O medicamento Secnidazol é usado para o tratamento de amebíase intestinal de todas as formas, giardíase, tricomoníase e amebíase hepática. Pode ser usado também como uma alternativa terapêutica de vaginoses bacterianas. Sendo um medicamento parasiticida, o Secnidazol possui ação amebicida, giardicida e tricomonicida. Após 3 horas da ingestão da dose sua ação farmacológica máxima já é alcançada.

Secnidazol - Para que serve?

Secnidazol contém em sua fórmula secnidazol, celulose microcristalina, hidroxipropilmetilcelulose, dióxido de silício coloidal, amidoglicolato de sódio, polivinilpirrolidona, croscarmelose sódica e estearato de magnésio. O secnidazol é um derivado sintético da série dos nitroimidazólicos é rapidamente absolvido. Sua eliminação é lenta e essencialmente urinária.

Pacientes que possuem hipersensibilidade aos componentes da fórmula ou a outros derivados imidazólicos, ou possuem suspeita de gravidez ou estão em aleitamento não devem tomar o medicamento. Durante o tratamento com Secnidazol não deve ser ingerida nenhuma bebida alcoólica e até mesmo 4 dias após o término do tratamento.

O uso do Secnidazol deverá ser da seguinte forma: para os pacientes que possuem tricomoníase deverá ser administrada uma única dose de 1000 mg e mesma dose deverá ser ministrada para o cônjuge; para os pacientes com amebíase intestinal e giardíase deverá ser administrada uma dose de 2 comprimidos de 1000 mg e para os pacientes com amebíase hepática deverá ser administrada uma dose de 500 mg, 3 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias. O medicamento é de uso oral e deverá ser administrado durante uma das refeições, de preferência à noite. Os comprimidos de 1000 mg deverão ser tomados em dose única e na impossibilidade em dose única, estes deverão ser ingeridos em intervalo de alguns minutos, não sendo este intervalo maior de 30 minutos para não comprometer a eficácia do tratamento.

As reações que podem ocorrer com o uso do medicamento são: alteração do paladar, náuseas, epigastralgia, erupções urticariformes, glossites e estomatites, vertigens, parestersias, polineurites, falta de coordenação motora e ataxia, e leucopenia moderada, que é reversível com a suspensão do tratamento. Caso agrave as reações e os sintomas não melhorem é necessário procurar ajuda médica.

O Secnidazol deve ser conservado em temperatura ambiente, entre 15° e 30°, sempre protegido da luz e umidade. Não deve ser tirado de sua embalagem original e sempre ser mantido longe do alcance das crianças.

Share Button