Procurando Emprego?

Todo mundo sabe que procurar emprego é, por si só, um trabalho à parte. Atualmente, existem muitos mecanismos que facilitam essa procura, mas isso não quer dizer que o sucesso será garantido. Em primeiro lugar, tudo depende única e esclusivamente de você, então fazer-se perguntas do tipo “Que trabalho estou disposto a fazer?”,

“Onde procurar?”, “Em quais empresas gostaria de trabalhar?” é muito importante para delimitar o seu perfil profissional e evitar perda de tempo e energia na pesquisa por um emprego.

Sabendo qual é o seu perfil, o segundo passo é a elaboração de um currículo e de uma carta de apresentação. O currículo é mais formal, nele constam as suas informações pessoais, experiência profissional e,  mais importante, os dados para contato. É fundamental não mentir, pois uma hora ou outra, a mentira vem à tona e além do emprego, você perde também a credibilidade. Acrescente cursos e atividades extras, tais como voluntariados, intercâmbios, cursos de línguas e outros. A carta de apresentação, por sua vez, é  menos formal, você se apresenta como se estivesse falando sobre você em uma entrevista, falando de sua experiência, dos momentos mais marcantes que ela te proporcionou, enfim, faz um resumo do seu histórico profissional. Além disso, ela permite que você fale sobre as suas características pessoais e pontos fortes, sobre atividades de que você gosta (prática de esportes, leitura, música e outras) e sobre quais são as suas perspectivas para o futuro. Acrescente também os seus objetivos profissionais, como você espera colaborar para a empresa e como a empresa poderá colaborar com você. Estabeleça a noção de parceria profissional, pois mais do que funcionários, as empresas buscam pessoas dispostas a colaborar e a crescer junto.

Com o currículo pronto, é hora de começar a distribuí-lo. Selecione em quais  empresas você gostaria de trabalhar, entre em contato com o RH dessas empresas e envie o currículo e a carta de apresentação. Lembre-se sempre de adaptar esses documentos de acordo com o perfil da vaga à qual se candidata, pois não é muito válido dizer que você é formado em Educação Física e se candidatar para uma vaga de promotor de vendas. Faça ajustes para que a sua candidatura faça sentido para o selecionador, pois  um candidato fora do perfil nem é selecionado para a entrevista.

Se for selecionado para a entrevista, é importante prestar atenção a alguns detalhes, como a aparência pessoal. Se for uma vaga para trabalhar em escritório, os homens devem evitar a barba por fazer, as bermudas e os bonés, e as mulheres devem evitar os decotes, as saias curtas e a barriguinha de fora. Tenha em mente que você está procurando um emprego, e não se preparando para uma festa. Quanto mais formalmente se apresentar,  melhor.   Com a apresentação pessoal em ordem, é hora de se preparar para a entrevista, o que falar e o que evitar. A educação é primordial, cumprimentar a todos e ao entrevistador com gentileza é imprescindível. Geralmente o entrevistador sabe as perguntas que vão ser feitas, são muitos candidatos a entrevistar, assim é importante ser suscinto, dar respostas curtas e objetivas. O tom de voz deve ser apropriado, falar alto ou baixo demais pode causar má impressão. A postura também é importante, você não está na sala da sua casa, em frente à televisão, é melhor evitar uma postura muito relaxada ou muito tensa, aja com naturalidade. Evite gesticular muito, é normal fazer algum gesto quando estamos falando, mas sem exageros.

Se alguma pergunta te causar desconforto, não demonstre que está tenso, respire e controle o lado emocional, se tiver alguma dificuldade, peça a ajuda do entrevistador, como um esclarecimento para o melhor entendimento da pergunta, nunca diga “eu não sei”, pensando que assim a pergunta  vai   ficar sem resposta. Dessa maneira, você mesmo estará se desclassificando.

Ufa! Depois de toda essa maratona, ainda tem as próximas fases! Ao final da entrevista, é explicado como o resultado será divulgado, é comum as empresas entrarem em contato com as pessoas selecionadas por telefone ou email. Nunca ligue para a empresa se ela não tiver passado essa orientação, nem insista para saber o resultado antes do previsto. Se não tiver sido aprovado, não desanime, pense no lado positivo de ter vivido a experiência da entrevista e aproveite para melhorar o seu desempenho. Caso surja outra vaga dentro do seu perfil, a empresa entrará em contato com você, e o que é melhor, você já conhece o processo da entrevista deles.

Em linhas gerais, procurar emprego é uma epopéia que às vezes dá certo e outras vezes não, mas o mais importante é a sua postura diante disso. Não se acomode, mantenha-se sempre atualizado, faça cursos, aprenda uma nova língua, peça ajuda a amigos e parentes, pesquise na internet, entre em contato diretamente com a empresa na qual te interessa trabalhar, em suma, movimente-se. Não espere cair do céu. E, após conseguir uma vaga, mostre todo o seu talento, faça um bom trabalho e fique de olho nas oportunidades e promoções, pois é assim que se cresce dentro de uma empresa. Boa sorte na suas buscas!