Sobremesas Típicas de Cada Região do Brasil

A culinária do Brasil é uma soma de influências trazidas por diversos povos na época da colonização. Podemos observar grande influência indígena, portuguesa e europeia não somente nas comidas como nas bebidas.

Cada região do Brasil sofreu mais influência de um determinado povo, assim o sul que foi colonizado por imigrantes Alemães e Italianos tem um cardápio totalmente diferente do norte, que recebeu uma grande herança indígena.

Alguns receitas de doces muito apreciados no sul são a ambrosia, sagu, cuca e torta de maçã que são servidos geralmente após as refeições ou em encontros e reuniões familiares.

A ambrosia é um doce feito com ovos, leite e açúcar, servido com gotas de limão. O sagu é um doce bastante sofisticado, cozido ao vinho e servido acompanhado de cremes ou frutas.

A cuca é um doce feito com pequenos pãezinhos, que podem ter sabor de frutas como laranja, maçã. E a receita de torta de maçã é uma sobremesa clássica, que pode ser servida quente ou fria.

No norte prevalece à grande influência indígena nas sobremesas em geral, um bom exemplo de sobremesa que venceu as barreiras do norte e foi adotado por todo o Brasil é o açaí, uma fruta que pode ser consumida com incrementos como cremes, doces, pós, entre outros. Uma das maneiras mais comuns de se consumir o açaí, pelo menos na região sudeste, é de maneira semelhante a um sorvete – açaí com granola, com frutas, com leite ninho… Diversas são as maneiras de consumir o açaí.

Outro doce muito famoso no Norte é o doce de cupuaçu, que pode ser misturado ao leite, servido com banana. No norte a cultura de comer frutas é conservada, tanto nas refeições principais como misturadas em doces e bolos.

No nordeste podemos observar o costume de sobremesas como rapadura, doce de leite, doce de coco, entre outros. A rapadura é um doce barato e prático, tem a vantagem de ter uma data de validade maior em relação aos outros e persistir fora da geladeira. Sobremesas como doce de leite, doce de abobora e melaço são apreciadas nos sertões e lugares mais afastados por terem um preparo fácil.

Na Bahia alguns doces são inconfundíveis pela fama e sabor como o cuscuz doce, tapioca, pé de moleque, queijadinha, cocada, entre outros.

No centro-oeste e no Sudeste os costumes em relação às sobremesas são muito parecidos, é normal servir após uma refeição bolo, sorvete, chocolate, frutas, pudim, gelatina. O costume de comer doce industrializado como balas, pirulitos, guloseimas em geral é muito comum nessas regiões.