Pergolados: o charme da decoração doméstica

O pergolado, também conhecido como pérgola ou caramanchão, é uma estrutura decorativa comum a áreas externas, especialmente jardins e pátios, também podendo ser aplicados em varandas, como extensões da própria casa. Há vários tipos de materiais que podem ser utilizados nesse tipo de estrutura: pergolado de concreto, pergolado de alumínio, pergolado de bambu, mas o mais comum é o pergolado de madeira. Nesse último caso, as vigas permitem a passagem de luz e mantêm a sustentação.

Pergolados: o charme da decoração doméstica

Os pergolados são elementos decorativos em sua essência e, portanto, acompanham as principais tendências da arquitetura, devendo se harmonizar com as edificações em que serão construídos. Em casas de estilo campestre, por exemplo, a madeira é bastante valorizada. Já nos pergolados em áreas de varandas ou pátios, geralmente são empregados os mesmos materiais já utilizados no espaço.

Estrutura

A maioria dos pergolados tem sua estrutura superior vazada, mas alguns podem ser cobertos por vidro, policarbonato ou plantas, com destaque para as trepadeiras, projetando sombras que aliviam o calor e a incidência direta da luz solar. Independente do material a ser utilizado, há dois aspectos a serem levados em consideração: leveza e plasticidade.

Do ponto de vista decorativo, as plantas formam uma combinação muito mais favorável com a madeira, pois exaltam a rusticidade do elemento e remetem à natureza, construindo um ambiente mais aconchegante, propício ao descanso e conversas com familiares e amigos. Além disso, elas ajudam a manter a temperatura mais fresca. Sugestões de trepadeiras são: amor-agarradinho, sapatinho-de-judia e jade. São plantas delicadas, que exigem certos cuidados. Caso deseje obter sol durante o inverno, pode-se optar por outras plantas que perdem as folhas em períodos de baixas temperaturas.

É preciso estar atento ao tipo de madeira a ser empregado nesse tipo de projeto. As mais recomendadas são o ipê, itaúba, eucalipto e pinus. Uma dica importante é evitar que a madeira toque o solo. Bloquinhos de cimento são indicados para servir de suporte aos pilares de madeira. Para os encaixes, pinos metálicos são utilizados para conectar os pilares e vigas. Recomenda-se um espaçamento de 20cm a 40cm entre as vigas.

As madeiras utilizadas nessas edificações devem estar em perfeitas condições. Não podem aparecer quaisquer sinais de envergamento, apodrecimento ou infestação de cupins, por exemplo. Vale lembrar que a aplicação de verniz após o lixamento é uma ótima maneira de conservar o material e deixá-lo mais brilhante.

Criatividade

Uma característica interessante dos pergolados é a sua capacidade de serem ampliados e receberem diversos acessórios, como ofurôs, banheiras de hidromassagem, piscinas, cortinas, redes, cadeiras, espreguiçadeiras e decks de madeira com almofadas. No caso dos pergolados de madeira, eles são perfeitos para áreas de churrasqueiras. A criatividade manda na hora de montar um espaço agradável e relaxante.