Quais Alterações São Permitidas em Veículos

Alterações permitidas em veículos

Alterações permitidas em veículos

Muitas pessoas, e principalmente muitos homens, não querem apenas ter um carro, mas um estilo onde as pessoas vejam o automóvel e logo o identifique.

Indiferente de ser um carro 1.0, um pick-up ou um carro mais antigo, o importante é ter estilo e de alguns anos pra cá, o serviço de “estilização” tem sido muito procurado, porém sem “encaminhamento” correto.

Existem leis na qual você deve se adequar para fazer qualquer alteração em seu veículo, entretanto, muitas pessoas esquecem e fazem diferente do permitido pela Resolução Contran n.º 292, no qual é demonstrado quais as regras de modificação são permitidas.

Algumas cidades já multam carros “tunados”, muitas vezes até obrigando o responsável pelo veículo retirar o que foi colocado, deixando o carro original novamente. Abaixo vamos ver o que a Resolução permite:

  • Motor – O sonho de todo mundo é deixar seu carro mais potente, os donos de veículos 1.0 que o diga.
  • Atenção – É permitido fazer alteração no motor do veículo, podendo ser aumentado em no máximo 10% a potência original do mesmo.
  • Rodas e pneus – Você tem o direito de colocar uma roda de aro maior contanto que as rodas não ultrapassem os limites externos dos para-lamas.
  • Atenção – Aumentar ou diminuir o diâmetro não é permitido.
  • Suspensão – É terminantemente proibida suspensões com regulagem de altura.
  • Freios – Não é permitida nenhuma alteração no sistema original do veículo.
  • Altura do veículo – É proibida a alteração das características originais das molas do veículo.
  • Cor – Caso deseje mudar a cor ou adesivar seu veículo em mais de 50%, como, por exemplo, o chamado “envelopamento”, se for de uma cor diferente da cor original você deve regularizar seus documentos.
  • Faróis – O chamado “Xenom“ só é permitido quando sai de fábrica, pela lei hoje a “Instalação de fonte luminosa de descarga de gás em veículos automotores“ fica eminentemente proibída.
  • Chassi – Nenhuma alteração é permitida.

Após tudo isso, caso você continue disposto a fazer a alteração, se prepare para um caminho muito burocrático dentro dos orgãos da sua região, pois é necessário primeiro verificar no Detran quais documentos você precisa apresentar a eles antes das alterações, e após eles liberarem, você pode fazê-las, e então, levar ao Inmetro. Se o Inmetro aprovar, é só voltar ao Detran para atualização dos documentos.