Você tem sido um Bom Ouvinte?

Muito freqüentemente estamos com nossos amigos, porém ao mesmo tempo em que estamos interagindo com eles estamos muito mais focados em nossas próprias necessidades em vez de ouvir, eu digo realmente ouvir, o que a outra pessoa está tentando transmitir.

Você tem sido um bom ouvinte?

Você tem sido um bom ouvinte?

Quem é pai sabe muito bem o que é tentar falar com uma criança de três e quatro anos de idade, quando fingimos conversar com ela quando sabemos que ela ainda não pode responder. À medida que envelhecemos ficamos melhores a fingir que ouvimos, nós fazemos uma cara pensativa, mas o tempo todo apenas estourando de vontade ter um momento para conseguir dizer ou mostrar aquilo que queremos. E, infelizmente, nos também melhoramos em fingir que estamos sendo ouvidos. É sempre muito bom podermos desabafar nossos pensamentos com alguém, mas certamente é muito melhor se soubermos que a outra pessoa realmente está nos ouvindo. Se não somos ouvidos ou compreendidos, nosso auto-estima começa a cair por água abaixo.

Precisamos melhorar nossas habilidades de comunicação e estar aberto às necessidades da outra pessoa. Quando realmente ouvimos as necessidades dos outros, a compreensão de seus sentimentos nos permite receber as mensagens com o coração passivo, pronto para ajudar. E se temos ouvido compreensivamente, então quando aconselhamos alguém, nós saberemos escolher as palavras que o ouvinte mais quer receber.

É incrível! Quando você se torna consciente de ouvir alguém, você logo percebe há quanto tempo você não estava o fazendo. Todas essas conversas, todas essas palavras, entravam por um ouvido e saiam pelo outro. É constrangedor e pode fazer com que a outra pessoa se sinta mal. Não se sinta mal com isso, basta firmar um compromisso consigo mesmo de se tornar um ouvinte muito melhor a partir de agora. Sentimento de culpa não serve nada a ninguém.