Tomar Creatina – Saiba Tudo Sobre

Tomar Creatina

Tomar Creatina

Nesse super artigo você saberá tudo sobre como tomar Creatina, algo semelhante ao que pode ser encontrado em nosso site, onde detalhamos todos os aspectos possíveis para uma melhor injestão do produto. Caso queira saber mais e mais sobre o assunto, recomendamos nosso site especialista em Creatina.

A creatina é uma substância produzida pelo nosso próprio corpo, que é formada por três aminoácidos: glicina, metionina e arginina. O fígado é o principal órgão que sintetiza a creatina, seguido pelos rins e pâncreas. Conseguimos obter a creatina através da ingestão de ovos, carnes vermelhas e peixes (atum e arenque em especial). Ela também pode ser conseguida pela suplementação, especialmente no que diz respeito à prática das atividades físicas.

Se você decidir tomar o suplemento alimentar de creatina, deve saber antes o que é a creatina e como ele atua. Depois, saber como toma-la corretamente para poder usufruir de todos os seus benefícios. É importante que a pessoa que toma creatina tenha o costume de ingerir bastante água todos os dias, pois usar creatina e beber pouco líquido pode afetar os rins e originar diversos problemas colaterais. Por isso, lembre sempre de beber água para que os seus rins possam funcionar bastante.

A creatina é uma substância de efeito acumulativo, ou seja, a dose que você tomará hoje não terá nenhum efeito no treino do mesmo dia. Ela é completamente diferente da cafeína, por exemplo, que ao tomarmos já faz efeito logo após alguns minutos. Já é comprovado cientificamente, através de pesquisas realizadas na Queens Medical Center (em Nottingham, na Inglaterra) que é recomendável comer alimentos ricos em carboidratos junto com a utilização de creatina, pois melhora em muito a absorção do suplemento. Isso acontece porque a liberação da insulina possui muita importância no transporte da creatina até as células musculares. Se você optar por esse modo de tomar a creatina, é recomendável que a tome no pós-treino.

Caso você opte por não ingerir carboidratos, tome a creatina pelo menos uma hora antes do treino, para que ela tenha tempo de agir. Para as pessoas que tem dúvidas sobre a quantidade de creatina que devem tomar, já existem estudos (do Instituto Karolinska, na Suécia) que demonstram não há muita diferença nos resultado final das pessoas que tomam 20 gramas de creatina todos os dias e das que tomam 3 gramas de creatina todos os dias, durante o período de um mês. Os dois grupos obtiveram um aumento de cerca de 20% de creatina no músculo, embora um dos grupos tenha tomado uma dosagem bem menor. Dessa forma, dá para se concluir que a creatina pode ser ingerida na quantidade de 3 gramas por dia, além de ser uma forma mais em conta de suplementação. Você poderá saber mais sobre o Whey Protein neste artigo: Whey Protein – Por que comprar?

Há algumas pessoas que fazem a saturação de creatina, que consiste em tomar 5 gramas (que corresponde a uma colher de sobremesa) de creatina quatro vezes ao dia, no período de cinco dias. Depois entra a etapa de manutenção, que é tomar 5 gramas por dia até que o seu pote de creatina acabe por completo. Profissionais da área de educação física já fizeram alguns testes sobre usar a creatina normalmente e a usar de maneira saturada, e o resultado final sempre são semelhantes, não importando qual o método utilizado. A única diferença que podemos encontrar é que utilizando a saturação o processo será apenas um pouco adiantado, já que a creatina age de modo acumulativo e não imediato.

É importante que a pessoa tome creatina todos os dias, mesmo nos dias em que a pessoa não treine. Há quem prefira diminuir de 5 gramas para 3 gramas nos dias do final de semana ou quando não há treinos, pode ser uma boa opção. Existem pessoas que preferem tomar de um modo contínuo e constante, tomando 5 gramas do início ao final do processo, que normalmente dura dois meses.  Depois dê um intervalo de dois meses e volte a tomar.