Os Benefícios do Carvão Ativado

Conhecido por sua capacidade de filtração, o carvão ativado também possui outras funções que ajudam no cotidiano. Trata-se de material carbono com alta porosidade, que pode selecionar gases, líquidos ou impurezas e armazenar no interior dos seus poros. O carvão ativado é obtido pela queima controlada com baixo teor de oxigênio de madeiras e outros materiais específicos, como casca de coco, restos de cortiça e outros. Esses materiais são queimados a uma temperatura entre 800 °C a 1000 °C com todo o cuidado para que não perca sua porosidade.

Como funcionaCarvão Ativado

As impurezas são encontradas em proporções muito pequenas, contudo são capazes de alterar o sabor, odor, gosto ou cor da água, por exemplo. A remoção destas impurezas ocorre devido a adsorção física ocasionada pelo carvão, ou seja, as moléculas dessas impurezas são atraídas pela porosidade do carvão e ficam retidas por conta da força física. Assim, depois após o tratamento, o solvente se torna purificados e isentos das impurezas, que somente são retiradas com o descarte do carvão ativado. As forças que agem sobre as impurezas são conhecidas como Wander Walls e tem a característica de não alterar a química do produto absorvido.

Aplicações

As aplicações mais comuns para o carvão ativado refere-se a elaboração de filtros para a adsorção de gases e principalmente no tratamento de águas, pois o carvão se destaca por reter nos seus poros impurezas e demais elementos poluentes. Além do uso em casa, também ocorre em diferentes ramos das indústrias  alimentícia, química, farmacêutica, médica e outros.

A utilização para o tratamento de água vem crescendo nos último anos, sobretudo pela maior conscientização da sociedade para um consumo adequada da água, sendo este de fundamental importância para que meios adsorvedores possam ser dimensionados de maneira econômica. O carvão usado na filtração da água pode ser efetuado na forma de carvão ativado em pó o granulado. A popularização ocorre a partir da década de 70 quando as autoridades sanitárias se preocuparam quanto a qualidade da água final distribuída à população. Outro fator determinante foi a fixação de padrões de potabilidade, que passaram a ser mais restritivos a outros processos menos eficientes.

 

Tratamento contra intoxicações

Além da filtração de água e outros, o carvão ativado também é muito eficiente em tratamento em casos de intoxicações, principalmente quando o socorro ocorre em até 5 horas após a intoxicação. O carvão funciona adsorvendo a substância tóxica, diminuindo a quantidade que será absorvida pelo sistema digestivo. Os efeitos colaterais são bem pequenos, fazendo com que valha a pena a utilização do carvão, que eliminado pelas fezes, juntamente com as impurezas. As doses variam de acordo com o tamanho, peso do paciente e quantidade de substância que será adsorvida. O tratamento consiste da administração de 50 a 100 gramas de carvão ativado diretamente no sistema digestivo, via sonda ou ingestão.

O uso terapêutico já é descrito pela humanidade por gregos egípcios, além dos índios americanos no século XIX. Um Caso interessante ocorreu com o farmacêutico francês Gabriel Bertrand que ingeriu 5 gramas de trióxido de Arsênio, quantidade capaz de matar 150 pessoas. O consumo não o matou pois o francês misturou o carvão ativado e neutralizou os efeitos danosos da mistura.