A Escola da Vida

Vivemos num mundo onde escolhas são feitas a todo momento.  Essas  escolhas geram consequências que afetam sensivelmente a pessoa que as efetuou bem como aquelas que de certa forma fazem parte de seu círculo social, sejam consanguíneos ou afins. As escolhas são movidas a nível emocional e profissional. Embora tenham na sua origem concepcões diferentes, suas consequências são igualmente impactantes.

A experiencia de vida nos permite uma compreensão mais acentuada das questões originadas das diversas escolhas que efetuamos em nossas vidas. Não podemos afirmar claramente se as mudanças oriundas de nossas ações aferem consequencias imediatas ou a posteriori, uma vez que, seus resultados, em não raras vezes, vem à repercutir somente em momentos pontuais de nossa existência.

Destarte, como mencionado anteriormente, a experiência de vida tem papel fundamental na decisão do rumo de nossas escolhas, pois através dela, adquirimos a consciência de que cada atitude tomada,  por menor que seja, carrega consigo uma consequência, que independentemente da origem, temporalmente é inevitável.

Contudo, da mesma forma que erramos em diversos momentos da nossa caminhada, também conseguimos, através da dor sentida em cada tropeço, a possibilidade de evoluirmos, estagnarmos ou regredirmos. Essas três opções possíveis apresentadas pela vida, são as únicas das quais nos são abertas escolhas, sendo que, impreterivelmente, refletirão o quanto aprendemos até aqui.

Portanto, baseado nesse singelo artigo que faz uma reflexão sobre as escolhas e suas consequências, podemos tirar uma conclusão, com certeza: AS DECISÕES SÃO NOSSAS E CABE A NÓS O DISCERNIMENTO DO TIPO DE CONSEQUÊNCIAS QUE QUEREMOS PARA AS NOSSAS VIDAS.