Quando Extrair os Dentes do Siso?

Os dentes do siso (terceiros molares permanentes) são os últimos dentes a aparecerem na cavidade bucal, acontecendo entre os 17 e 20 anos. Também é fácil encontrar pessoas que não possuam esses dentes e em outras pessoas esses dentes existem, mas não nascem por falta de espaço na arcada dentária para o posicionamento do dente, ou por encontrarem obstáculo no dente vizinho, ou ainda, por não conseguirem vencer a resistência oferecida pelo osso e pela gengiva que envolve esse dente.

Independente do motivo que levou a retenção do dente do siso, sua extração está indicada visando principalmente à prevenção de complicações clínicas causadas por eles. A presença do dente do siso mal posicionado ou incluso pode levar a doença periodontal no local, cárie dental no dente ou no vizinho devido à dificuldade de escovação do local, pericoronarite (infecção causada na gengiva que recobre o dente), reabsorção radicular do dente vizinho, cistos e tumores odontogênicos, dores de origem desconhecida e comprometimento do tratamento ortodôntico.

Em muitos casos como estes, os dentes do siso acarretam sérios problemas à saúde da boca e do corpo, além de afetar negativamente a estética do sorriso quando o seu mau posicionamento acaba deslocando os dentes vizinhos e deformando a linha do sorriso.

Portanto, se você acha que o seus dentes do siso estão nascendo ou já deveriam ter nascido, consulte um cirurgião dentista de confiança para o diagnóstico do seu caso. Essa é a melhor atitude a ser tomada para a prevenção de doenças e a manutenção de um lindo sorriso.

Dra. Camilla Bengtson

Sobre a autora: Dra. Camilla Bengtson é cirurgiã dentista, especialista e mestre em estética dental pela Faculdade de Odontologia da USP. Atualmente atende em seu consultório particular na cidade de São Paulo na Bela Vista, próximo ao metrô Trianon Masp.