Remake de “Carrie – A estranha” É Adiado para 18 de Outubro

Você saberá o nome dela (tradução)

Você saberá o nome dela (tradução)

O remake de Carrie – A estranha que estava previsto, inicialmente, para estrear no dia 15 de março de 2013, teve seu lançamento adiado pela Sony Pictures para 18 de outubro. A explicação dos produtores é que o longa alcançará maior bilheteria sendo lançado no mês do Halloween.

A primeira adaptação do livro dirigida por Brian de Palma em 1976 foi também a primeira versão cinematográfica de uma obra de Stephen King. Em 1999 uma continuação intitulada The Rage: Carrie 2 (A maldição de Carrie, no Brasil) foi dirigida por Katt Shea. Houve, ainda, em 2002, uma nova adaptação do clássico para TV.

Carrie White, a adolescente com poderes telecinéticos que já esteve na pele de  Sissy Spacek e Angela Bettis, será agora, nessa nova versão dirigida por Kimberly Peirce (Meninos não choram), Chloë Grace Moretz (Sombras da noite). Sua mãe, a fanática religiosa Margaret White, será interpretada por Julianne Moore (Ensaio sobre a cequeira). O roteiro do longa é assinado por Roberto Aguirre-Sacasa.

No trailer oficial do filme já podemos ter uma boa noção do rastro de terror deixado por Carrie. Confiram:

(Trailer de “Carrie – A estranha” legendado)

[kkytv id=”U7FW9VS3JwY” width=”560″ height=”315″]

Capa do livro "Carrie, A estranha"

Capa do livro “Carrie, A estranha”

Como o remake promete ser fiel ao livro deixo aqui a sinopse do mesmo:

CARRIE narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente.

Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos.