O Signo de Gêmeos (21/5-20/6)

Planeta: Mercúrio
Elemento: Ar
Metal: Mercúrio
Cor: Azul
Signo de Ar, mutável, positivo, masculino duplo e volátil. É regido pelo planeta Mercúrio, que simboliza o intelecto e a razão.
Tem habilidade para os negócios, o trabalho intelectual, o comercio e os meios de comunicação. Mercúrio, na mitologia grega, era o mensageiro dos deuses, trazendo e levando notícias (e também fofocas!).
Os geminianos são pessoas de forte poder intelectual, mas por serem muito curiosos, e com um “quê” de superficialidade, cansam-se facilmente de um assunto e passam para outro assim que sentem que dominaram o primeiro. Espertos, têm facilidade para enganar os outros, e são excelentes comerciantes.
Donos de uma boa comunicabilidade chegam a ser tagarelas em muitas ocasiões. Sua mente é engenhosa, com facilidade de compreensão e assimilação. Adaptam-se às mudanças na vida com tranqüilidade o que os faz sempre procurar por novas experiências.
Têm facilidade para línguas e o dom da imitação. Gostam de argumentar e seu raciocínio lógico lhes dá sempre razão e isso os leva a trapacear algumas vezes.
Portadores de  boa habilidade manual, podem se tornar ótimos mágicos, artistas ou ladrões, o bom senso deve direcioná-los.
O Geminiano se apaixona com rapidez e diz tudo o que pensa. Se for romântico não terá dificuldade de expressar os seus sentimentos, de maneira bastante direta. Carinhosos e exigentes podem se tornar possessivos.
Muito impaciente, algumas vezes, deixa de escutar o que o parceiro diz com suficiente atenção e gera conflitos que o assustam fazendo com que se feche magoado sem perceber ser o próprio culpado. Também faz parte de sua personalidade a mudança de humor radical e imprevisível e é justamente por essa faceta que leva a fama de “duas caras”.
Adora estar na moda  e esse anseio o leva a mudar constantemente os móveis e a decoração de sua casa, por medo de se entediar. Prefere os ambientes claros e com variedade de cortinas, quadros e papéis de parede.
Seus pontos fracos são: os pulmões, braços, mãos e ombros. Essas fraquezas os tornam alvos preferidos dos resfriados e doenças respiratórias.