Os Benefícios do Kung Fu

Considerada a “mãe” das Artes Marciais, o Kung Fu teve nasceu na China, há muitos anos atrás e sua origem se confunde em uma imensidão de lendas e histórias. Uma destas tantas lendas, traz camponeses que defendiam suas terras utilizando técnicas rudimentares, porém qualquer intento em decifrar tal origem, trai o historiador devido as inúmeras versões para estas explicações. Os primeiros registros históricos porém, datam de 1766 -1122 a.C – Dinastia Shang, porém acredita-se que o Kung Fu se desenvolveu em diversas vertentes muitos anos antes disso.

O Templo de Shaolin

Vista da entrada do Templo Shaolin

Vista da entrada do Templo Shaolin

Uma faceta interessante, que ficou famosa na história, retrata os Monges Budistas do Templo de Shaolin. O Templo de Shaolin, localizado na província de Henan, na República Popular da China, guarda em seu seio diversas lendas e histórias de suas origens. Neste templo, viveu e ensinou um dos grandes “patriarcas” do Budismo, o Bodhidharma, e neste templo  o mesmo criou o estilo Chang (Zem) do Budismo. Os monges da época, após muitas horas de meditação, sentiam-se fracos. Para resolver estas questões, Bodhidharma incluiu na rotina dos monges, uma série de exercícios respiratórios e de movimentos vigorosos, baseados nos movimentos dos animais. A partir deste desenvolvimento, as técnicas de combate foram se aprimorando.

Atualmente, os monges do Templo de Shaolin são grandes representantes modernos dos “benefícios” que o Kung Fu oferece. Paralelamente o Kung Fu começou a ser praticado pelas famílias de camponeses que também desenvolveram diversos estilos e escolas.

O Kung Fu

Existem inúmeros estilos de Kung Fu, e este pode ser praticado por adultos, idosos, crianças, jovens, homens e mulheres, independente de sua classe social e independente de sua condição física. Alguns estilos são mais terapêuticos e leves, como por exemplo o Tai Chi Chuan, outros exploram mais o combate e as técnicas aplicadas em lutas corpo a corpo. Há também o uso e o treinamento com armas tradicionais. A prática contínua estimula o desenvolvimento da circulação energética vital (conhecida como Chi) proporcionando saúde, força e vitalidade. Além das habilidades físicas o Kung fu também possui armas históricas.

Benefícios

Os benefícios físicos são flexibilidade, equilíbrio, força muscular, força óssea, força nos tendões, força nos órgãos internos entre outras e os benefícios psicológicos se destacam por auto-controle, confiança, concentração, serenidade, tomada de decisão rápida, enfim. Vale a pena experimentar.

Atualmente na China, existem escolas modernas, mas que não deixam de enfatizar a tradição do kung fu. No Brasil muitas academias ensinam diversos estilos por todo o território nacional. Para mais notícias sobre Kung Fu cliquem: Kung Fu diário.