Por que Devo Extrair meus Dentes do Siso?

O fato de ter o dente do siso não significa que este deva ser extraído. Caso o dente esteja totalmente erupcionado, isto é, tenha nascido completamente e esteja bem posicionado, não há motivos para realizar sua extração.

Porém, na grande maioria da população, o dente do siso está mal-posicionado, devido à falta de espaço, permanecendo semi-incluso, isto é, apenas uma porção do dente encontra-se exposta no meio bucal. Nestas condições, a gengiva que está recobrindo parte do dente sofre traumas freqüentes em conseqüência da mastigação, além do que a dificuldade na higienização favorece o acúmulo de placa bacteriana e restos alimentares na região, propiciando o surgimento de cáries.

Há ainda o dente incluso, que por algum motivo não conseguiu nascer e permaneceu dentro do osso. Em alguns casos o siso pode causar dor pois está “preso” no osso e empurrando o dente vizinho, causando injúrias às raízes do segundo molar e não raro o apinhamento de dentes anteriores (os dentes da frente começam a entortar). A extração do dente é indicada, pois além dos danos causados, há risco de formação de cistos.

Até mais!

Sobre a autora: Dra. Thaís Borguezan é cirurgiã dentista formada pela Faculdade de Odontologia da USP. Atualmente atende em seu consultório particular na cidade de São Paulo na Bela Vista, próximo ao metrô Trianon Masp.