Passo a Passo Para se Tornar um Doador de Medula Óssea

MARIANA CUERVO EIDT “Minha cura pode estar em você!”

 EM BUSCA DA MEDULA ESCONDIDA  –  Campanha NacionalTODOS POR UM!

Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea. Esta é retirada do interior dos ossos da bacia, por meio de punções, e se recompõe em apenas 15 dias;

  1. Os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de sangue com 5ml para testes. Estes testes determinam as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente;
  2. Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados em um sistema informatizado que realiza o cruzamento com dados dos pacientes que estão necessitando de um transplante;
  3. Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e para realizar a doação;
  4. Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as células do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de UMA EM CEM MIL!
  5. Por isso, são organizados Registros de Doadores Voluntários de Medula Óssea, cuja função é cadastrar pessoas dispostas a doar. Quando um paciente necessita de transplante e não possui um doador na família, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação;
  6. Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o doente, será a diferença entre a vida e a morte;
  7. A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e amor ao próximo;
  8. É muito importante que sejam atualizados os dados cadastrais para facilitar e agilizar a chamada do doador no momento exato. Para atualizar o cadastro, basta que o doador ligue para (021)3970-4100 ou envie um e-mail para redome@inca.gov.br.

Caso você decida doar:

  • Você precisa ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde(não ter doença infecciosa ou incapacitante)

Como é feita a doação?

  • Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (5ml) e preenchida uma ficha com informações pessoais;
  • Seu sangue será tipificado por exame de histocompatibilidade(HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Seu tipo de HLA será incluído no cadastro;
  • Seus dados serão cruzados com os dos pacientes que precisam de transplanta de medula óssea constantemente. Se você for compatível com algum paciente, outros exames de sangue serão necessários;
  • Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para confirmar que deseja realizar a doação. Seu atual estado de saúde será avaliado.
  • A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas;
  • Nos três primeiros dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Importante!

  • Um doador de medula óssea deve manter seu cadastro sempre atualizado. Caso haja alguma mudança, a pessoa deve entrar em contato com o REDOME(021)3970-4100 ou redome@inca.gov.br.
  • O transplante de Medula Óssea é a única esperança de cura para muitos portadores de leucemias e outras doenças do sangue.

Locais no Rio Grande do Sul onde se cadastrar no Banco de Doadores de Medula Óssea:

ü  Hospital de Clínicas de Porto Alegre / Hospital Universitário – Rua Ramiro Barcelos, 2.350 – Bairro Santa Cecília – Porto Alegre-RS – CEP-90035-003- Telefone: (051)3214-8670 – Endereço eletrônico: lsilla@hcpa.ufrgs.br – Responsável técnico: Dra. Lúcia M. R. Silla;

ü  Irmandade da Santa Casa de Porto Alegre – POA – Rua Prof. Annes Dias, 295 – Centro – Porto Alegre-RS – CEP-90020-090 – Telefone: (51)3359-8505 – Endereço eletrônico: tmo@santacasa.tche.br. Responsável técnico: Dra Laura Fogliatto

ü  Hospital Universitário de Santa Maria – Av. Roraima, prédio 22 – Camobi – Cidade Universitária – Santa Maria – RS. CEP-97105-900- Telefone: (055)3221-5262

Mais informações sobre doação de medula: http://www.abrale.org.br/como_ajudar/doacao_medula/index.php

http://www.inca.gov.br/

REDOME / REREME

Rua do Resende, 195, térreo – Centro – Rio de Janeiro / RJ

Telefones do REDOME.: (21) 3970-4100

Telefones do REREME.: (21) 3970-6177

e-mail: redome@inca.gov.br