Porque consultar um psicólogo? A importância da psicoterapia

Vivemos em um mundo cada vez mais complexo, intenso e estressante, assim a maioria das pessoas, em algum momento ou outro em suas vidas, pode fazer bom uso da psicoterapia e do convívio com um psicólogo, isso enquanto mapeiam seu curso e dirigem melhor seus caminhos.

Muitas pessoas se perguntam se devem considerar ou não a visita a um psicólogo Brasília, já que no imaginário coletivo, esse tipo de tratamento é apenas para casos extraordinários ou até mesmo uma frescura.

Mas na verdade, nossa mente precisa ser tratada ainda melhor que nosso corpo, já que é bem ali que tudo que somos fica, e tudo que queremos ser também. Não são apenas as pacientes condições mentais mais graves que precisam fazer psicoterapia, na verdade todas as pessoas se beneficiaram dessa visita semanal.

Será que você deve visitar um psicólogo?

Você sente que a vida pode ser mais satisfatória do que é?

Você quer se sentir melhor em relação a si mesmo, menos compelido, mais facilmente capaz de usar o seu potencial para atingir os objetivos que você definiu?

Você quer se sentir mais eficaz e confortável em seus relacionamentos, mudar os padrões não produtivos com seu parceiro ou seus filhos, pais, colegas de trabalho ou amigos?

Por fim, você quer estar melhor envolvendo e resolvendo conflitos?

Essas são apenas algumas questões que podemos pensar que podem ser melhores tratadas e avaliadas dentro de sessões de psicoterapia. São os pilares básicos e fundamentais da vida que podem ser vistos de outros ângulos, transformando sua percepção de mundo.

Pode ser também o caso de você já ter problemas no seu funcionamento diário. Tais como: os estresses da vida estão diminuindo e você quer aprender a lidar com esses estresses.

Ou você se sente ansioso ou deprimido, tendo dificuldades no trabalho ou na escola, tendo problemas para se concentrar ou dormir, lutar com sua família, não se ocupar fisicamente, ou geralmente sofrem de mau humor sob assuntos banais.

Essas são algumas das experiências de vida que levam as pessoas procurar a psicoterapia.

Talvez alguns sejam familiares para você, ou talvez você se pergunte por outros motivos se você pode se beneficiar da psicoterapia e da visita de um psicólogo, mesmo depois de estabelecer que tudo precisa ser visto de outra maneira.

A importância da psicoterapia em sua vida

Uma pesquisa mostra que as pessoas podem se beneficiar da psicoterapia, que podem aprender, crescer e mudar a idade ou a vida, sendo que nunca é muito cedo ou muito tarde.

A psicoterapia é um processo complexo que deve variar com cada cliente. Não é um conjunto de “tecnologias” simples ou procedimentos. Fazê-lo bem requer um alto grau de educação e treinamento e uma capacidade bem desenvolvida para a escuta empática.

Toda psicoterapia, além disso, depende do desenvolvimento de uma relação segura, confiável e confidencial entre o cliente e o terapeuta. A maioria dos métodos de psicoterapia visa ajudar os clientes a mudar formas improdutivas de pensar e se comportar.

A psicoterapia é um processo de descoberta de um processo de aprendizagem. Nela, é possível trabalhar juntos para descobrir quais eventos, situações e relacionamentos em sua vida atual ou vida anterior estão deixando você com sentimentos desconfortáveis ??ou maneiras de lidar com o seu mundo que não estão funcionando tão bem como você quer.

Você trabalha para adquirir novas e eficazes formas de entender suas experiências e eventos na sua vida, suas respostas e as ações que você toma. Assim, suas ações podem se tornar menos automáticas e mais totalmente baseadas em compreensão e escolha.

O seu parceiro, seu filho ou sua família inteira podem participar dos processos de descoberta, aprendizado e troca que são característicos da psicoterapia. No decorrer desta exploração, é possível descobrir sintomas incomodativos, dolorosos ou desconfortáveis, como sentimentos de depressão persistentes, medo ou hábitos indesejáveis ??e pensamentos.

As formas de responder e agir que foram ineficazes também podem ser alteradas. A psicoterapia olha para todo o ser humano e em muitos fatores complexos que contribuíram para tornar cada pessoa única.

Sintomas como ansiedade ou depressão são vistos não apenas como um problema, mas também como um sinal de que algo está doendo dentro de que algum aspecto da pessoa precisa de atenção.

A psicoterapia assume que há partes de nossas vidas das quais não estamos plenamente conscientes. Nossos sentimentos, nossos sonhos do dia e da noite, nossos pensamentos e nossas reações sutis a pessoas e eventos geralmente são baseados em suposições escondidas e em memórias de eventos anteriores.

Assim, nesse contexto, o psicólogo tem a função principal de sustentar o seu paciente, provendo auxílio durante a busca por novas alternativas em suas tomadas de decisão, e na ressignificação de experiências, fazendo com que ele encontre suas potencialidades e virtudes, favorecendo assim sua autonomia e crescimento pessoal.

A importância do vídeo na comunicação corporativa

Usar diferentes formatos para se comunicar é fundamental para conseguir atingir um grande público de forma clara e objetiva. Por isso a importância do vídeo na comunicação corporativa. Mas será que vale a pena contratar uma produtora de vídeo?

Explorar essas ferramentas torna a comunicação mais dinâmica, direta e eficiente. Fugir das informações de texto e murais é uma maneira de resgatar a atenção de sua equipe para aquilo que está sendo dito.

Então, vamos explicar a seguir qual é a real importância do vídeo na comunicação corporativa, e ajudaremos você a entender porque esse meio de comunicação pode ser ideal para disseminar informações dentro de sua empresa, e se você precisa de uma produtora de vídeo para realizar essa tarefa.

Descubra aqui a importância de uma produtora de vídeo para o resultado final

Um dos maiores desafios enfrentados por empresários de pequenas ou grandes empresas é manter a comunicação corporativa de forma clara e saudável. Quando isso não acontece, a empresa pode sofrer sérias consequências.

A utilização de formatos diferenciados de comunicação se faz extremamente necessária para que a sua empresa se destaque no mercado. E por isso você precisa considerar A importância do vídeo na comunicação corporativa.

  • Por que usar o vídeo?

Seja para a comunicação interna ou para a comunicação com os seus clientes, o vídeo é uma ferramenta que agrada a muitas pessoas. Pesquisas apontam que mais de 70% dos consumidores gostam de receber informações sobre suas marcas preferidas através de vídeos.

  • Maior tempo de permanência:

Sempre que você publica um vídeo, aumenta as chances de que os visitantes passem mais tempo em seu site, pois eles se prendem a gravação e ficam até o final.

  • Popularidade:

Sites como o Youtube e o Vevo são a prova de que os vídeos são um verdadeiro fenômeno. Milhões de usuários acessam vídeos com diferentes conteúdos todos os dias, e essa é uma ferramenta muito, muito popular.

Como criar vídeos de sucesso para o seu negócio?

O Youtube é considerado hoje o segundo maior motor de buscas da internet. Isso significa que vídeos são extremamente populares entre os internautas, e assim dá para entender a importância do vídeo na comunicação corporativa.

Para que o seu vídeo tenha bons resultados, no entanto, é importante que você se preocupe com algumas questões como as que listaremos a seguir:

  • Qualidade:

Para que o seu vídeo faça o devido sucesso você precisa, acima de tudo, manter a qualidade. Para isso, se preocupe em usar um equipamento próprio profissional ou semiprofissional para ter uma captação boa.

Se preocupe também em ter uma iluminação adequada, e em usar microfones que tornem o som audível e limpo. Outro ponto de destaque é o cenário.

Locais com muita movimentação precisam de uma boa edição de vídeo para não tirar a atenção do expectador do que realmente importa. Então tenha cuidado ao escolher o cenário.

Além de todos esses pontos que definem a importância do vídeo na comunicação corporativa, não podemos deixar de comentar que esse é um formato cada vez mais acessível.

É possível fazer bons vídeos com modelos de celulares mais modernos e um fone de ouvido servindo como microfone. Mas de qualquer forma, nada substitui a contratação de uma boa produtora de vídeo.

Os profissionais dessa área estão preparados para a criação de um material de altíssima qualidade, e, com isso você terá não apenas um vídeo muito bom, mas também agregará ainda mais profissionalismo e seriedade à imagem de sua empresa.

O uso do vídeo na comunicação interna e externa: como funciona

Seja para se comunicar internamente com os seus funcionários e equipe, ou para apresentar novas propostas e serviços aos seus clientes, à importância do vídeo na comunicação corporativa é imensa.

  • Comunicação interna:

Se comunicar com uma grande equipe pode ser bem trabalhoso, e muitas vezes as pessoas interpretam as informações como querem. Com o vídeo você tem a possibilidade de ser muito claro, e manter uma comunicação mais direta.

Informes sobre reuniões, eventos culturais, premiações, e qualquer outro acontecimento relevante para o funcionamento da empresa podem ser feitos através de vídeos tanto para colaboradores quanto fornecedores.

Uma excelente comunicação interna é pilar essencial para que a empresa tenha o sucesso que tanto almeja. Investir em tecnologia para alcançar isso é uma estratégia para o seu negócio.

  • Comunicação externa:

Nesse caso o vídeo será usado como ferramenta para conversar com o seu público-alvo. Além de vídeos a respeito de produtos e serviços que estão a venda, você pode falar de ações, promoções, ou simplesmente abordar algum assunto relevante para a sua audiência.

Então, se você pretende desfrutar dessa potente ferramenta de comunicação, não deixe de contratar uma excelente produtora de vídeo para conseguir um resultado da mais alta qualidade, e cativar ainda mais o seu público, seja ele interno ou externo.

Como é produzido um carpete de madeira? Descubra aqui

Em busca de praticidade e qualidade, cada vez mais as pessoas têm optado por colocar carpete de madeira em suas residências ao Ives de pisos laminados ou de porcelana. Mas como são produzidas essas peças?

Com certeza um dos maiores atrativos é a beleza. O carpete de madeira é lindo, e atribui muita elegância ao ambiente. Além disso, é muito fácil de ser instalado e de ser mantido.

Tudo isso com certeza torna o carpete madeira muito atrativo para quem está pensando ou passando por uma reforma. Se você tem dúvidas sobre como ele é produzido, vamos explicar a seguir e mostrar todas as vantagens desse tipo de material.

Entenda o processo de produção do carpete de madeira

Esse produto pode ser fabricado em diferentes tipos de madeira. Isso com certeza vai impactar o valor final da peça, e por isso é importante conhecer cada material, entender a sua qualidade e o seu preço. Algumas das madeiras mais comuns são:

  • Jacarandá;
  • Tauari;
  • Cerejeira imperial;
  • Jatobá;
  • Ipê.

Tratamento da madeira:

O primeiro passo é tratar completamente a madeira escolhida para o carpete. As cascas são retiradas para dar um aspecto mais liso, e depois a madeira é cozida e reduzida a blocos de tamanhos específicos.

Laminação e Secagem:

Elas passam pelo processo de laminação, e são então enviadas a uma estufa onde deverão secar por completo, e receberão produtos inseticidas, o que torna o material resistente a infestação de fungos e cupins, e garante a sua durabilidade.

Prensagem:

Depois que cada lâmina é tratada, começa então o processo de prensagem. Entre as lâminas de cada base são inseridas camadas de madeira de menor qualidade que diminuem o custo da produção.

Manufatura das réguas:

Nesse processo as lâminas são lixadas e devidamente niveladas. Em seguida elas recebem um produto responsável pela impermeabilização, e levada a um forno ultravioleta que ativará esse composto.

Acabamento:

O último passo é o verniz, que é aplicado para dar um ar ainda mais elegante a peça, deixando-a com um aspecto mais bonito e também adicionando resistência e durabilidade.

Como manter a qualidade do carpete de madeira?

Embora o processo de produção do carpete madeira pareça complexo, a sua manutenção é bem simples. Mas é essencial conhecer esses cuidados para que o seu carpete dure mais tempo, e permaneça lindo.

  • Limpeza:

A limpeza pode ser feita com um pano macio e álcool no caso de carpete de madeira envernizado acetinado ou fosco. Isso bastará para trazer brilho e limpeza sem danificar o material.

  • Arrastando móveis:

Se você for arrastar algum móvel pela superfície, proteja os pés com um pano para evitar que o atrite danifique o seu carpete de madeira. Esses arranhões comprometem a qualidade e também o aspecto do piso.

  • Líquidos:

Se algum líquido cair sobre o seu carpete, realize imediatamente a limpeza, e seque bem. Eles podem ser facilmente manchados se ficarem muito tempo úmidos.

  • Ácidos ou solventes:

Não utilize jamais produtos de aspecto ácido ou solventes em seu carpete de madeira. Isso vai danificar muito a peça, e deixará com um aspecto feio, além de comprometer a qualidade, já que a superfície poderá ser corroída.

Por que escolher carpete de madeira para a sua casa?

Em busca de mais beleza e um aspecto mais clean, muitas pessoas escolhem o carpete de madeira na hora de finalizar a casa. Além de ser prático para cuidar e muito bonito, ele combina com diferentes tipos de decoração.

Uma das maiores vantagens desse tipo de carpete (que também pode ser chamado de piso de madeira) é, com certeza a sua durabilidade. Eles são muito resistentes, principalmente por conta do processo de preparo do material e da laminação.

Outra coisa positiva é a sua instalação que é muito rápida e prática, e que não faz grande bagunça ou causa transtorno na casa durante o processo, e pode ser usado rapidamente depois de aplicado.

O piso de madeira é muito utilizado para dar um ar mais rústico e mais aconchegante também. Como falamos anteriormente, ele combina perfeitamente com muitos tipos de decoração, e isso é muito vantajoso para quem gosta de mudar a casa com frequência.

A temperatura é extremamente agradável, e ele não deixa o ambiente muito frio, como é o caso da cerâmica, nem muito quente, como acontece com carpetes tradicionais ou tacos.

Tudo isso colabora para que o carpete de madeira seja um queridinho das pessoas que estão fazendo reforma atualmente. Basta saber escolher bem o material, e você com certeza terá uma excelente experiência com essa aplicação.

Então, aposte no carpete de madeira para deixar a sua casa ainda mais bonita, e não esqueça de cuidar muito bem para que dure muito tempo.

Quais são as Vantagens dos pisos laminados?

A escolha pelo piso laminado para a sua casa traz uma série de vantagens. Além de ser um material muito bonito, esses pisos são muito fáceis de serem mantidos, e possuem grande durabilidade.

Com certeza essa é uma excelente escolha para quem está buscando por uma solução prática e elegante, em perder nada em beleza, e acima de tudo com um preço muito acessível se comparado a outros tipos de revestimento.

Se você está em dúvidas sobre escolher ou não esse tipo de piso, vamos falar a seguir sobre quais são as vantagens do piso laminado, e porque ele pode ser a melhor opção para dar um lindo acabamento em sua reforma.

Veja aqui as vantagens de colocar piso laminado

Existem diferentes tipos de revestimentos disponíveis no mercado, e com certeza fazer a escolha certa pode ser uma tarefa um tanto trabalhosa. Para isso é importante que você pesquise bastante, e saiba exatamente quais são as vantagens de cada um.

O piso laminado é uma escolha cada vez mais comum. Muita gente acaba apostando nesse tipo de revestimento por conhecer as suas facilidades de manutenção e durabilidade.

  • Limpeza:

Com certeza a maior vantagem é na hora de limpar. O piso laminado é muito fácil de ser higienizado, e isso é ótimo para quem escolhe esse tipo de revestimento.

Um pano levemente umedecido é ideal para eliminar poeiras e deixar o seu piso completamente limpo, sem grandes problemas. Para varrer você pode utilizar uma vassoura de cerdas macias, e ela será capaz de remover toda a sujeira superficial.

  • Custo x benefício:

É com certeza o piso com melhor custo-benefício. Eles têm preços muito atrativos, e são de excelente qualidade. E o mais legal é que existem muitas opções desse tipo de piso, e você não ficará preso a apenas um modelo.

  • Durabilidade:

O piso laminado é uma forte, resistente a riscos e possui uma excelente durabilidade. É ideal para ser aplicado em áreas de alto tráfego e casas onde há animais de estimação e crianças. Para uso comercial ou residencial certifique-se de escolher um laminado com uma qualidade indiscutível.

  • Fácil instalação:

Outra vantagem é que o laminado é muito mais fácil de instalar do que outros tipos de pisos. Isso porque as placas são muito fáceis de trabalhar, já que foram projetadas para serem interligadas, e são altamente encaixáveis.

Ele é tão fácil de instalar, que na maioria das vezes não há necessidade de deixar o local por vários dias para que seja aplicado. É um excelente projeto para quem quer reformar, mas não quer ter grande trabalho.

  • Variedades:

Você encontrará o piso laminado em uma grande variedade de acabamentos, como aqueles que imitam madeira, pedra e azulejos. Todos estes estão disponíveis em diferentes cores, tratamentos de superfície, espessuras e estilos, o que lhe dá uma maior possibilidade de decoração na hora da escolha.

  • Hipoalergênico:

Uma das maiores vantagens é que ele é absolutamente hipoalergênico. Como não existem fissuras ou espaços para acumular poeira, outras partículas que podem causar alergias para algumas pessoas, o piso laminado é uma ótima escolha.

Quais são os cômodos em que esse tipo de piso melhor se encaixa?

Pensando na durabilidade do seu piso laminado, você deve considerar que banheiros e cozinhas podem não ser os melhores ambientes para eles. Isso porque embora eles sejam extremamente resistentes a umidade, não são impermeáveis.

Dessa forma, locais que podem sofrer vazamentos não são os melhores para receber esse tipo de material. Então a indicação mais adequada é para salas, quartos e salas de jantar.

Para o calor eles são prefeitos, pois causam uma sensação de frescor. No frio, no entanto, não deixam que a temperatura caia, então, diferentemente da cerâmica, não causam um desconforto com o clima.

  • Como escolher o meu piso laminado?

Conversar com um especialista em piso laminado pode ser a melhor forma de o seu. Esse profissional com certeza conhece as variedades, e poderá dar uma ideia das vantagens e desvantagens de cada produto.  É importante considerar a sua decoração, e o clima que quer passar em seu ambiente, e informar tudo isso ao profissional que vai lhe orientar.

  • Então, escolher um piso laminado é uma boa ideia?

Como você pode ler até aqui, temos diversas vantagens a respeito do piso laminado que fazem desses revestimentos uma excelente escolha para quem quer praticidade aliada a beleza e elegância.

Então, se você busca por qualidade e preço bom, com certeza escolher o piso laminado é uma boa ideia para você. A variedade incrível de produtos desse tipo também é outro ponto a considerar. Escolha com calma, e veja qual é o modelo que mais combina com o seu lar.

Os riscos da terceirização de serviços

Ultimamente está cada vez comum encontrar empresas que realizam a terceirização dos serviços básicos de uma empresa. Isso acontece porque cada vez mais o processo de gestão de terceiros tem se mostrado eficiente.

Vale a pena lembrar que esta prática apresenta diversos benefícios, mas também apresenta inúmeros riscos para as empresas que optam por ela.

Veja a seguir quais as principais desvantagens que a terceirização de serviços podem trazer para as empresas.

O que é a terceirização de serviços?

Antes de qualquer coisa é importante compreender o que é a terceirização de serviços realizada pelo processo de Gestão de terceiros é comum.

A terceirização é uma prática permitida por lei em que há a transferência do gerenciamento de alguma atividade, desde que não seja a atividade fim da empresa, para uma empresa contratada que seja especializada na prestação deste tipo de serviço.

Desta forma a empresa que busca pelos serviços realiza a gestão terceiros com a finalidade de conseguir focar na melhor execução de sua atividade fim, sem se preocupar com atividades secundárias que não são de grande importância para a empresa.

Ao optar pela gestão de terceiros deve haver a assinatura de um contrato que estipule a obrigação e cada uma das partes. Um grande exemplo de setores que geralmente fazem parte da gestão de terceiros de uma empresa são os call center, serviço de alimentação ou limpeza.

O que é necessário para que ocorra a terceirização de serviços?

Para que a terceirização de serviços seja nos conformes legais, é necessário o cumprimento de alguns aspectos. Veja quais a seguir, além de conhecer as principais responsabilidades de ambas as partes:

  • As leis brasileiras não permitem que seja terceirizada a atividade fim de uma empresa, esta atividade é a principal da empresa, a razão dela existir.
  • A empresa contratada através da gestão de terceiros deve ter sua idoneidade comprovada e ser especialista no serviço que ela presta.

Isso é importante porque é totalmente ilegal contratar uma empresa que não seja habilitada tecnicamente para a execução do serviço terceirizado.

  • Os funcionários contratados através da gestão de terceiros não são subordinados da empresa, devendo realizar somente as funções das quais são incumbidos, não se responsabilizando por nada que tenha impacto no objetivo social da empresa.

Eles devem realizar tudo que conta no contrato assinado com a empresa intermediária.

  • Em casos de ações trabalhistas, a empresa que realizou a contratação da terceirizada é considerada legalmente co-responsável pelos funcionários contratados.

As principais desvantagens da Gestão de terceiros

Ao optar pela gestão de terceiros é preciso saber que existe inúmeras vantagens, mas por outro lado também há muitas desvantagens. Para saber se este processo compensa vale a pena levar em conta os dois lados e analisar quais são as necessidades e foco da organização.

Para te ajudar a entender melhor este processo separamos as principais desvantagens da gestão de terceiros.

  • É possível que o processo sofra resistências, isso acontece principalmente por causa do medo que as pessoas sentem do que é novo. Ao ser aplicada em uma empresa, que nunca apostou na gestão de terceiros, pode causar estranheza nos funcionários mais antigos.
  • Demissões no início do contrato de trabalho, por causa das regras diferentes na elaboração do contrato de trabalho é muito comum que haja diversas demissões caso o funcionário demore a entrar no ritmo da empresa.
  • Dificuldade de encontrar uma boa empresa para a execução dos serviços, um dos grandes desafios da gestão de terceiros são os desafios encontrados no momento de procurara pelas empresas especializadas na prestação de serviços específicos.
  • Conflito com os sindicatos também se tornam mais comuns, já que eles procuram a todo o momento procuram saber se as regras dispostas nos contratos de trabalhos estão sendo seguidas a risca.
  • A empresa perde o vínculo com grande parte dos funcionários que trabalham nela, já que a responsabilidade deles passa a ser da empresa contratada através da gestão de terceiros.
  • Mudanças na estrutura do poder da empresa. Se antes, por exemplo, havia um setor especializado somente na limpeza da empresa agora não há mais. O poder muda e isso modifica a organização da empresa.
  • Aumento da dependência de terceiros, se antes a empresa era independente agora ela precisa de uma empresa de fora para conseguir se manter.
  • Os custos das demissões, que ocorrem com maior frequência quando o assunto é a terceirização, podem ser grandes para a empresa.
  • Aos poucos os empregados perdem o vínculo com a identidade cultural da empresa, já que grande parte deles é coordenado pela gestão de terceiros.
  • Os parâmetros dos custos internos custam não ser muito bem explicitados neste tipo de estrutura de trabalho, o que dificulta que a empresa calcule de forma exata os seus custos.

Com estas informações esperamos que você compreenda quais são as desvantagens da gestão de terceiros e coloque-as na balança no momento de optar por esta forma deste serviço dentro da sua empresa.

Tipos de cílios postiços

Um olhar poderoso e atraente! Este é o sonho de grande parte das mulheres! Pórem, não são todas que nascem com cílios longos e marcantes.  Por isso a importância de saber qual a diferença entre os cílios postiços.

Os cílios postiços são uma ótima forma de apresentar um olhar bonito e complementar a sua maquiagem dando destaque para esta área tão importante do rosto.

Saiba, através deste artigo, quais as funções dos cílios postiços e os principais tipos encontrados no mercado!

O que são cílios de postiços?

Os cílios postiços são muito usados por mulheres em diversas ocasiões. São extensões, que podem ser sintéticas ou naturais, usadas para alongar os cílios e dar um visual mais elegante  e profundo ao olhar.

São encontrados à venda em diversos lugares, principalmente em lojas especializadas na venda de maquiagens.

Quais os principais tipos de cílios postiços?

Para escolher o tipo de cílios ideal é preciso levar em conta diversos critérios. Pois caso você escolha o modelo incorreto para o seu rosto o resultado não será como o imaginado.

Por isso é necessário levar em consideração o formato do seu rosto, a ocasião em que você irá usar os cílios postiços e a sua personalidade.

Confira a seguir os tipos mais comuns e usados por mulheres que desejam dar aquele up no visual!

Cerdas cruzadas: é o tipo de cílios postiços indicado para as mulheres mais discretas, que desejam cílios longos, porém que tenham um aspecto natural.

Eles têm como característica o seu formato, devido a ele, os fios dos cílios conseguem se misturam de forma elegante aos cílios naturais. O resultado são cílios levemente mais encorpados, que oferecem um olhar muito mais delicado.

Cheios: encorpados e muito chamativos. Os cílios postiços cheios são indicados para mulheres ousadas que não têm medo de chamar a atenção no meio da multidão. Indicado especialmente para festas à noite, que exigem uma dose de glamour.

Perfeito para mulheres que possuem olhos fundos, já que este modelo de cílios postiços projeta os olhos para frente.

São os famosos cílios de boneca, tão usado pelas blogueiras em suas redes sociais!

Curto nas extremidades e longo no centro: um tipo de cílios que pode ser usado por mulheres que possuem os olhos tradicionalmente caídos. Por causa do seu formato especial e ele ajuda a deixar este tipo de olho mais bonito.

Isso acontece porque o centro mais comprido, desse forma ele ajuda a deixar o olho mais redondo e isso deixa os olhos abertos e mais levantados.

Uma ótima opção para quem tem olhos com um formato desfavorável.

Comprido no canto externo:  você tem os olhos mais juntos? Então este formato de cílios postiços é perfeito!  Eles ajudam a criar um visual mais elegante ao deixar os seus olhos mais simétricos.

Este tipo de cílios consegue alongar o olhar e dar volume aos cílios.

Cantoneira: certamente você já deve ter visto mulheres com aquele olhar de gatinho com os cílios concentrados em uma única extremidade. Eles são chamados de cantoneiras e são vendidos somente pela metade.

Porém você consegue alcançar o mesmo efeito cortando os cílios postiços comuns na metade. A principal vantagem destes cílios postiços é que eles são perfeitos para oferecer um olhar de gatinho extremamente marcante.

Além disso, eles são muito fáceis de serem aplicados, sendo a opção ideal para quem deseja colocar este acessório, mas não tem prática e ainda apresenta dificuldades na hora de colocar os cílios postiços.

Tufos: natural e discreto, este tipo de cílios é ideal para quem deseja cílios volumosos, longos, cheios e naturais. Como isso tudo é possível? Com a aplicação dos tufos!

Eles são perfeitos principalmente para preencher falhas nos cílios, porém são bem complicados de serem aplicados.

Eles são pequenos tufos, sintéticos ou naturais, colocados em pontos específicos, que podem ser nos cantos dos olhos, no centro, onde você desejar.

É o modelo perfeito para quem tem olhos grandes e precisa somente de ajustes para ficar com o olhar perfeito.

Anatômico: os fios deste tipo de cílios postiços são apresentados de forma crescente, eles são mais curtos na sua parte interna e maiores do seu lado externo.

Este tipo de formato ajuda a dar um ar arredondado para os olhos, dando um ar de mistério ao seu olhar.

 Inferior: uma opção curiosa para quem procura inovar no visual. Nesta opção, você pode aumentar de forma considerável os cílios da sua pálpebra inferior. Perfeito para quem deseja causar um grande impacto, muito usado principalmente para produções como uma festa à fantasia.

Como você pode ver existem vários tipos de cílios postiços. Basta você escolher qual mais combina com a sua personalidade, com o que deseja e para o evento onde ele será usado.

Esperamos que as nossas dicas possam te ajudar a criar o look perfeito e arrasar independente da ocasião em que você irá usar os seus cílios postiços.

Confira aqui mais artigos como esse

Cuidados ao aplicar cílios postiços

Muitas mulheres são adeptas o uso de cílios postiços para apresentar um olhar mais profundo e sensual. Porém, saiba que alguns cuidados durante a sua aplicação e seu uso são essenciais para quem deseja garantir a beleza deste tipo de acessório.

Caso você deseje apresentar um visual bonito e moderno saiba que não basta somente colocar os cílios postiços. Quando alguns cuidados não são observados os resultados desejados não são alcançados.

Veja, neste artigo, quais são os principais cuidados que você deve tomar para conseguir ter cílios perfeitos.

Por que usar cílios postiços?

Os cílios postiços são acessórios que podem ser usados por qualquer pessoa que queira dar um up na maquiagem, criando um look que seja marcante, sedutor e extremamente poderoso.

No mercado são encontrados cílios de vários tipos e formatos, compatíveis com as mais diversas ocasiões, formatos de rosto e personalidades.

Você pode usá-los no dia a dia de forma discreta, à noite para curtir uma balada ou em festas para deixar o seu look elegante.

O essencial é saber qual modelo é o mais indicado para cada ocasião e os cuidados que devem ser tomados durante o seu uso.

Cuidados na aplicação dos cílios postiços

Escolheu o tipo de cílios postiços perfeito para você? Então é bom que você saiba aplica-lo da maneira correta.

Lembrando que para isso você pode contar com a ajuda de uma pessoa que saiba melhor fazer isso, como uma maquiadora, por exemplo.

Caso isso não seja possível sigas as regras e cuidados a seguir para fazer a aplicação sozinha.

  • Com delicadeza retire os cílios postiços da bandeja da sua embalagem. Um cuidado importante neste momento é retirar os cílios pela base e não puxar eles pelos fios.
  • Meça os cílios postiços, para isso basta pegar eles e colocar sobre os seus cílios naturais. Muitas vezes eles vêm bastante grandes e é necessário cortar alguns pedacinhos para que ele fique perfeito.

Isso também evita que a base dos cílios toque a parte interna do olho e gere incômodo.

  • Agora é o momento da aplicação dos cílios, coloque uma camada bem fina de cola na base dos cílios postiços. Esta cola deve ser especial e própria para este uso.

Ela geralmente vem acompanhada do produto, mas também pode ser encontrada em diversas lojas especializadas na venda de maquiagem.

  • Aguarde alguns segundos até que a cola apresente uma consistência pegajosa.
  • Com as mãos limpas, aplique os cílios postiços sobre os seus. Para isso você deve segurá-los pelo meio e colocar eles de maneira delicada, o mais perto possível da linha da base dos seus cílios naturais.
  • Após aplicar sobre toso os seus cílios naturais aperte com os dedos. Faça pequenos ajustes com uma pinça caso ele não fique adequadamente alinhado.
  • Espere secar e passe uma máscara de cílios para finalizar.

Seguindo estes cuidados os seus cílios postiços serão colocados da maneira perfeita e você conseguirá apresentar um look muito bonito. Para tonar a produção perfeita crie uma maquiagem bonita que dê destaque aos seus olhos.

Cuidados ao retirar os cílios

Não é somente durante a aplicação que os cílios devem ser aplicados com cuidado, no momento da remoção você também precisa ficar atento.

A melhor maneira de tirar os cílios postiços é retirando eles de maneira suave, sempre puxe pela base, indo do canto externo para o interno. A base deve sair sem que você faça esforço.

De forma alguma puxe com força os cílios postiços, desta forma você pode danificar os seus cílios naturais. Para finalizar use um demaquilante próprio para os olhos para retirar os resquícios de cola.

Dicas e cuidados extras

Além de todos os cuidados descritos anteriormente, outras medidas que devem ser tomadas por quem deseja exibir belos cílios. Confira a seguir quais são elas!

  • Em momento algum segure os cílios postiços pelos fios, sempre segure pela base.
  • Não use a cola de cílios em excesso, sempre aplique pequenas quantidades. Caso você por descuido coloque ela em excesso, retire ele com os seus dedos ante de aplicar os cílios.
  • Nunca molhe os cílios postiços, isso prejudica o aspecto deles, influenciando de forma negativa no resultado desejado.
  • Não use removedores de maquiagem que sejam à base de óleo sobre os cílios, eles também danificam o material da mesma forma que a água.
  • O curvex pode ser usado sobre os cílios postiços tranquilamente.
  • A maioria dos cílios postiços pode se reutilizada. Para isso após o seu uso você deve limpá-los com demaquilante, esperar eles secarem e colocá-los de volta na bandeja da embalagem onde eles vem guardados.
  • O uso da máscara de cílios é liberado nos cílios, ela ajuda a finalizar o resultado final do trabalho e funciona como um fixador entre os dois cílios.

Com estas dicas será muita mais fácil tomar os cuidados necessários para exibir belos cílios postiços sempre! Independente da ocasião.

Conheça o seguro de vida

Hoje em dia segurança é um item primordial. Por isso muitas pessoas buscam pelo seguro de vida, um item vendido por corretoras de seguro para pessoas que desejam ter uma vida mais tranquila, com alguém para zelar por sua segurança.

O seguro de vida é uma forma que você tem para curtir a sua vida com tranquilidade ao lado das pessoas que você mais ama, com a sensação de que todos estão sobre segurança.

Saiba mais sobre o seguro de vida e veja como ele pode ser útil e importante para a sua vida!

O que é seguro de vida?

Ao longo da vida é muito comum passarmos por diversos imprevistos, porém eles podem ser amenizados ou evitados de forma simples. O seguro de vida é um instrumento usado por que deseja procurar uma ótima forma de cuidar de toda a sua família de forma prática.

Com o seguro de vida, caso você não esteja presente os seus familiares serão devidamente amparados por um valor pré-estabelecido, além disso, você poderá contar com um apoio de diversos tipos de assistências a qualquer momento do dia ou da noite.

O seguro de vida pode ser entendido como uma garantia oferecida por corretoras  de seguro, mediante ao pagamento mensal, os chamados prêmios. Eles são pagos aos privilegiados em casos de morte ou acidentes.

A corretora de seguros realiza o pagamento do valor do prêmio às pessoas indicadas pelos segurado, essas pessoas são indicadas no momento da assinatura do contrato com a seguradora. Este documento é chamado de apólice.

Benefícios do seguro de vida

Agora que você entende o que é um seguro de vida e como ele funciona, é fácil entender todas as vantagens que ele oferece e como ele pode ser benéfico para você e seus entes mais queridos. Confira o porquê:

Proteção da sua família ou patrimônio e caso de morte.

Um dos principais benefícios do seguro de vida assinado com uma corretora de seguro é a segurança que você tem em casos de morte.

Se o titular do seguro falecer a sua família terá a garantia de que seus familiares serão protegidos financeiramente. Outra forma de segurança oferecida pelo seguro de vida é a favor do próprio patrimônio do titular.

Caso ocorra algum sinistro ele evita que a família precisa consumir o seu patrimônio para se estabelecer.

A indenização pode ser do tamanho da sua necessidade

Os seguros são moldados conforme o seu perfil. Você pode personalizar o seu seguro da maneira que for mais apropriada para a sua família, adquirindo todas as coberturas necessárias de acordo com as necessidades.

Os benefícios das corretoras de seguro podem ser aproveitados durante a vida

Ao contrário do que muitas pessoas pensam não é somente nos casos de morte que você pode aproveitar dos benefícios de um seguro de vida. Algumas das coberturas podem ser usadas ainda durante a vida do titular e seus familiares.

Para isso é necessário que sejam adquiridas coberturas adicionais. Uma das que podem ser usadas ainda em vida é a cobertura sobre a invalidez, através dela a corretora de seguro garante ao assegurado renda caso ele não seja capaz de produzi-lá.

Outra forma de aproveitar o seguro em vida, oferecida pelas corretoras de seguro, são as coberturas sobre o diagnóstico de doenças.

O seguro pode ser resgatado em vida

Outro mecanismo pouco conhecido pelas pessoas é a possibilidade do resgate do valor do seguro em vida. Vale a pena lembrar que as corretoras de seguro permitem somente o resgate de uma parcela do seguro.

Isso pode ser realizado a qualquer momento, mas para isso você deve escolher a opção de seguro vitalício, somente ela te dá a permissão de resgatar o valor antes do fim do prazo de cobertura estipulado pelo contrato.

A indenização é isenta de impostos

O pagamento da indenização do seguro não sofre cobrança do imposto de renda. Ou seja, em casos de morte, os familiares poderão receber o valor integral do prêmio sem que haja a incidência de nenhum desconto.

Não entram no inventário da pessoa

No caso de morte do titular, o seguro não passa pelo processo de inventário, sendo entregue aos beneficiários de forma total pouco tempo após a morte.

Esta é uma forma de oferecer valores, às vezes muito importantes para a família, de forma direta e rápida, sem que haja custos ou burocracia.

São entregues a qualquer pessoa

O titular não precisa especificar um herdeiro para receber o valor da apólice, ao contrário a pessoa escolhida pode nem ser da família. Também é possível dividir o percentual em valores diferentes para diversos beneficiários.

As regras de partilha comuns não precisam ser seguidas quando o assunto é o seguro de vida elaborado por uma corretora de seguros.

Agora que você compreende o que é um seguro e quais os benefícios que ele pode oferecer à sua família procure uma corretora de seguro e contrate imediatamente o seu.

O que é uma ponte rolante?

A ponte rolante é um equipamento utilizado para içar e elevar determinados tipos de cargas. Elas são basicamente compostas de viga, talha e carro e podem ser do tipo fixas ou móveis ou fixas.

Tem como propósito manipular objetos considerados grandes e pesados, e que não conseguem ser movidos de forma fácil manualmente. Você as encontra nas indústrias do ramo siderúrgico.

A ponte rolante é muito utilizada no processo de fabricação do aço e em quase todos os portos do mundo para realizar o transporte de objetos de fora dos navios para dentro e vice versa, ou para movimentações em torno da região retro portuária.

Esse equipamento é muito grande e também muito caro, porém possui uma relação custo x benefício bem vantajosa, que faz valer a pena a comprar um modelo para fazer a movimentação de grandes volumes de materiais.

O que compõe uma ponte rolante?

Para construir uma ponte rolante serão necessários alguns componentes. Sua estrutura depende de uma viga que estará permanentemente fixada sobre uma estrutura de apoio. Os principais componentes de uma ponte rolante são: 

  • Ponte o viga principal

Essa é a base do equipamento, que faz o movimento de translação da ponte e cobre todo o vão de trabalho. Na ponte rolante é possível ter apenas uma viga ou duas. As vigas vão suportar a maior parte dos outros componentes do equipamento.

  • Cabeceiras

As cabeceiras ficam localizadas nas extremidades da viga principal. Nelas serão fixadas as rodas que irão permitir que aconteça o movimento de translação da ponte rolante.

Estas rodas vão se mover sobre os trilhos que fazem parte do caminho de rolamento.

  • Viga de rolamento 

Essa viga faz o escoramento dos trilhos por onde as cabeceiras da ponte rolante irão se deslocar. Geralmente, as vigas de rolamento estão situadas na estrutura da edificação em que a ponte opera.

  • Carro Talha 

O carro talha é aquele que se movimenta sobre as vigas principais. Nele estão contidos os mecanismos do sistema de elevação (talha). Ele é responsável pelo deslocamento vertical e transversal da carga.

  • Talha 

A talha está acoplada ao carro da ponte e é responsável por fazer o movimento de elevação da carga. Normalmente, é utilizado um cabo de aço para levantar alguns aparelhos como motor elétrico e freio eletromagnético.

  • Caminho de rolamento 

Esse caminho é composto por um par de trilhos que são fixados nas vigas de rolamento. Eles são o caminho para que a ponte se desloque longitudinalmente.

Tipos de equipamento de uma ponte rolante

Os tipos mais comuns são aqueles definidos de acordo com o tipo de apoio da estrutura principal, que estão sob ou sobre os trilhos e de acordo com a quantidade de vigas principais existentes. Há dois tipos de apoios, são eles:

  • Ponte apoiada 

A viga corre em cima dos trilhos do caminho de rolamento, que são sustentados pelas colunas de concreto da edificação.

  • Ponte suspensa

Nesse caso as cabeceiras estarão fixadas as rodas que permitem que a estrutura faça o movimento de translação. Estas rodas irão se mover sobre os trilhos que fazem parte do caminho de rolamento.

A quantidade de vigas principais existentes pode ser dividida em duas opções, são elas:

  • Univiga 

A univiga, também chamada de monoviga, possui apenas uma viga principal na cobertura de seu vão, que está no sentido transversal.

  • Dupla viga 

A dupla-viga, também conhecida como biviga é possui duas vigas paralelas que correm todo o vão de trabalho. O carro-talha é apoiado nelas e pode se mover sob ou sobre as duas vigas.

Nessa estrutura o aproveitamento da altura é maior, pois é possível içar o gancho de carga entre as duas vigas principais. Em comparação com a univiga, a dupla viga pode ter uma capacidade de carga maior, dependendo dos demais componentes do conjunto.

Operação de uma ponte rolante 

A ponte rolante possui movimentos longitudinais, transversais e verticais feitos por motores elétricos. De acordo com o tamanho e potência do equipamento, os movimentos podem ser comandados através de um controle remoto.

Esse controle funciona via radiofrequência, comandado por um operador que está na cabine ou por painel com botões.

O painel é o mais comum, porém, pode aumentar o risco da operação devido à proximidade do operador com a carga movimentada. Além disso, pode diminuir a produtividade.

  • Deslocamento da ponte 

O deslocamento da ponte é feito para direita ou esquerda pela extensão dos trilhos. Geralmente, a velocidade longitudinal de uma ponte é em torno de 1 m/min a 60 m/min.

  • Deslocamento do carro talha 

O descolamento do carro talha é feito com movimentos transversais, que podem ser sob ou sobre os a ponte.

A ponte rolante pode ser usada em diversos locais. Porém, deve-se ter muito cuidado com a sua operação e deve seguir as normas necessárias para manter os padrões de segurança.

Tipos de brise

O brise, também conhecido como quebra-luz, á fabricado em placas verticais ou horizontais, que podem ser fixas ou móveis, com intuito de controlar a penetração direta do sol na edificação.

Ele é muito utilizado, pois evita o calor excessivo causado pelos raios solares, favorece a distribuição da luz natural no ambiente e ainda diminui a temperatura.

Você encontra o brise em locais como universidades, shoppings centres, colégios, hospitais, centros comerciais e muitos outros lugares. Esses locais precisam de uma boa iluminação natural e um bloqueio do ofuscamento, o que faz com que a utilização dos brises seja uma boa opção.

Quais são os tipos de brise existentes?

Um dos brises mais comum de ser encontrado é formado por aletas. Eles que serão responsáveis por controlar a entrada de luz. Como o sol está cada hora em uma posição ao longo do dia, os elementos móveis vão ser bem mais eficientes.

No entanto, os brises fixos também podem ser uma boa opção se colocados na posição correta. Para fabricação das aletas é possível utilizar materiais como, plástico, madeira, alumínio, ferro, concreto, cerâmica, vidro, entre outros.

Os brises são divididos em dois tipos, móvel e fixo. Vamos conhecer um pouco mais sobre eles.

  • Brise móvel

Esse tipo é recomendado para locais que possuam fachada de vidro, onde a insolação ocorre praticamente durante todo o dia, fazendo com que seja necessário ajustar a proteção para proteger o ambiente.

Com já dito antes, este tipo é o mais eficiente, pois consegue se ajustar a várias posições, mas isso não quer dizer que o outro não funcione bem.

  • Brise Fixo 

Esse tipo deve ser projetado e posicionado de acordo o lado que mais receberá sol durante o dia. Por exemplo, em fachadas viradas para o norte, é aconselhável brise horizontal, pois recebe sol durante todo o dia.

Já em fachadas para leste e oeste, onde recém o nascer do sol e o pôr do sol, respectivamente, recomenda-se brises verticais. Em fachadas ao sul, onde a incidência é melhor, não há necessidade de brises.

Seguindo essas orientações você conseguirá colocar o brise na posição correta para o que você deseja. Na hora de escolher qual usar, leve em conta a aparência, durabilidades, eficiência e custo.

O posicionamento das aletas e seu espaçamento será definido pelo ângulo de incidência do sol e pela quantidade de luz que você quer barrar.

Um tipo popular de brise é o cobogós, também conhecidos como elementos vazados. Ele é muito utilizado em edifícios públicos devido ao baixo custo e grande durabilidade.

Normalmente são feitos de concreto ou cerâmica e podem ser encontrados no mercado com diversos tamanhos e formatos.

Outro tipo de brise é o muuxarabis, que além de proteger contra raios solares, dá maior privacidade para as casas. Podem ser feitos de madeira ou ferro. Os formatos mais comuns são aqueles quadriculados.

As chapas perfuradas, quando usadas na fachada, nada mais são do que brises. Elas são fabricadas de aço ou alumínio e possuem furos redondos, retangulares, quadrados e muitos outros formatos.

Elementos mais elaborados como malhas metálicas também podem ser utilizados nessa função.

Na realidade, basta utilizar um elemento que fique posicionado na fachada, com uma abertura e que auxilie a proteção contra raios solares, pode ser considerado um brise. Por isso, cada ano novos tipos são inventados.

Cada tipo de brise tem aqueles materiais que são mais adequadas para sua fabricação. Deve ser levado em conta na escolha que eles ficam expostos ao sol, chuva e outros fatores externos, para efeito de durabilidade.

Não adianta nada comprar um brise que não durará muito tempo, tendo que troca-lo todo ano, gastando cada vez mais.

Brise por dentro ou por fora da fachada?

Uma dúvida frequente é se os brises devem ficar do lado de fora ou lado de dentro da fachada. Ambas as opções possuem vantagens e desvantagens.

Quando fica para dentro, os elementos de proteção costumam se conservar por mais tempo, a limpeza é mais fácil de ser realizada e a fachada pode ser todo envidraçada.

No entanto, como a principal função deste elemento é proteger sua construção, o ideal é que eles sejam colocados para fora, para que não deixem que o calor penetre na edificação. Ou seja, brises externos podem ser mais eficientes.

Entenda qual é a orientação da sua fachada e escolha o brise que mais se adequa para cada local, de acordo com a eficiência que você deseja. Leve em conta a durabilidade na hora de comprar, para que você não precise se preocupar com a troca dele tão cedo.

Se for bem utilizado, o brise irá trazer muitos benefícios, como diminuição do calor em excesso, redução da incidência de raios solares, diminuição do uso de ventiladores e ar condicionado, ocasionando em uma economia de energia e consequentemente, preservando mais o planeta.