Vem aí o HTML5!

Na W3C (World Wide Web Consortium), o HTML5 continua em formato de rascunho (draft) no entanto uma coisa é certa: por muito que a W3c demore a debater as alíneas da 5ª versão das regras de construção de sites e conteúdos da Web, dificilmente a expansão do HTML5 vai parar. A final poucas são as normas que conseguem a compatibilidade com as maiores famílias de browsers e geram consenso entre Google, Microsoft e Apple. Mas o HTML5 já conseguiu esse feito.Resta saber por quanto mais tempo vão ter o internautas a plugins para vídeos, jogar ou ver animações baseadas na net.

HTML5 vem aí!

HTML5 vem aí!

O HTML5 foi pensado para dar seguimento a uma nova geração de conteúdos na internet. Depois de uma era dominada pelos download de conteúdos e aplicações, o espaço cibernético está em vias de dadr o salto para a era das aplicações ricas (conhecidas pelo acrónimo RIA, Rich Internet Applications).

Tecnologias como o Flash e o Silverlight já tinham provado, com grandes doses de popularidade entre os utilizadores e programadores, que era possível mostrar vídeo, reproduzir música ou disponibilizar jogos a qualquer visitante de uma página web, sem downloads volumosos ou complicados processos de instalação. Só que o Flash e o Silverlight nuca foram aprovados como standards. E mesmo que se considere que uma tecnologia compatível com cerca de 97% dos computadores do mundo tem um valor de norma real para o quotidiano dos cibernautas, a inexistência de um standard aprovado por um organismo mundial acabou por expor o Flash às normas da nova geração.

Prós e contras do HTML5

A favor:

* É um standard da W3C
* Foi adoptado massivamente por todos os grandes browsers
* Curva de aprendizagem rápida para quem já trabalha com as tecnologias actualmente utilizadas no desenvolvimento de sites e multimédia.

* Facilidade de desenvolvimento de aplicações e conteúdos compatíveis com vários sistemas operativos de smartphones e telemóveis.
* Funcionalidades de armazenamento fora da rede
* Desenho de aplicações gráficas a través da funcionalidade Canvas
* Dispensa plug ins

Contra:

* O legado histórico do Flash e Silverlight e a grande presença destas tecnologias na Net.
* A comunidade de programadores e designers já dispõe de múltiplas ferramentas predefinidas que aceleram a produção de funcionalidades em Flash e Silverlight e, eventualmente, poderá ter alguma dificuldade em enveredar por novas tecnologias.
* Há quem dica que o Flash é melhor do que o Canvas do HTML5
* MAior precisão no que toca a linhas e resolução de pixeis.