Tradição vs Inovação – Que Formato de Matrimônio Você Deseja?

Tradição vs Inovação no Matrimônio

Tradição vs Inovação no Matrimônio

Casar nunca sai de cena! Indo de encontro a todos os quais provocam campanha contra, a instituição do casamento vai muito bem, obrigado! Conforme informações do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, a quantidade de matrimônios oficiais aqui no brasil aumentou 4,8% entre 2006 e 2009.

Os ainda tradicionalistas seguem preferindo o casório na igreja (qualquer que seja a crença), apresentando todo o glamour e circunstância que lhe é devida. Outras pessoas, em busca de praticidade, preferem escolher por locais onde, em função de não haver deslocamento de um ponto para outro, o ritual e a comemoração são feitas em um mesmo ambiente.

Há alguns meses, fui chamado para um matrimônio no Rio de Janeiro em que o noivo e a noiva, os quais possuíam diversos familiares residindo em diferentes regiões, optaram por realizar a cerimônia em um hotel. Sem contar ter ficado bastante aconchegante, uma vez que o espaço era muito bonito, a decisão foi de uma praticidade incrível, porque todos os presentes continuavam no próprio lugar, na maior parte do evento e do tempo antes dele. A noiva igualmente gostou bastante, já que fez o seu dia da noiva ali mesmo no hotel.

No entanto as novidades não ficam só no local e realização do evento. É cada vez mais padrão a apresentação dos noivos dentro de performances (por exemplo, virou moda dançar a cena de Dirty Dancing, um filme popular da década de oitenta, com a participação de Patrick Swayze), ou igualmente transformar o salão de dança numa verdadeira discoteca da década de 80, onde os as pessoas recebem enfeites legais os quais auxiliam a montar a aparência a fim de se esbanjar na pista de dança.

Sendo assim, optando por tradição ou o não comum, o fundamental é optar por alguma coisa que tenha a sua cara. O restante é agitação!