e a quinta das dez esposas de seu marido, ela diz que na casa dela não há confusão, pois todas se relacionam muito bem e sabem dividir tudo entre elas, inclusive os produtos que compram na sex shop.

Contudo, os diferentes tipos de bombas penianas, vibradores, estimulantes, revistas e vídeos estão sendo muito procurados e elogiados pelos homens e pelas mulheres dessa cultura tão radical como a islâmica.