Saiba Quais Alimentos Ajudam No Combate À Enxaqueca

Alimentos que Ajudam No Combate À Enxaqueca

Alimentos que Ajudam No Combate À Enxaqueca

No mundo todo milhões de pessoas têm a sua vida afetada pela enxaqueca, que é um tipo comum de dor de cabeça latejante que normalmente afeta um lado da cabeça, com ocorrência periódica, sendo que ela pode ser acompanhada por vômitos, náuseas, intolerância à luz e ao som.

Algumas horas de repouso, mudanças de hábitos e a adoção de tratamento preventivo com a orientação de um profissional competente são algumas das armas no combate à enxaqueca. Porém, o que pouca gente sabe, é que a escolha correta de alimentos pode ajudar a prevenir ou diminuir os sintomas de enxaqueca. Veja abaixo a relação desses alimentos.

1 – Consuma alimentos ricos em magnésio

O magnésio é um mineral muito importante que contribui para manter o bom funcionamento do fluxo de sangue no cérebro, além de ter uma ação relaxante, o que também pode amenizar a dor de cabeça quando esta é provocada por ansiedade, estresse e TPM. Muitos alimentos são ricos em magnésio, entre os quais podemos destacar: castanhas de caju, amêndoas, nozes, vegetais verde escuros ( como espinafre e couve ), sementes de abóbora, soja, abacate, banana, farinha de trigo integral e massas preparadas com trigo integral.

2 – Consuma alimentos ricos em selênio

O selênio é um mineral que, entre os muitos benefícios, consegue retirar os metais tóxicos do corpo que não só contribuem para o aumento dos radicais livres, como também podem elevar o risco de doenças neurológicas, além de desencadear os sintomas da enxaqueca. O selênio pode ser encontrado nos seguintes alimentos: castanha-do-pará, amêndoa, salmão, ostras cruas, farelo de trigo, fígado bovino, entre outros.

3 – Consuma alimentos ricos em ômega3

Os alimentos ricos em ômega 3 também são um ótimo aliado no combate à enxaqueca. A razão é simples: quando ingerimos em excesso certos alimentos como gorduras e carboidratos refinados, ocorre a dilatação dos vasos que provoca aquela dor de cabeça. E justamente por terem ação anti-inflamatória, os alimentos ricos em ômega 3 são eficazes em evitar a dilatação desses vasos, ajudando assim no combate à enxaqueca. Entre as fontes de ômega 3 estão o salmão, a sardinha, o atum e a semente de linhaça.

4 – Consuma alimentos ricos em antioxidantes

Os alimentos que são fontes de antioxidantes também não podem faltar em nossa mesa; eles são capazes de eliminar do nosso organismo os chamados radicais livres, além de outras substâncias tóxicas – o que contribui para melhorar a circulação; sem contar que as substâncias antioxidantes também têm ação anti-inflamatória. Os alimentos ricos em antioxidantes podem ser encontrados na cenoura, no mamão, nas frutas vermelhas e alaranjadas, nos vegetais de folhas verdes, no chocolate amargo, nos óleos vegetais, nas oleaginosas ( nozes, castanhas, etc ), no germe de trigo, na linhaça, na abobrinha, no tomate, entre outros.

5 – Alimente-se a cada 3 ou 4 horas

Esta é outra dica muito importante que auxilia no combate à enxaqueca. Segundo especialistas, quando ficamos muito tempo sem nos alimentar podemos sofrer uma hipoglicemia ( que é a diminuição do açúcar no sangue ), o que pode provocar dor de cabeça e pressão baixa. Portanto, quando nos alimentamos a cada 3 horas, conseguimos barrar as crises.

6- Hidrate-se

Mantenha o organismo adequadamente hidratado, pois a ingestão diária de água ( pelo menos 2 litros por dia ) pode prevenir a recorrência de episódios dolorosos de enxaqueca. A água de coco também é uma excelente opção!

Portanto, seguindo essas dicas básicas, principalmente com a escolha adequada de alimentos, é possível amenizar as crises de enxaqueca, contribuindo assim para uma melhor qualidade de vida da pessoa.