Vidro inteligente: O que é e para que funciona

A cada dia que passa a sociedade tem avançado expressivamente nos ramos da ciência e da tecnologia. Elas tem andado juntas através de pesquisas e estudos que procuram soluções para facilitar o dia a dia das pessoas e ajudar na questão de economia. Esse é o caso do vidro inteligente.

É importante salientar que não se trata de um objeto ou de um avanço que ainda está longe da nossa realidade, não. O vidro inteligente já faz parte de residências e de empresas por todo o mundo.

Chama-se de vidro inteligente, o vidro que tem a capacidade de bloquear luz ou calor. É feita a aplicação de um gel específico entre as placas de vidros de janelas, por exemplo, ou em outro local onde há necessidade de controlar a temperatura.

Com o calor o gel se transforma e impede que os raios solares penetrem o local. Existe a possibilidade de escolher o ponto da temperatura em que o gel irá se solidificar e modificar. Esse efeito irá depender da mistura aplicada no vidro.

Vidro inteligente em janelas

Um pesquisador do Instituto de Tecnologia da Geórgia, o Dr. Zhong Ling Wang, que tem o trabalho voltado para a utilização de materiais como piezoeléctricos e nano geradores, aplicou óxidos e cerâmicas na criação de um material com várias camadas.

A base é feita pelo dióxido de vanádio (VO²), que fica transparente ao ser exposto a temperaturas baixas, permitindo que o calor entre no ambiente, e vai para um estado semitransparente quando exposto a temperaturas altas, impedindo que a radiação infravermelha, o calor, entre.

O material desenvolvido, apesar de bloquear o calor no verão, ele permite que a luminosidade entre no ambiente.

Efeito termo crômico

O efeito termo crômico é exatamente este que o Dr. Zhong Ling utilizou nos vidros da janela, que foi obtido com o seu experimento. Ele faz com que o vidro fique opaco à medida que a temperatura a qual for exposto for subindo.

Durante o inverno, funciona como bloqueador térmico, evitando que o calor do ambiente se esvaia. No verão, reflete radiação infravermelha, evitando o aquecimento do ambiente interno. Esse processo ocorre de forma automática, sem qualquer tipo de manipulação externa.

Vidro Inteligente

Problemas com o VO²

Ainda não é o melhor isolante térmico para utilizar. Além do mais, é um material que só pode ser produzir em ambientes com temperaturas muito altas. Nesse caso é utilizado o FTO (que é uma mistura de óxido de estanho com pequenas quantidades de flúor).

Ele ajuda na questão da cristalinidade da película de dióxido de vanádio e consegue baixar a temperatura de síntese. Uma camada antirreflexo de óxido de titânio também é adicionada ao vidro, e o resultado é que o vidro inteligente utilizado nas janelas também ajuda na questão da economia de energia.

Onde utilizar o vidro inteligente?

Além de ter a função de equilibrar a temperatura, o vidro inteligente também é eficiente para separação de ambientes em residências e principalmente em ambientes comerciais e de escritório.

No caso da separação de ambientes o material que está inserido no vidro precisará ser estimulado por energia. No estado normal o vidro inteligente terá uma cor branca, ou ficará embaçado, impedindo a visualização do ambiente interno. Quando estimulado, as partículas do material se alinham e é possível ver por entre o vidro.

Transformação do vidro inteligente

No caso do vidro inteligente ser utilizado em áreas externas, para controle de temperatura e energia, a transformação do vidro é gradativa. Quando é no caso do vidro em ambiente interno estimulado por carga elétrica, a transformação é feita em menos de um centésimo de segundo.

Muitos chefes utilizando suas salas com esse tipo de vidro, utilizando ele transparente para poder visualizar o ambiente da sala ou de outro setor da empresa, e no momento que precise fazer reuniões importantes, ou se isolar para um trabalho específico é só fazer com que ele fique opaco.

Outras funções do vidro inteligente

Quando o vidro inteligente é utilizado para ambientes internos, existe uma outra funcionalidade bacana que pode ser adicionada a ele.

Quando está desligado, e permanece opaco ou na cor branco, é possível que seja utilizado para a projeção de imagens.

Outra vantagem do vidro inteligente é que ele também é eficaz com relação à passagem de sons e ruídos. Ele isola o ambiente e é perfeito em situações dentro de empresas e escritórios.

Com o uso do vidro inteligente não é necessária a utilização de cortinas e persianas, ou de filmes ou outros produtos aplicados ao vidro para evitar a luminosidade.

É possível criar também, com a utilização do vidro inteligente, efeitos visuais criativos e inovadores com a mudança dos estados. É muito utilizado em hotéis e motéis para a divisão da área da banheira. Outra vantagem é que a utilização de vidro inteligente em áreas internas tem baixo custo de consumo de energia.

No caso do vidro ser utilizado de forma externa, principalmente em fachadas e janelas, ele é eficaz também para reduzir os dados que os raios ultravioleta causam na nossa pele. Ele consegue inibir em até 98% os problemas que pode causar, como o câncer de pele.

Automação para o vidro inteligente

 

A tecnologia tem mesmo surpreendido. Além do sistema próprio de modificação com o calor, ou através do estímulo elétrico. Existem maneiras de fazer com o que o vidro inteligente seja associado a sistemas de automação onde poderá passar a ser acionado através do uso de um controle remoto, por sensor de presença, timer e outros recursos.

Como instalar?

É possível adquirir o vidro já com essa tecnologia através de empresas especializadas. No entanto, existem casos onde sua empresa ou sua residência já possui vidros e você só quer adicionar a tecnologia. Nesses casos é utilizada uma espécie de película, que pode ser instalada através do uso de uma cola especial, ou autoadesivas.

Normalmente as aplicações de películas são por vidro, acrílico, policarbonato ou laminados. Alguns locais tentam fazer a instalação só com o filme, mas é recomendado que haja a laminação, para conseguir um melhor efeito do vidro inteligente.