Terapia de Casal

Terapia de Casal

Terapia de Casal

Hoje a terapia de casal tem sido uma alternativa muito buscada nos consultórios de psicologia em todo o mundo. Na maioria das vezes as sessões de terapia de casal se busca por soluções de problemas de relacionamento ou, até mesmo individuais.

Cada um dos parceiros age de uma maneira característica dentro e fora da relação. Esse pode ser um ponto de partida para brigas e desentendimentos. Até mesmo a forma de se portar e a entonação de voz pode iniciar problemas no relacionamento.

O Terapeuta de casal deve iniciar suas sessões buscando identificar essas maneiras de cada um funcionar na relação, (e ele o faz sem que nenhum dos parceiros fale sobre isso).

Uma das técnicas usadas pode ser a troca de papeis. Com isso o casal pode entender melhor como o outro se sente ao vivenciar a situação oposta: o mais agressivo tornando-se mais flexível e o mais tímido expressando-se mais e de forma mais ativa.

Outra técnica muito comum, utilizada na terapia de casal, é a terapia por Contratos. Ela também tem o objetivo de melhorar o relacionamento. Com ela é feita uma investigação cuidadosa das áreas do relacionamento em que acontecem atritos e aceitações, a fim de entender qual dos parceiros e em qual hora deve dar para receber, ou ceder para obter.

A terapia por contratos instiga os parceiros a se comunicarem mais e falarem mais de seus sentimentos um ao outro, tendo como objetivo, melhorar a harmonia e a interação sexual entre os dois.

Por exemplo cada parceiro pode sugerir tarefas simples ao outro, o que motiva o casal a realizar algumas mudanças. Se ambos participam do “contrato”, a tendência é melhorarem a comunicação, para que aprendam a lidar com os conflitos de forma mais construtiva. Espera-se, que como tempo o casal perceberá as horas certas para discutirem ou aprender a respeitar o outro em determinados momentos nos quais pode não querer falar sobre o assunto.

A terapia sexual de casal não serve para salvar casamentos, mas sim recuperar o respeito entre eles e amneizar problemas que sozinhos não percebiam como resolver, ou não sabiam como fazer. É prática, baseada em interpretações simples e explicações acerca de um ou do outro parceiro.