Oclusão Dentária: Uma Caixinha de Sapatos

Oclusão é o termo utilizado para o encaixe dos dentes da arcada superior com a arcada inferior durante o fechamento da boca. Para tentar explicar os diferentes tipos de oclusão, vou utilizar uma comparação simples com algo conhecido de todos: uma caixinha de sapatos.

A oclusão ideal funciona como uma caixa de sapatos: a tampa (arcada superior) deve ser ligeiramente maior do que a caixa (arcada inferior), de modo que quando a caixa é fechada (boca) ocorra o perfeito encaixe da parte de cima com a parte de baixo. Para designar a oclusão ideal, utilizamos o termo odontológico Classe I.

Numa outra possibilidade, podemos ter um paciente cuja tampa (arcada superior) seja muito maior do que a caixa (arcada inferior), havendo uma folga excessiva quando a caixa é fechada (boca). Geralmente quando esta discrepância ocorre, o paciente apresenta-se com um perfil facial “bicudo e sem queixo” e nesta situação utilizamos o termo odontológico Classe II.

Há também o caso em que podemos ter um paciente cuja tampa (arcada superior) seja muito menor do que a caixa (arcada inferior), havendo uma inversão de papéis quando a caixa é fechada (boca). Geralmente quando esta discrepância ocorre, o paciente apresenta-se com perfil facial “queixudo” e nesta situação utilizamos o termo odontológico Classe III.

Outras variações são possíveis como, por exemplo, a chamada mordida de topo, que é quando a tampa (arcada superior) e a caixa (arcada inferior) têm exatamente o mesmo tamanho, o que impossibilita o encaixe quando a caixa é fechada (boca). Ou então, a chamada mordida cruzada, que é quando a tampa (arcada superior) é menor do que a caixa (arcada inferior) apenas na lateral da caixa fechada (boca), de um lado ou de ambos.

Na verdade, independente do tipo de discrepância existente entre a arcada superior e a arcada inferior, a má-oclusão pode acarretar diversos tipos de problemas de saúde, podendo afetar dentes, fala, mastigação, articulação, músculos e até mesmo interferir na auto-estima do indivíduo, devido ao mau posicionamento dos dentes e desarmonia do perfil facial.

O tratamento para má-oclusão, na maioria das vezes, é realizado com ortodontia e em alguns casos, pode ser associado a intervenções cirúrgicas. Procure sempre um cirurgião-dentista e cuide bem da sua caixinha de sapatos!

Dra. Thaís Borguezan é cirurgiã dentista formada pela Faculdade de Odontologia da USP. Atualmente atende em seu consultório particular na cidade de São Paulo na Bela Vista, próximo ao metrô Trianon Masp.