Santa Maria, Rogai por Nós

Santa Maria: Que tragédia!

Não quero aqui tirar a responsabilidade ou irresponsabilidade de quem acendeu o que quer que seja dentro de um ambiente fechado com materiais altamente inflamáveis. Lembro que não se pode nem fumar em locais fechados, portanto, deveria também ser proibido esse tipo de artefato, mas não é. Fico pensando se deixariam seus filhos soltarem bombinhas, e até mesmo estalinhos nos seus carpetes das suas salas.

Mas o fato é que a Polícia mandou prender, provisoriamente, os integrantes da banda Gurizada Fandangueira. Mas peraí! A responsabilidade é só deles? Acho que para mandar prender integrantes da banda, tem que prender os produtores do show e da casa, o proprietário da casa noturna, os fiscais da prefeitura, que não fizeram seu trabalho, o prefeito e o governador. Pelo menos esses. Não consideraram esses caras importantes no fato?

Não podemos permitir que esse episódio trágico fique impune, mas não podemos nos limitar a ele. Agora vão pegar no pé’ das boites por causa do ocorrido, mas acho que a sociedade tem que ter uma visão muito maior do caso. Pense: quantos lugares vc vai e acha que está com a lotação maior do que a capacidade do local? Quantos lugares vc vai e só tem uma porta de entrada e saída? Quanto lugares vc vai que tem brigadas de incêndio? Quantos lugares vc vai onde os sprigers estão funcionando? O quero dizer com isso é que não devemos nos ater ao fato isolado. Esses problemas que originaram essa tragédia, estão mais perto do que pensamos. Estão em muitos dos lugares onde vamos com frequência. Vou ao Guanabara da Maxuell, no Andaraí, e com frequência está lotado. Também só tem uma porta de entrada e saída. Não vejo brigadistas e não confio que o sistema anti incêndio esteja funcionando. Nos shoppings é a mesma coisa. Lotados.

Sempre digo que o maior problema do Brasil é a falta de fiscalização das Leis. As Leis existem e, em sua maioria, são boas, mas não há quem as faça valer. Os fiscais são poucos e quando a maioria deles verifica alguma irregularidade, vem o segundo maior problema do País. A corrupção e estraga o pouco que poderia ser feito. Ou seja, de um jeito ou do outro, o ‘jeitinho’ vai ‘ajeitar’ tudo para que as regras, as leis, não sejam cumpridas.
Temos que usar os exemplos a nosso favor. Não podemos deixar que as mudanças se limitem apenas às boites. As regras têm que ser feitas para todos os locais fechados com determinado número de pessoas. Espero que essa tragédia sirva para melhorarmos a segurança de todos em todos os lugares públicos ou não.

Minha solidariedade às famílias dos que perderam suas vidas. Então tá. Até a próxima.