Os Benefícios Da Natureza Para Nós

Infelizmente muitos de nós ainda não nos demos conta da importância da natureza não só para o ser humano, mas também  para o nosso planeta. Tanto é verdade que o simples contato do homem com a natureza inspira nele uma grande paz interior, paz essa que não encontramos em lugar algum – dir-se-ia que é a própria comunhão com Deus.

E quem não se encanta ao ver de manhã o sol irrompendo absoluto sobre a paisagem úmida, desfilando num céu azul sem nuvens? E que dizer dos rios de águas cristalinas que descem as serras serpentiando por entre as pedras? Isso sem falar, é claro,  no canto harmônico dos pássaros exóticos alegrando a tarde. Embora não saibamos ao certo o que cantam, quando os ouvimos cantar somos tomados por  uma indizível sensação de felicidade, mesmo que pequena, é verdade, mas que nos encantam como uma música bem executada.

Pois é. É num ambiente assim que a gente às vezes se deixa ficar, longe de toda a agitação da cidade grande, renovando as energias para mais outra semana de trabalho. Assim é a natureza: ao contrário da cidade que precisa se amoldar ao gosto daqueles que a habitam para ser admirada e amada, a natureza não precisa se amoldar a nada para nos agradar, pois parece que já nasceu pronta para nos receber, como se soubesse que já estávamos a caminho.

E como, então, podemos retribuir tudo o que a natureza diariamente nos dá de bom? É fácil a resposta: o mínimo que podemos fazer ( pois a nossa dívida com ela é impagável ) é cuidarmos dela com desvelo, nos tornando verdadeiros guardiões dos seus recursos naturais, que são finitos. Ademais, devemos estimular e promover as praticas ecológicas, como, por exemplo, o turismo sustentável que não depreda o meio ambiente, preservando as florestas e as matas para as gerações futuras.  E até mesmo em nossa casa, quando nos preocupamos em reduzir e reciclar o lixo que produzimos, isso em si já contribui, e muito, para a preservação do meio ambiente, além de deixar a nossa cidade mais limpa. Em resumo: se cada um de nós fizer a sua parte, a natureza, como sempre, agradecerá, nos dando o ar cada vez mais puro, a doce tranquilidade das suas matas, e o sagrado alimento que provem dos seus frutos.