Partes da História dos Óculos Ray Ban

Na década de 20 as aeronaves cresciam e se compactavam de forma surpreendente. Visto que eram muito rápidas e de alto relevo elas precisavam de máxima proteção para quem fosse as pilotar, daí necessitou de óculos especiais então veio à proposta dos óculos Ray Ban.

História dos Óculos Ray Ban

História dos Óculos Ray Ban

Porém este não podia ser um modelo normal, pois tinham de ter total aderência no rosto e se comportar de maneira calma perante grandes elevações de graus. Muitas marcas levaram a proposta a efetuar este trabalho por produzirem estes óculos especiais. Mais naquela década a empresa que apresentou os Óculos Ray Ban não deixava a desejar. Quando levados a testes estes óculos suportaram diversas situações de risco e graus enquanto outros se definhavam em pedaços quando em grandes grãs e deformações eram expostos.

Os Óculos Ray Ban em geral se deram bem tanto lentes grossas para exércitos ate lentes super finas para aeronáutica. A marca se destacou e por terem tido um bom trabalho, portanto não demorou muito para serem vistas em outros países como no Brasil que a anos utiliza da marca os seus produtos inovadores.

Nos EUA o maior problema declarado pela Aeronáutica Acrobática do pais perante os Óculos Ray Ban foi na questão de grandes elasticidades das acrobacias.Os EUA são muito famosos por sua Aeronáutica treinada e as acrobacias feitas. Isso levou a marca desenvolver técnicas de óculos jamais vista, ainda mais na década de 20. Então com um investimento astronômico eles conseguiram criar algo inovador, que foi os óculos de aba de silicone que podiam se desdobrar durante os vôos e não se desmanchavam em alta velocidade.

O resultado disso tudo não deu outro senão a contratação da marca para fazer todos os estilos de Óculos Ray Ban para a junta militar dos Estados Unidos da America. E com esta alta influencia todos os países ligados também assinaram serviços.