O que Levar para a Entrevista do Visto Americano?

Os Estados Unidos da América é um dos países mais visitados do mundo, mas para entrar nos EUA, além do passaporte, é necessário obter um visto USA para permanência temporária no país.

Para cada tipo de visita, o viajante deverá solicitar uma categoria de visto específico. Por ser um procedimento burocrático, se preparar com antecedência faz toda a diferença e saber o que levar para a entrevista do visto USA é essencial.

Passos para Obtenção de Visto USA

Todo visitante necessita do visto para viajar até uma entrada do país, salvo casos especiais. Cada pessoa deverá ter o próprio passaporte e crianças e bebês deverão ser registrados nos passaportes dos pais.

Pessoas de algumas nacionalidades necessitam que a validade do passaporte seja para mais seis meses, no mínimo, além da permanência.

No caso de visitantes brasileiros, o passaporte deverá ser válido durante seu tempo de permanência no país.

Todos devem preencher os campos do formulário DS-160 e pagar a taxa de emissão do visto USA. O visitante também deverá fornecer uma foto dentro dos padrões exigidos pelo Departamento dos EUA.

Como e Onde Solicitar os Vistos USA

Os vistos podem ser solicitados para visitantes na Embaixada, em Brasília, ou em um dos consulados estadunidenses em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife.

Após a confirmação do preenchimento do formulário de interesse no visto USA, o interessado deverá imprimi-lo e levá-lo ao local escolhido, junto com seu passaporte e uma foto.

Geralmente, o agendamento é feito no Centro de Atendimento ao Solicitante de Vistos além da Embaixada ou Consulado (CASV). No site da embaixada americana, o interessado pode verificar se é isento da entrevista.

Categorias e Taxas

Como o país recebe pessoas diferentes de todo o mundo, os motivos de visitas são os mais diversos, portanto existem categorias e taxas a serem pagas para retirada do visto USA de acordo com esses motivos, são alguns:

Diplomatas e funcionários de outros governos, A-1 e A2, isentos de taxas. Funcionários dessas pessoas se encaixam em A-3 e também são isentos da taxa do visto USA.

Estudantes acadêmicos, pesquisadores, visitantes a negócio e empregados domésticos se encaixam na categoria B-1 e pessoas em férias, turismo ou para tratamentos médicos são categoria B-2. As duas categorias são isentas de taxas.

Trabalhadores temporários são de categoria H; jornalistas e funcionários das mídias fazem parte da categoria I, as duas categorias pagam taxam de 100 dólares.

Pessoas que possuem conhecimento e habilidade elevado em alguns assuntos fazem parte da categoria de visto USA O ou P. A categoria Q abrange intercâmbio cultural. Essas categorias pagam taxa de 40 dólares.

A Entrevista

No dia escolhido compareça ao CASV escolhido com passaporte atual e anteriores, vistos anteriores válidos ou vencidos e também com o formulário DS-160 impresso. Lá serão colhidas impressões digitais e foto.

Após isso, o interessado deverá ir até a Embaixada ou Consulado escolhido na data agendada levando os mesmos documentos e outros adicionais, caso necessário. Esses documentos podem ser consultados no site da embaixada americana.

Pessoas menores de 14 anos ou acima dos 80 anos podem solicitar a isenção de entrevista. Brasileiros e argentinos que moram no Brasil e que nunca tiveram visto recusado, menores de 14 anos e maiores de 80 anos, também têm isenção de entrevista para renovação do visto USA.

Para pessoas que estudarão nos Estados Unidos, o visto USA será válido apenas 30 dias antes do início do programa estudantil. Por exemplo, se o programa se inicia no dia 3 de setembro, o estudante só poderá entrar no país a partir do dia 4 de agosto.

O prazo comum para recebimento do visto USA é em até 10 dias úteis a contar a partir da entrevista. O solicitante também pode optar por retirar os documentos onde fez a entrevista, em 5 dias, porém necessita agendamento.

Alguns casos especiais necessitam de mais tempo de análise, então é recomendado não finalizar os planos para a viagem até que o solicitante esteja com o visto USA em mãos.

 

Cuidados ao Se Utilizar Escadas de Fibra de Vidro

Primeiro vamos estabelecer o que é a fibra de vidro, como ela é fabricada e os cuidados que devem ser tomados ao se utilizar escadas de fibra de vidro.

Fibra de Vidro – O que é?

O material é composto por pequenos filamentos de vidro muito finos, que se juntam com a ajuda de alguns compostos como resina ou silicone.

A fibra de vidro pode ser utilizada na fabricação de diversos objetos, como capacetes, brinquedos, pias, escadas, entre outros.

Quando é tratada com algum metal pesado, como o cromo, pode se tornar tóxica. Porém, quando está na forma final, como a de uma escada de fibra de vidro, é considerada segura para o manuseio direto.

Fabricação de Escadas de Fibra de Vidro

Para a fabricação da escada de fibra de vidro é necessário que sejam seguidos alguns critérios e características específicas. Sua montagem segue as normas NBR ABNT 1010 a 1020 e ANSI A 14.5 de 1992.

O primeiro cuidado a ser tomado é verificar se a escada de fibra de vidro está dentro das especificações de fabricação. Algumas delas são:

  • Dimensões – As escadas de fibra de vidro podem ser extensíveis ou singelas. O comprimento do modelo extensível deve ser de 4 metros, no mínimo, quando fechada e 7,4 metros, no máximo, quando aberta. Quando a escada de fibra de vidro for do tipo fixa, deve ter 4,7 metros.

Na escada de fibra de vidro extensível a largura interna deve ser de 290 milímetros, no mínimo, e 330 milímetros, no máximo. Já a fixa, deve ter 320 milímetros de largura interna.

Em ambos os modelos de escadas de fibra de vidro, a distância de um degrau para o outro deve ser de 300 milímetros.

  • Peso – o peso máximo da escada de fibra de vidro fixa deve ser de 14 quilogramas e para a escada extensível deve ser de até 26 quilogramas.

Especificações técnicas da escada de fibra de vidro

  • Montantes isolantes, pintados da cor laranja e com proteção contra raios ultravioletas.
  • A pintura das laterais deve ser feita alternando as cores preta e amarela, começando de baixo para cima, até a faixa de 1,5 metros.
  • Os degraus devem ser de alumínio ou no formato cilíndrico ou com apoio reto, semelhante à letra “D”.
  • Corda de poliéster e catracas de alumínio nas escadas de fibra de vidro modelos extensíveis. Também deve possuir um batente de borracha que impeça que a parte móvel bata no chão quando reclinada.
  • Nos apoios deve haver capas de borracha para que a escada de fibra de vidro não derrape.

Quais cuidados tomar ao se utilizar a escada de fibra de vidro?

Até agora vimos algumas características das escadas de fibra de vidro e agora veremos alguns cuidados que devem ser tomados, especificamente, quando utilizar uma escada feita com fibra de vidro.

Após garantir que sua escada de fibra de vidro está dentro das normas técnicas de fabricação, você precisa tomar algumas medidas para que não tenha nenhum acidente.

  • A escada de fibra de vidro deve ser apoiada em uma parede firme e o chão onde ela ficará em pé deverá ser plano e estável. Caso o trabalho seja feito acima de 2 metros de altura, use o cinto de segurança.
  • Nunca coloque uma escada de fibra de vidro em cima de móveis ou apoios que faça a escada se movimentar.
  • Nunca suba além do penúltimo degrau da escada de fibra de vidro, caso necessite atingir uma altura maior, utilize um andaime.
  • Não se movimente na escada com as mãos ocupadas com algum objeto, sempre segure nas laterais quando for subir ou descer.
  • Quando apoiar a escada de fibra de vidro em uma parede, mantenha a base da escada afastada cerca de 80 centímetros da parede.
  • Sempre verifique se as sapatas de borracha nos pés da escada não estejam com algum tipo de dano e ainda estejam firmes contra escorregões.
  • Não pinte a sua escada de fibra de vidro quando esta ficar um pouco mais velha ou apresentar marcas de uso. Isso pode encobrir trincas ou falhas que podem levar a um acidente.

A escada de fibra de vidro é a mais indicada para serviços que necessitam de mobilidade e proteção contra eletricidade. Tem o custo um pouco elevado, mas seguindo os cuidados citados acima, terá uma vida útil longa.

As 12 divisórias de ambientes mais legais que você pode ter

Caso você queira saber mais sobre a divisória de madeira, saiba que é possível encontrar divisórias de ambientes mais legais que você pode ter, em que ultimamente, tem sido cada vez mais comum a integração dos espaços, o que garante uma enorme privacidade.

Para possibilitar ambientes com divisórias de madeira sem ter que recorrer as paredes sólidas, as quais fragmentam a residência, acabam tirando a sua luz e ainda são irredutivelmente permanentes.

Dessa forma, o que não falta atualmente são divisórias de madeira mais leves e até mesmo removíveis, proporcionando uma intimidade necessária para o ambiente, como o caso de estruturas vazadas de madeira, estantes vazadas, painéis, portas de correr e muito mais.

Conheça mais sobre as 12 divisórias de ambientes mais legais que você pode ter

Se você está em busca de divisória de madeira de ambientes mais legais que você pode ter, saiba que os ambientes integrados se encontram cada vez mais em alta no mundo da decoração, garantindo maior prática, flexibilidade e deixando a sua casa totalmente despojada.

Com isso, confira abaixo algumas opções e faça o planejamento dos espaços da sua cada com uma divisória de madeira para que eles garantem todas as atmosferas possíveis. Veja!

  1. A divisória de madeira irregular apresenta como função a criação de um anteparo entre uma porta de entrada e o ambiente para o qual ele irá se abrir, de uma forma que preserve a privacidade de todos.

Geralmente, uma das principais características dessa divisórias é quanto aos elementos da sua estrutura, os quais são bastante espaçados de maneira irregular, o que cria um movimento, além do fato do espaçamento entre eles garantir a entrada de claridade.

  1. A divisória vazada assimétrica, além de ao mesmo tempo garantir prática e ser decorativa, ela ainda é uma estante vazada que se coloca entre dois ambientes.

Assim, tal divisória torna o ambiente mais leve e possui nichos assimétricos, proporcionando uma outra dinâmica no local, pois tais estantes podem servir como displays decorativos ao mesmo tempo que obstruem de forma parcial a visão dos espaços divididos.

  1. Uma ótima opção de divisória de madeira é uma lareira para separar o ambiente e ainda aquecer, delimitando cada um dos ambientes em uma sala grande, além de propiciar o aquecimento de toda a área.
  2. Quanto as divisórias de cortinas, elas são capazes de ocultar de forma simples e elegante a cozinha de outros ambientes, sendo ótimos artifícios e fáceis para poder estabelecer a comunicação entre os locais, sem que eles sejam sobrecarregados.
  3. No caso das persianas de rolo, elas são uma maneira fácil e prática para poder separar os ambientes, podendo apresentar as mais variadas cores e desenhos, o que agrega arte ou uma simples decoração a ambos os espaços.
  4. Já as bancadas de trabalho de madeira, até mesmo nos espaços que não são compartilhados através de dois ambientes, como o quarto de dormir, pode-se querer delimitar o espaço em diferentes áreas.

Assim, a bancada de trabalho funciona como um anteparo à visão de todo o restante do ambiente.

  1. Quanto a estante de vidro, essa é uma alternativa bastante eficaz visualmente, podendo separar a sala de estar do corredor, o qual leva para outras partes da casa.
  2. A divisória de madeira estática vazada normalmente é composta por ripas que são posicionadas em intervalos regulares, o que garante uma presença estática, onde os vãos não obstruem a visão nem a claridade, o que proporciona um anteparo mais suave.
  3. Já os jardins verticais é uma forma criativa de divisórias entre dois ambientes, preenchendo o espaço com frescor, cor e vida, onde pode ser criado em algum móvel de madeira especial para poder receber variadas plantas.
  4. Já a parede de ferro e vidro, quando a intenção não é remover a visão de um dos ambientes, tal painel acaba criando uma divisória bastante moderna, ficando interessante principalmente entre a sala de jantar e a cozinha.
  5. Em relação ao guarda-copo artístico, essa é uma divisória primordialmente com função estética, sendo um ferro trabalho e atuando como um painel artístico para a sala de estar.
  6. Por fim, a inspiração para portas de correr também funcionam muito bem em ambientes dos mais diversos estilos, podendo ser de madeira lisa ou trabalhada, além de vidro ou de ferro.

Portanto, se você queria saber sobre a divisória de madeira de ambientes mais legais que você pode ter, saiba que os cômodos integrados se encontram cada vez mais entre as principais tendências de projetos de arquitetura, sendo uma excelente opção para garantir uma sensação de amplitude e valorizando o espaço.

Divisórias vazadas: ambientes divididos com criatividade e beleza

Caso você queira saber sobre a divisória de madeira, saiba que ela tem se tornado um item bastante cobiçado na decoração por conta de garantir ambientes divididos com criatividade e beleza, separando os espaços sem que afete a luminosidade, circulação de ar e amplitude do ambiente.

Nos casos de casas que possuem ambientes integrados, são diversas as maneiras de se encontrar soluções para poder dividir os ambientes, como o uso de divisórias de madeira, garantindo um destaque especial que garante o bom aproveitamento da iluminação natural e da ventilação, sem comprometer a privacidade do local.

Além disso, as divisórias vazadas são ainda uma excelente alternativa para aqueles que desejam delimitar os espaços, porém, sem causar o isolamento de forma completa do vão.

Saiba mais sobre as divisórias vazadas e sobre ambientes divididos com criatividade e beleza

Se você deseja saber sobre as divisórias vazadas e ambientes divididos com criatividade e beleza, saiba que a divisória de madeira é uma excelente opção, onde os recortes sempre criam um enorme aconchego e ainda melhoram a iluminação e circulação do ar, garantindo mais charme e personalidade na decoração.

Além disso, as divisórias de madeira vazada ainda combinam muito bem com imóveis que são menores, melhorando a funcionalidade dos cômodos e a comunicação entre eles.

Dessa forma, é possível com o uso de tal recurso garantir a integração de forma parcial dos ambientes, procurando ocupar pouco espaço e ainda valorizar o ambiente.

Vale lembrar ainda que as divisórias de madeira vazadas podem se adaptar em qualquer estilo de decoração, pois se encontram disponíveis em uma grande variedade de formas e de materiais.

Assim, não existe nenhuma indicação específica de ambiente em que elas podem ser usadas, podendo ser encontradas em cozinhas até o quarto, além ainda de ambientes residenciais como em estabelecimentos comerciais.

Com isso, as possibilidades são infinitas e permite a criação até mesmo de novos ambientes sem que haja a necessidade de se realizar reformas grandes.

E para aqueles que gostam de morar em ambientes abertos, arejados e iluminados, porém, desejam separar os ambientes sem fechar todo o espaço, essa é uma ótima opção.

Seja então para usar nas cozinhas, ambientes integrados, hall de entrada ou em qualquer local que você desejar, as divisórias de madeira proporcionam muita personalidade e singularidade aos ambientes.

Além ainda de serem excelentes para poderem dividir e integrar os ambientes, pois são muito funcionais já que garantem a decoração, não ocupam muito espaço, proporcionam uma boa circulação de ar e ainda permite a sua privacidade.

Quais são os modelos de divisórias de madeira vazadas para ambientes?

Se você deseja saber alguns modelos de divisórias de madeira vazadas para ambientes, confira algumas opções abaixo:

  • Divisória vazada em arabesco: os formatos em arabesco, através de combinações geométricas, garantem muita vida a uma sequencia de traços, o que representam desenhos parecidos com plantas ou animais.
  • Divisória vazada combinada com a cor dos móveis: quando se escolher um determinado tipo de divisória vazada, é interessante procurar combiná-la com as cores dos seus móveis.
  • Divisória vazada com uma adega de vinho: se você ama vinhos, possuir uma adega na sua casa pode acabar sendo um grande sonho. Porém, se a sua casa não possui espaço para tal construção, uma divisória de madeira vazada pode ser uma excelente solução.
  • Divisória vazada próximo as escadas: nas casas com sobrado, as divisórias de madeira vazada acabam tornando o ambiente muito mais moderno, especialmente quando se posicionam perto das escadas, servindo também como suporte e não necessitando de um corrimão.

Assim, se você deseja dividir determinado ambiente da sua residência sem que haja a necessidade de construir uma parede, a divisória de madeira vazada pode ser uma ótima opção para ambientes divididos com criatividade e beleza.

Além disso, além das divisórias de madeira vazadas serem muito modernas e sofisticadas, esse tipo de divisórias ainda acaba sendo uma ótima solução sustentável, especialmente por conta da entrada de luz garantida, o que pode resultar em uma enorme diferença no final do mês na sua conta de luz.

Chapas perfuradas: quais são as vantagens?

Sobre as vantagens das chapas perfuradas, saiba que elas são folhas de metal que tiveram a perfuração com furos em diversas formas e tamanhos, onde tal processo é bastante usado por ferramentas especializadas em máquinas de puncionamento com alta velocidade.

Assim, existem inúmeros tipos de metais que podem ser utilizados para se fabricar o metal perfurado, incluindo-se o aço, aço galvanizado, o aço inoxidável, alumínio, cobre, latão, entre outros.

Além disso, as chapas perfuradas são muito usadas de forma ampla em uma gama de aplicações na indústria e na arquitetura para fins de desempenho e de estética, em que os diversos metais disponíveis garantem a adequação no uso tanto exterior como interior.

Conheça mais sobre as vantagens das chapas perfuradas

As chapas perfuradas possuem inúmeras vantagens, possuindo como destaquem em uma característica, as suas aberturas, as quais são eficientes em diversos aspectos, em que os produtos que passam até mesmo despercebidos podem ser comumente associados as suas funções.

  • Geralmente, as chapas perfuradas são extremamente econômicas, encontrando em diversos segmentos do mercado, como na construção civil até a decoração de exteriores.
  • Outra grande vantagem das chapas perfuradas é quanto a sua vida útil ser bem maior do que as peças que são confeccionadas em aço comum ou então em outros tipos de materiais que são menos resistentes quanto ao efeito da corrosão.
  • Vale lembrar ainda que em chapas perfuradas, o material pode ainda ser usado para a proteção de materiais acústicos, onde tal padrão de perfuração garante que o som percorra, o que proporciona a isolação do som.
  • Além disso, quanto a sua durabilidade, ela é bastante prolongada, onde a chapa perfurada raramente necessita de manutenção, pois a sua estrutura é bastante robusta e apresenta alta durabilidade.
  • As chapas perfuradas possuem ainda uma enorme facilidade de limpeza e de instalação, garantindo uma conservação que seja maior do material, resistindo até mesmo aos desgastes mecânicos.
  • Outra grande vantagem das chapas perfuradas é devido ao fato de elas se adequarem as suas necessidades, onde dentre os segmentos que usam a chapa, podemos destacar os mais comuns, como as empresas atuantes na construção civil, agroindústria, indústria de alimentos, mineração, entre outros.

Assim, devido ao fato dos materiais serem entregues com uma perfuração padronizada de fábrica, as possibilidades de adaptação são enormes, em que é possível fazer o investimento em um material que se encaixa nas suas necessidades e para o seu tipo de indústria.

  • Por fim, as chapas perfuradas garantem sempre o melhor desempenho para o seu projeto, pois tal vantagem está ligada diretamente à qualidade do material.

Aplicações comuns das chapas perfuradas

  • Esgrima e balaustrada: normalmente os cercos metálicos perfurados e os painéis de compensação de balaustrada garantem uma sólida e barreira forte de proteção de segurança, o que garante ao mesmo tempo uma textura e estilo que proporciona sofisticação ao projeto.
  • Fachadas arquitetônicas: no caso das fachadas, os arquitetos geralmente fazem a especificação cada vez mais do metal perfurado na fachada do edifício por conta da sua força, durabilidade e versatilidade de projeto.
  • Tratamento acústico: nesse caso é bastante comum o uso de metal perfurado como uma superfície protetora ou então decorativa de cobertura para determinados materiais acústicos, o que garante que o som percorra para poder ser absorvido ou então disperso conforme os materiais que se encontram por trás deles.
  • Proteção de máquinas: normalmente a resistência do metal garante uma barreira de segurança exata para toda a maquinaria, além da visibilidade e o fluxo de ar.

Dessa forma, as chapas perfuradas, são sempre na maioria das vezes, metálicas, e quanto as suas perfurações, elas são realizadas em uma superfície de diferenciadas formas, podendo ser fabricada a laser, por punções ou então com jato d’água.

Portanto, se você queria saber sobre as chapas perfuradas e suas vantagens, saiba que é possível fazer o uso de tais chapas perfuradas nos mais diversos segmentos do mercado e, para isso, existe uma grande variedade de perfurações que proporcionar projetos bem mais precisos e com um excelente aspecto estético e visual.

Chapas Expandidas: Quais São As Vantagens?

Sobre a chapa expandida e as suas vantagens, saiba que ela é um produto confeccionado a partir de chapas metálicas, as quais não normalmente submetidas a um procedimento de corte e de repuxo mecânico com o uso de facas especiais, transformando-a em tela inteiriça.

Geralmente, as chapas expandidas são garantidas em aço carbono, além de aço inox ou alumínio, sendo de forma rigorosa encontrada dentro de todas as especificações.

Além disso, elas ainda possuem uma grande diversidade de malhas, as quais vão desde o micro expandido, usado para elementos filtrantes, como malhas pesadas, as quais são usadas nos pisos de indústria e uniformes que sejam duráveis e de alta resistência.

Saiba mais sobre as chapas expandidas e as suas vantagens

Quanto as vantagens da chapa expandida, ela normalmente pode ser usada para fabricar grade ou gradil de proteção de equipamentos e de residências, além de móveis, forros, divisórias, na área de construção civil, e muito mais.

Geralmente, a chapa expandida apresenta uma alta capacidade de carga por metro quadrado, além ainda de apresentar uma superfície antiderrapante, sendo ideal para construções que são perto de rodovias. Confira algumas vantagens abaixo:

  • A chapa expandida apresenta uma ótima economia, possuindo um bom custo benefício por conta do seu estiramento.
  • A chapa expandida possui ainda uma boa durabilidade, onde o aço expandido pode ainda ser galvanizado a fogo, o que aumenta ainda mais a durabilidade.
  • Outra vantagem da chapa expandida é quanto a resistência, indo desde o tráfego de pessoas até de carros ou então de equipamentos que sejam mais pesados, porém desde que seja relacionado com a especificação da chapa para a sua real finalidade.
  • A chapa expandida, por conta da sua superfície brusca, apresenta uma grande segurança por ser antiderrapante, o que evita acidentes que podem ocorrer em superfícies escorregadias e lisas.
  • Por fim, a chapa expandida é extremamente leve, o que facilita muito o seu deslocamento e manuseio.

Dessa forma, as chapas expandidas apresentam uma grande diversidade quanto as aplicações, sendo muito usadas em forros, portões, degraus, mezaninos, proteção de equipamentos, grades, entre outros.

Uma enorme vantagem da chapa expandida é a facilidade na hora de instalar, pois o produto é totalmente adequado para diversos processos, bem como pinturas, cromagem, soldagem, entre outros.

Vale lembrar ainda que as chapas expandidas ainda são muito conhecidas por conta da sua qualidade, alta resistência, eficiência, seu ótimo custo benefício e a sua longa vida útil.

Além disso, por serem ainda compostas por uma malha de área aberta e de grande tamanho, as chapas expandidas garantem o fluxo de lux, som e ar, em que tais características garantem a segurança e a praticidade, o que evita o acúmulo de sujeiras sobre as peças, quando usadas como pisos, por exemplo.

Assim, a chapa expandida é considerada como uma solução muito inteligente, onde a sua entrega deve ser realizada dentro do prazo para poder atender a todas as demandas dos clientes com total satisfação.

No entanto, quanto a qualidade do produto e do atendimento, isso é algo essencial e, por isso, é necessário que ela seja fabricada por uma equipe que seja totalmente especializada e que ainda consiga tirar todas as dúvidas quanto ao produto e as suas possibilidades de aplicação.

Portanto, as chapas expandidas podem ser produzidas em aço inox, aço carbono, em alumínio e em chapas de aço, apresentando uma enorme variedade de malhas, as quais vão desde o micro expandido, usado para os elementos filtrantes, como para malhas pesadas, usadas em pisos fortes, duráveis e de peso leve.

Por ser ainda uma malha com área aberta grande, as chapas expandidas não são capazes de impedir a passagem de luz, de som e de ar, se constituindo de um produto ideal quando o principal objetivo necessita de segurança, economia, beleza e praticidade.

Assim, se você queria saber sobre a chapa expandida e as suas vantagens, saiba que ela possibilita a execução de uma enorme variedade de produtos e projetos por conta da sua distinção, economia e versatilidade, além de serem aplicadas em diversos locais.

5 Aplicações para chapas perfuradas que você não conhecia

Sobre as aplicações para chapas perfuradas que você não conhecia, saiba que a perfuração pode ser a laser, por punçoes e até mesmo com jato d’água, sendo possível de ser empregado nos mais diferenciados segmentos do mercado.

Assim, para isso existe uma grande variedade de perfurações que garantem projetos que sejam bastante precisos e com um excelente aspecto visual e também estético.

Além disso, na maioria dos casos, o termo chapas perfuradas podem designar chapas metálicas perfuradas, onde como o próprio nome diz, são chapas em que a superfície normalmente recebe um trabalho de perfuração, o que irá dar uma chapa de vazão e uma área aberta.

Saiba mais sobre as 5 aplicações para chapas perfuradas que você não conhecia

Para que você entenda sobre as aplicações para chapas perfuradas que você não conhecia, saiba que sempre se define as chapas perfuradas como multiaplicáveis e bastante versáteis.

Além disso, as chapas perfuradas são ainda esteticamente agradáveis, fáceis de serem manuseadas e com uma grande capacidade de adaptação em qualquer tipo de projeto.

Assim, se o seu projeto for uma máquina, provavelmente as chapas perfuradas irão se encontrar lá, e se você deseja cobrir, revestir ou proporcionar funcionalidade a uma ideia, elas também podem se encontrar presentes.

Vale lembrar ainda que a grande fama das chapas perfuradas procura percorrer o mundo e auxiliar as empresas de diversos setores a cumprirem pelos seus diversos objetivos de projeto, onde a vazão, filtragem, estética e outras funcionalidades é possível obter com as chapas perfuradas.

É extremamente importante ainda que para cada tipo de finalidade de aplicação, existe uma variação de formato de furo, além do tamanho do furo, a quantidade de furos na chapa, o tipo de material, e muito mais.

Dessa forma, ao se decidir pelo uso de chapas perfuradas no seu projeto, é interessante que você busque a ajuda de um especialista para lhe dar as principais coordenadas baseadas no seu projeto ou na sua necessidade. Com isso, confira abaixo as 5 aplicações!

  1. Quanto a refrigeração, elas normalmente contam com a utilização de chapas perfuradas de aço inox, onde tal peça pode ser notada tanto nos aparelhos de uso comercial como em eletrodomésticos para o consumidor final.

Além disso, o seu uso ainda confere a uma secagem e uma ventilação muito bem distribuída, onde os refrigeradores de retalho, ventiladores, coolers, secadoras e outros aparelhos necessitam da refrigeração para poderem ser operadas em usar as chapas perfuradas.

  1. Já nas churrasqueiras, quanto ao uso doméstico, uma chapa perfurada em aço inox pode ter a sua aplicação para a distribuição de calor em toda a sua superfície, em que o mesmo ainda vale para outros aparelhos que possuem a dependência de um material resistente e que dissipe calor.
  2. Na aplicação na decoração, as chapas perfuradas podem ser usadas na decoração interna, garantindo uma maior sensação de segurança e privacidade, além ainda de contribuírem para a iluminação do local e o direcionamento das fontes de luz.
  3. Quanto aos forros, determinados espaços precisam de chapas perfuradas para poder facilitar os processos de limpeza, como banheiros, saunas, chão de fábrica, entre outras diversas opções de aplicação para poder forrar a superfície.

Além disso, em certos casos, o padrão da perfuração ainda apresenta a função de indicar as áreas mais específicas do ambiente, como oficinas mecânicas e estacionamentos.

  1. Por fim, quanto aos filtros, uma chapa perfurada pode ser fundamental para um processo de filtragem, onde elas são usadas de forma ampla em equipamentos agrícolas, maquinários da indústria de alimentos e silos.

Além disso, os silos ainda podem ser usados em sistemas hidráulicos ou então em sistemas de esgotos, onde o seu material é altamente resistente à corrosão, não dispersando as partículas.

Portanto, se você queria saber sobre as aplicações para chapas perfuradas que você não conhecia, saiba que elas possuem diversos modelos comercializados, onde as chapas de perfuração com furos redondos são muito usadas em todos os segmentos de construção civil, arquitetura, indústria de sonorização, agroindústria, entre outros.

Chapa expandida em aço carbono

Chapa expandida, é a chapa de aço lisa, que foi cortada e depois esticada, para criar um padrão de treliça de diamante.

As interseções dos diamantes, adicionam resistência estrutural e rigidez ao material sem adicionar peso, e o padrão de treliça fornece ao material uma propriedade antiderrapante.

A natureza firme e leve do material, o torna ideal para passarelas elevadas, mas sua versatilidade oferece muitos usos.

Processos de expansão do aço

O aço expandido aplainado, é metal expandido, passado através de um moinho redutor de rolo a frio.

O processo de fresagem, aplaina a chapa, girando os fios e as correias para baixo, reduzindo assim a espessura do material.

Isso alonga o material em aproximadamente 5%, deixando-o 5% mais leve, que um comprimento equivalente de metal expandido comum. Isso deixa um produto mais ágil, mais ainda mantém sua força e durabilidade.

A grade de metal expandida, é produzida a partir de chapas de aço, de baixo carbono de maior espessura, e é estruturalmente mais resistente do que o aço expandido comum.

A grade possui maiores propriedades de suporte de carga e pode suportar pesos mais extremos.

Principais usos da chapa expandida

O uso do aço expandido, se sobrepõem consideravelmente. O metal expandido aplainado, o mais leve dos três, é ótimo para paredes, cercas e divisórias.

Também é adequado para aplicações domésticas, como mobília de pátio. A ventilação e o peso mais leve tornam-no eficaz para grelhas e respiros.

O metal expandido regular e a grade são perfeitos para aplicações de pedestres e de transporte, como passarelas, piso de montagem de fábrica e construção, degraus e muito mais.

Medidas do aço expandido

As especificações listadas abaixo ajudarão você a entender as medidas do aço expandido:

  • O estilo de metal expandido regular e aplainado é a espessura do metal, a partir do qual o metal expandido foi feito.

 

  • Estilo de grade de metal expandido é o peso em libras por pé quadrado.

 

  • As vertentes são tiras de metal de fenda individuais ou os lados de uma abertura de diamante.

 

  • As ligações são as interseções de dois fios, que são sempre a medida das larguras dos dois fios.

Nomes das distâncias dos pontos de ligação

SWD, ou Short Way of Design, é a distância entre um ponto em uma ligação a um ponto correspondente na ligação mais próxima, através da dimensão mais curta da abertura.

 

LWD, ou Long Way of Design, é a distância entre um ponto em uma ligação a um ponto correspondente na ligação mais próxima através, da dimensão mais longa da abertura.

 

SWO, ou Short Way of Opening, é a distância medida a partir do interior de uma ligação para o interior da ligação mais próxima, através da dimensão mais curta da abertura.

 

LWO, ou Long Way of Opening, é a distância medida do interior de uma ligação para o interior da ligação mais próxima, através da dimensão mais longa da abertura.

  • Ao encomendar metais expandidos, lembre-se de que o aumento do tamanho do padrão, ou maior SWD x maior LWD, aumenta a área aberta e melhora a relação custo-benefício. A largura do fio do material, afeta o peso e a aparência do material.

 

A chapa expandida, é um material extremamente útil na construção. Se você não está familiarizado, muitos de nós a vemos em nossas vidas diárias sem nem percebermos.

A chapa expandida, é comumente usada como grades, cercas grades de piso, etc. Essa chapa de aço, geralmente usa formas como diamantes, quadrados ou círculos, em seu design de malha.

O padrão do design da chapa expandida, depende do que é necessário do comprador e pode ser escalonado ou em linhas retas.

A quantidade de área aberta na chapa, depende de quanto ar, água, luz, etc. é necessário para passar através dela.

Benefícios do chapa expandida

  1. Tem estrutura leve.
  2. Se você precisar de força extra, a chapa pode ser reforçada com vidro, concreto ou mais.
  3. A chapa expandida, é fácil de fazer e nenhum recurso é desperdiçado, por isso é uma opção, relativamente barata, em comparação com outros metais e materiais de construção.
  4. Em comparação com muitos produtos de metal, as chapas expandidas, são uma boa escolha, graças à sua força e quanto peso pode suportar.
  5. Se você usar isso em uma rampa ou passagem, a forma dessas folhas permite uma superfície antiderrapante.

Como a chapa expandida, ocupa uma área de superfície maior e, ao mesmo tempo, é menos metal em folha, é uma opção menos dispendiosa.

 

 

Que tipo de empresa usa o aço carbono e tubos de aço, na produção?

O mundo é aço. Em todos os lugares encontramos aço. De um grampo de cabelo a uma usina eólica. Temos barras de aço, tubos de aço, placas expandidas de aço, e muito mais!

Certamente, podemos afirmar que em quase 100% do mundo atual, encontramos a presença do aço. Nas construções, na empresa farmacêutica, na empresa automobilística, nas hidrelétricas, na aviação, nas ferrovias e em todos os mínimos objetos que possuímos.

Por que o aço é tão importante?

O desenvolvimento do aço remonta a mais de 4.000 anos, desde o início da Idade do Ferro.

Provando ser mais duro e mais forte que o bronze, que antes era o metal mais usado, o ferro começou a deslocar o bronze em armamentos e ferramentas.

Há quase 150 anos, o aço desencadeou a Revolução Industrial. O aço é a espinha dorsal das pontes, o esqueleto dos grandes edifícios, a estrutura dos automóveis.

Aço e seus usos

O aço é basicamente uma liga de ferro, carbono e outros metais. Dependendo do processo seguido e do uso de diferentes elementos de liga, obtém-se aço com qualidades diferentes, o que pode ser maior resistência, maior maleabilidade, maior tenacidade, etc.

  • Tudo depende do que vai ser usado.

Assim, por exemplo, um carro pode ser armado com vários tipos de aço. Os painéis de portas, aletas e portas traseiras são feitos com um; o telhado e os quadros inferiores usam outro muito mais elástico; e para os reforços da suspensão usa-se a que elementos de liga foram adicionados.

As formas do aço

Por trás de cada peça de aço, há uma tecnologia especializada. Os contêineres para reboque são fabricados com baixa liga, de modo que são leves e, ao mesmo tempo, podem transportar cargas pesadas.

Este tipo de aço é também utilizado em vigas para construção e tubos de aço, uma vez que são finas, resistentes e com elas o espaço em edifícios é otimizado.

As ferramentas tais como brocas, fresas, moagem ou de torneiras, são feitos de ligas de aço, e pode conter elementos tais como vanádio, molibdénio, e maior quantidade de manganês, silício ou contendo cobre a maioria dos aços, para proporcionar uma maior dureza

Para um aço ser inoxidável e capaz de ser protegido contra a ferrugem e a oxidação natural de ferro, cromo e níquel são adicionados em uma porcentagem superior a 10%.

Desta forma, pode ser usado em máquinas sofisticadas, como turbinas a vapor, tanques de refinaria de petróleo ou em fábricas de produtos químicos.

Nossa vida moderna seria impensável sem a existência de caixa de aço, transporte de suprimentos, viagens espaciais, extração de petróleo e as necessidades infinitas requerem resistência e dureza características deste

O aço em nosso dia a dia

Aço está em toda parte em nossas vidas diárias, podemos encontrar nos carros que conduzimos, as casas em que vivemos, transporte em que são transportados em latas de comida que comemos, em aparelhos que fazem nossas vidas mais fácil.

  • O aço é resistente e leve, durável e resistente à corrosão, adaptável e totalmente reciclável.

O aço e a atualidade

Hoje, no século 21, o aço continua a revolucionar a maneira como vivemos. Existem em vários tipos: a alta resistência e mais leve que o plástico para óculos, o mais forte e durável para a construção de casas, é também a liga da mais alta tecnologia utilizada nos casos sólidos dos ônibus espaciais a combustível de motores de foguete, e é usado na fabricação de instrumentos cirúrgicos precisos usados ??em salas de cirurgia do hospital.

 

Assim sendo, devemos refletir sobre a importância do aço em nossas vidas e os benefícios que ele traz para ele, por isso também, devemos estar conscientes da importância da reciclagem do aço.

  • Nossas vidas são cercadas e condicionadas pelo aço.

Há aço por toda parte. Nos trilhos da via férrea, nas estradas, nos veículos, nos prédios, nos canos de água, nas máquinas que geram e conduzem energia, nas ferramentas das fábricas, etc.

Conclusão:

Portanto, todas as empresas, as de porte pequeno, as de porte médio e as de grande porte, usam e precisam do aço, em todas as suas formas: barras de aço, tubos de aço, corrimões de aço e muito mais.

Como evitar ou prevenir a corrosão do aço?

Embora a corrosão do aço, seja principalmente, um problema em construções e instalações industriais, ela não deve ser subestimada pelas atividades do dia-a-dia.

O conceito de corrosão

A corrosão é uma forma de dano na superfície dos metais que se deteriora esteticamente e funcionalmente. A corrosão é a deterioração de um metal, como um resultado de reações químicas entre ele e o ambiente circundante.

Tanto o tipo de metal, como as condições ambientais, particularmente os gases e outros fluidos que estão em contato com o metal, determinam a forma e a velocidade da deterioração.

A má notícia é que todos os metais são suscetíveis a corroer. Destes, o ferro puro é um dos corrosivos mais rápidos.

Aço, por sua vez, que é uma combinação de ferro com vários elementos, é mais lento para corroer, e é por isso que é usado com tanta frequência em utensílios de cozinha e assim por diante.

Os vários tipos de Corrosão

Existem vários tipos de corrosão, que podem ocorrer em metais diferentes. Abaixo, descrevemos alguns dos tipos mais comuns de corrosão:

Corrosão geral:  é a forma mais comum de dano corrosivo, que ataca toda a superfície de um metal e é causada por reações químicas e eletroquímicas. Embora esse tipo de corrosão generalizada possa causar danos ao metal, também é um problema conhecido e pode ser previsto.

Corrosão localizada:  este tipo de corrosão ataca apenas partes da estrutura metálica. Este tipo de corrosão, por sua vez, pode ser dividido em três:

  1. Corrosão por pites: corrosão que produz pequenos furos no material. Isso geralmente acontece com o aço. A corrosão por pites, está entre os tipos mais comuns de corrosão e isso afeta materiais como o aço.  É um tipo de dano muito agressivo que deve ser evitado.
  2. Corrosão por fenda: é o tipo de dano corrosivo, que ocorre em locais onde um líquido estagnado pode ser encontrado, como no caso das embalagens.
  3. Corrosão Filiforme: é o dano produzido pela água que pode ser encontrado sob revestimentos como tinta. Isso traz como consequência fraqueza na estrutura.
  4. Corrosão galvânica: esse tipo de dano ocorre quando dois metais diferentes, estão em contato e dentro de um meio líquido, como água salgada. Este tipo de dano muito lento é o princípio científico das baterias.

Então, como evitar a corrosão do aço?

Ao considerar o que é a corrosão e saber que ele pode afetar diferentes partes, a partir de mecanismos mais complexos e instalações industriais para pequenas peças, como parafusos e pregos, devem fazer todo o possível para obter a forma de evitar ou pelo menos retardar o seu aparecimento.

Dicas para evitar a corrosão do aço

A corrosão do aço, pode afetar todos os tipos de elementos no material, desde correntes, fechaduras e partes complexas de um motor, até peças simples, como parafusos.

  • Mantenha as superfícies de metal secas: para evitar um ambiente favorável à corrosão do aço, é aconselhável manter as superfícies metálicas, mais seca possível, evitando que a água possa estagnar ou produzindo um ambiente favorável à corrosão.
  • Use barreiras de umidade: quando ferramentas, utensílios ou outros produtos são armazenados por muito tempo em armários, prateleiras ou qualquer outro local da casa, a umidade pode penetrar nessas áreas. Os componentes elétricos também devem ser limpos. Em estações chuvosas, se estes componentes não são secos ou mantidos um mínimo de cuidado, eles podem ser comprometidos pela corrosão.
  • Use graxas: especialmente eficazes em processos como a manutenção de ferramentas, ou também para a limpeza de correntes e componentes de carros ou máquinas em geral. O uso de graxa ou óleos em superfícies metálicas, os manterá permanentemente lubrificados e longe dos efeitos prejudiciais de ambientes favoráveis ??à corrosão. Os produtos como pomadas, lubrificantes, gorduras e produtos de limpeza, tais como WD-40, ajudam a fortalecer e proteger o metal dos efeitos corrosivos do desgaste.
  • Pinte os materiais com agentes corrosivos: uma maneira muito eficaz é usar tintas especiais à base de óleo, para manter o metal sempre isolado dos elementos. Cuidados devem ser tomados para secar a superfície muito bem antes de pintar.

Conclusão:

Seguindo estas dicas simples, você pode aumentar a vida útil dos metais e dos tubos de aço carbono, que compõem as diferentes ferramentas, utensílios e outros produtos de metal que podem ser encontrados em casa.

Evite a corrosão do aço com essas dicas simples e eficazes!