Solta a criançada!

Quando temos filhos, fazemos toda a nossa vida girar em torno deles. O orçamento, a pesquisa sobre as escolas, a forma de educar, as viagens em família, a vizinhança… tudo muda. Isso é natural, já que somos responsáveis por aquela vida (ou mais de uma) e queremos que tudo saia sempre de acordo, evitando ao máximo os imprevistos e os perigos.

Mas tem uma coisa na qual a maioria de nós passa a prestar mais atenção do que antes: as comemorações dos aniversários. Quantas vezes reunimos nossos amigos em casa para beber algo, servir um petisco e comemorar nosso aniversário? Ou então, chamar todo mundo pra um boteco e pronto? Aniversário de adulto é muito simples. Mas dos nossos filhos?? Jamais. É festa com decoração, bolo, salgadinho, docinho e brincadeiras. Só não se sabe onde essa festa vai acontecer: em casa mesmo? Ou num salão de festas?

O que acontece quando a festa é em casa

Quem tem o privilégio de morar em casas grandes com quintal e tudo normalmente tem espaço que chega pra fazer festas infantis por ali mesmo. Não deixa de ser prático, mas há que se prestar atenção em algumas coisas.

Festa-em-casa-requer-alguns-cuidados-importantes.Vai ter criança correndo pela casa toda. Crianças não são adultos: se você limita as áreas de acesso da casa, um adulto vai entender, mas a criança não – ou pelo menos não vai se lembrar da ordem. Ou seja, marquinhas de sapatos sujos as varanda aos quartos, por causa do pique-pega, do esconde-esconde… Isso se não tiver nenhuma pulando no seu sofá novinho, ou limpando as mãos sujas de quitutes na sua cortina.

“Como evitar esse desastre??” Uma forma é montar um parquinho num local reservado só pra isso no quintal ou na varanda. Contratar pula-pulas e brinquedões infláveis hoje em dia é bem mais barato que antes, quando estes brinquedos eram novidades. Em geral, as empresas que alugam estes brinquedos têm também uma equipe pra tomar conta da molecada, organizando as filas e o tempo de cada um. Com esta estratégia, as crianças naturalmente vão querer ficar mais ao redor dos brinquedos e vão esquecer a casa.

Agora, se sua casa for pequena e mesmo assim você quiser fazer a festa nela, a tática muda. A primeira coisa é restringir o número de convidados, até mesmo por questões de segurança. Ajude a criança a escolher um número X entre os amiguinhos que ela gosta mais (ela deve querer convidar mais alguns, mas explique os motivos numa linguagem que ela entenda).

Vai ser difícil evitar que a criançada tome conta da casa inteira, então o que se pode fazer é guardar objetos frágeis e de importância pessoal como imagens religiosas, porta-retratos, etc. Deixar um espaço mais amplo para as brincadeiras pode ajudar, mas lembre-se que, para a imaginação de uma criança, espaços conturbados como salas com vários sofás e mesas de centro são transformados facilmente em locais de brincadeiras por elas. Para evitar que tanta agitação resulte em móveis e cortinas sujos, evite servir salgados e doces que sujem muito as mãos, como mini cachorros quentes e docinhos cobertos de açúcar colorido (como os moranguinhos). Evite também colocar refrigerantes e outras bebidas até encher o copo – isso facilita os acidentes por descuidos e por falta de coordenação, típicos da pouca idade. Sirva até a metade.

O que acontece quando a festa é no salão

Festa-em-salão-é-muito-mais-confortável.As comemorações em salão de festas é totalmente diferente. Salões assim são espaços onde comidas e bebidas caindo no chão, além de marcas de sapatos sujos de terra ou grama já são previstos. Os espaços dos salões são muito amplos e comportam um grande número de convidados – e muitas vezes eles têm espaço até para os brinquedões. Por isso, muitos pais preferem fazer a festa dos filhos em locais assim.

Mas como salões são muito grandes e possuem muitos acessos para a rua, é conveniente que se contrate uma equipe de segurança para vigiar estes acessos – isto impedirá que crianças afoitas saiam do ambiente, e também impedirá que penetras e pessoas estranhas entrem.

Uma vantagem no uso dos salões de festa é a versatilidade na decoração. Se por um lado não podemos retirar sofás e cortinas de nossas salas quando damos uma festa em casa, em salões qualquer alteração é possível. Se ele tiver cortinas pré-instaladas, pode-se sempre removê-las ou suspendê-las para evitar sujeiras “distraídas” das crianças. Se o espaço possuir um lounge, pode-se remover os móveis de lá para evitar danos provocados pelas brincadeiras. Com estes cuidados tomados, não é mais necessário se preocupar com os tipos de salgadinhos e de doces a serem servidos na festa – apenas o cuidado com as bebidas continua sendo necessário, já que refrigerante caído no chão é sempre um risco potencial de escorregões e tombos sérios.

Cada local de comemoração da festa de aniversário dos nossos filhos tem vantagens e desvantagens, que vão de características físicas até custos totais. Estude cuidadosamente o que é mais vantajoso no seu caso e boa festa!