6 Melhores Alimentos para o Pós-treino

Você se lembra do ditado: “O café da manhã é a refeição mais importante do dia”? É absolutamente verdade! E no mundo de hoje, onde o exercício tornou-se parte integrante do nosso dia a dia , a refeição pós-treino tornou-se a segunda refeição mais importante do dia. Mas o verdadeiro problema aparece quando se trata de escolher os melhores alimentos para o pós-treino. Especialmente quando somos bombardeados com tanta informação na internet, na televisão, em revistas, etc. Então, quais são realmente os melhores alimentos para o pós-treino?

Vamos entender isso primeiro – embora todos nós tenhamos corpos diferentes, o funcionamento básico do nosso organismo é o mesmo. Você irá conseguir escolher os alimentos corretos para o pós-treino se você compreender esse mecanismo.

Músculos armazenam o excesso de energia sob a forma de glicogénio e proteína. Quando nos exercitamos, a energia presente em nossa circulação fornecida pelas refeições pré-treino é usada e, depois disso, o corpo começa a quebrar os estoques de glicogênio do músculo. Dentro de poucas horas de treinamento, a proteína muscular cai para zero ou mesmo é negativada. Assim, nossos músculos chegam ao ponto de desnutrição depois de um treino.

O propósito de uma refeição pós-treino é fornecer o combustível e recarregar os músculos esgotados. Então, precisamos de alimentos que podem fornecer carboidratos de fácil digestão, para encher as reservas de glicogênio dos músculos, e proteínas de boa qualidade para construir massa muscular magra.

Whey protein

A proteína do soro do leite é a proteína de mais alto valor biológico que existe. Capaz de fornecer todos os aminoácidos essenciais para a construção e recuperação muscular. O pós-treino é o melhor momento para usá-lo, pois irá fornecer uma carga de proteínas de rápida absorção no momento em que o corpo mais precisa.

Ovos

A melhor fonte de proteína disponível na natureza. Não jogue fora a gema: Ela é uma grande fonte de phosphotidylcholine, que é uma substância química que auxilia na desintoxicação do fígado. Lembre-se, entretanto, de usá-lo com moderação.

Kefir

Bastante novo no mercado, mas o kefir é um alimento pós-treino incrível! É uma grande fonte de proteína, carboidratos de ação rápida, cálcio, potássio, vitaminas e probióticos (bactérias amigáveis ??necessárias para uma boa digestão). Além disso, o líquido é absorvido mais rápido que o alimento sólido. Desfrute de um copo de kefir dentro de 1 a 2 horas depois do exercício para um incrível resultado no pós-treino!

Cereais matinais

Selecione um cereal com boa quantidade de fibras e proteínas. Perfeitos para recarregar as reservas de energia muscular.

Iogurte grego

Ele tem mais que o dobro quantidade de proteína em comparação com o iogurte comum e é uma grande fonte de carboidratos bons, perfeitamente adequado para suas necessidades de energia no pós-treino. Adicione duas colheres de sopa de granola e/ou algumas frutas frescas (fonte de micronutrientes ajuda contra a dor muscular).

Shakes

Shakes feitos com iogurte ou leite são melhores do que aqueles à base de água, pois proporcionam aminoácidos essenciais necessários para a recuperação muscular. Adicione frutas de sua preferência, uma colher de chá de manteiga de amendoim natural para adoçar e uma colher de chá de linhaça, rica em ômega-3.

Outras boas refeições balanceadas com proteínas e carboidratos são salmão com arroz integral ou quinoa, leite de soja, salada vegetariana com feijão, etc. Lembre-se de comer dentro de uma a duas horas depois de uma sessão de treino. Reabasteça os músculos e fique em forma!